Procure no JP

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Osasco FC vence e sonha chegar ao G4 do seu grupo na Segundona

Olá,

Continuando com a cobertura "in loco" de jogos válidos pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no último sábado à tarde, me desloquei até a vizinha cidade de Osasco, para ver de perto a partida Osasco F.C. x Elosport Capão Bonito, que valeu pela oitava rodada da primeira fase do certame, no seu Grupo 4. O local da partida foi o Estádio Municipal Prefeito José Liberatti.

Essa partida reuniu dois times que não vinham apresentando boas campanhas, em especial a equipe de Capão Bonito, que nesse ano montou uma equipe modesta, por conta dos investimentos que estão sendo feitos na ampliação do seu estádio, visando um futuro acesso à Série A3. A equipe visitante entrou em campo na última colocação do grupo (8ª) com apenas um ponto no seu ativo. Pelos lados dos donos da casa, a campanha era melhor em relação ao adversário, porém insuficiente para atingir o G4, pois estava com 5 pontos na 7ª posição. Portanto, um duelo envolvendo os dois últimos colocados do Grupo 4.

Depois de fazer uma série de fotos do estádio, fui para o gramado aguardar a entrada dos times e dos árbitros, que posaram com exclusividade para as lentes do JP. As fotos estão apresentadas abaixo:


Osasco F.C. - Osasco/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Elosport Capão Bonito - Capão Bonito/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem composto por Carlos Roberto dos Santos Jr, Daniel Paulo Ziolli, Patrícia Carla de Oliveira e Claudemir de Araújo Silva, ao lado dos dois capitães. Foto: Orlando Lacanna.

Antes de falar da partida, ressalto que foi a primeira vez que vi o Osasco F.C. jogando com uniforme alvinegro, embora, no ano passado nas categorias de base, isso já vinha ocorrendo. A informação é que o investidor atual, que também investe no Grêmio Osasco, integrante da Série A3, é ligado à Ponte Preta, daí a semelhança do uniforme com o da Macaca de Campinas. Seja como for, o Osasco F.C. acabou adotando as cores do seu antecessor, o Monte Negro F.C., que representou Osasco no futebol profissional por 14 anos, entre 1.979 a 1.992. Agora sim, vamos de bola rolando.

Assim que o árbitro autorizou o início da partida, o Osasco assumiu o controle das ações e foi espremendo o adversário no seu campo de defesa, que não conseguia ultrapassar a linha do meio de campo. Não demorou muito e, na marca dos 8 minutos, o time da casa abriu a contagem, através do camisa 11 Marcos que aproveitou uma sobra de bola, após jogada iniciada por Castilho pelo lado esquerdo.


Saída ao ataque por parte do Osasco no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.


Bola no fundo da rede e o atacante Marcos comemorando o primeiro gol do Osasco. Foto: Orlando Lacanna.

Até a marcação do primeiro gol, só dava Osasco, sendo que depois disso, o time de Capão Bonito conseguiu dar uma equlibrada e saiu mais para o ataque, como aconteceu aos 22 e 24 minutos, em jogadas com a participação do camisa 8 Amilton. Na primeira jogada o zagueiro osasquense Walter cortou de cabeça e, na segunda, o goleiro Wilian desviou para escanteio.


Goleiro Wilian neutralizando cruzamento do ataque do Elosport. Foto: Orlando Lacanna.

O troco do Osasco veio aos 26 minutos, num arremate de Marcos que passou muito perto do poste direito da meta guarnecida por Wagner. Nos últimos dez minutos, o time da casa voltou a dar as cartas, tanto que aos 41 minutos, voltou a marcar, agora através de Álvaro cobrando pênalti.


Cobrança de pênalti por Álvaro que resultou no segundo gol do Osasco. Foto: Orlando Lacanna.

Na falta que originou a marcação da penalidade máxima, o zagueiro Alemão recebeu o segundo cartão amarelo e foi tomar banho mais cedo. Nos acréscimos, o atacante Álvaro do Osasco também recebeu o cartão vermelho, deixando as duas equipes com 10 homens. Logo após, a primeira etapa foi encerrada com a vantagem de 2 x 0 para o time da casa, ficando para o segundo tempo a expectativa se o Osasco iria manter a superioridade ou se o Elosport conseguiria mudar a história da partida.

No segundo tempo, o panorama da partida não mudou muito, ou seja, o Osasco continuou apresentando uma melhor condição, enquanto o Elosport se esforçava ao máximo visando diminuir a diferença, quase sempre em jogadas com a particpação do meia e capitão Alex. Nessa toada, as equipes se alternavam em jogadas ofensivas.


Bola cruzando a área do Elosport no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

O primeiro lance mais agudo foi do Osasco aos 11 minutos, numa batida de primeira do atacante Marcos, após receber uma bola alçada para interior da área, cuja conclusão passou muito perto.


Boa chance desperdiçada pelo Osasco nos pés de Marcos no início da etapa final. Foto: Orlando Lacanna.

A resposta do time laranja foi dada ao 18 minutos, numa bola enfiada sob medida pelo meio da zaga osasquense, cuja finalização de Amilton foi muito fraca, facilitando a vida do goleiro Wilian e, com isso, a chance foi embora. Aos 25 minutos, o Elosport chegou novamente, agora através de uma cabeçada do bom Alex, porém novamente a conclusão foi fraca e o goleiro garantiu mais uma defesa.


Alex do Elosport subindo no terceiro andar, tentando diminuir a diferença. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos vinte minutos, o Osasco criou dois bons momentos, aos 28 e 40 minutos, em jogadas com as participações de Castilho e Pedro. Por outro lado, o Elosport chegou bem aos 44 minutos, mais uma vez através de Alex, mas para variar, a conclusão deixou a desejar.


Outra arrancada do Elosport por intrermédio de Alex (sempre ele) durante o segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

Fim de jogo com o placar construído no primeiro tempo não se alterando, ou seja. Osasco 2 - 0 Elosport, que premiou a equipe que melhor se apresentou ao longo dos noventa minutos. Com os três pontos, o time osasquense permaneceu na 7ª posição, agora com 8 pontos no seu ativo, ficando a 4 pontos da zona de classificação. O Elosport continua na lanterna do grupo com apenas um pontinho, sem perspectiva de grandes mudanças para esse ano.

Assim que o árbitro encerrou a partida, deixei o estádio e de imediato, iniciei uma longa viagem até uma cidade que nunca apareceu no JP, com o objetivo de cobrir mais uma partida da Segundona. Aguardem...

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário