Procure no JP

terça-feira, 28 de junho de 2011

Empate sem gols entre União Mogi e Manthiqueira pelo Grupo 5 da Segundona

Opa,

Com a rodada tripla do sábado poderia ter ficado quietinho em casa durante o domingão, mas um jogo imperdível estava marcado para a cidade de Mogi das Cruzes. Caí da cama com um sono absurdo, enfrentei o frio e me preparei mentalmente para mais de duas horas em trens da CPTM. Tudo para acompanhar in loco o jogo entre União Mogi e Manthiqueira no Estádio Francisco Ribeiro Nogueira, pela 9ªrodada do Grupo 5 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Não dava para perder essa peleja pois já estava buscando ver a equipe de Guaratinguetá desde a primeira rodada. Time novo na Segundona, ainda mais sendo "perto" de casa, não é toda hora que acontece. Graças a essa pecualiaridade, o Mílton e o David também resolveram enfrentar a fria manhã.

Diferente do que rolou quando estive lá para o jogo do União contra o Primeira Camisa, aonde demoramos demais para chegar no Nogueirão, dessa vez não tivemos absolutamente nenhum problema. Desembarcamos na Estação Mogi das Cruzes faltando uma hora e meia para o jogo começar. Sem pressa, fomos a pé para o estádio. Como a fome estava complicada, fiz um saudável café da manhã numa padoca perto dali. Mesmo num ritmo moroso, estava dentro de campo com tempo suficiente para a partida.

Fui bem recebido pelo pessoal do União e logo as equipes entraram em campo. Legal ver o Manthiqueira jogando de azul, numa combinação rara de ser nos dias de hoje.


União FC - Mogi das Cruzes/SP. Foto: Fernando Martinez.


AD Manthiqueira FL - Guaratinguetá/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem composto pelo árbitro Ilbert Estevam da Silva e pelos auxiliares Anderson José Coelho e Maria Núbia Leite, junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

O Grupo 5 tinha até essa partida o Manthiqueira com a chance de chegar ao mesmo número de pontos do União Suzano, hoje o quarto colocado da chave. Se vencesse por 4 gols de diferença inclusive a equipe de Guaratinguetá roubaria a posição do time suzanense e entraria no G4. O União, praticamente eliminado com apenas 4 pontos, queria mostrar serviço depois de duas derrotas em sequência.

Só que o primeiro tempo foi todo do time visitante. O Manthiqueira dominou completamente as ações ofensivas e criou muitas oportunidades para abrir o marcador. Logo aos 5 minutos a equipe teve um pênalti anotado para si, com a interpretação do árbitro que um zagueiro local colocou a mão na bola dentro da área. O pessoal do União reclamou demais dessa marcação.

Pude acompanhar a conversa entre os atletas do Manthiqueira para definir quem bateria o pênalti. Apesar do camisa 8 Xuxa ser o batedor oficial da equipe, o camisa 10 Gilsinho pegou a bola e quis cobrar a penalidade. Após muita conversa, todos se convenceram que ele era a melhor opção para a batida. Mas na cobrança ele vacilou, e a estrela do goleiro John começou a brilhar no Nogueirão. O arqueiro defendeu de forma precisa, esticando o braço e evitando que a bola fosse morrer no seu canto esquerdo.


Lance do pênalti marcado para o Manthiqueira no começo do jogo contra o União Mogi. Foto: Fernando Martinez.


Exato momento da defesa do goleiro John em pênalti batido por Gilsinho. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Manthiqueira nem sentiu o pênalti perdido e criou inúmeras oportunidades para abrir o placar. Mas o goleiro John estava num daqueles dias inspiradíssimos. Ele fez pelo menos três milagres em lances diferentes, impedindo que o onze visitante ficasse em vantagem na partida. A equipe local só foi começar a se aventurar no ataque após os 30 minutos, em chegadas pela esquerda.


Chance do Manthiqueira em escanteio pela direita. Mas a zaga afastou o perigo. Foto: Fernando Martinez.


Boa saída do goleiro John, em ótima atuação dele. Foto: Fernando Martinez.

Ao final dos 45 minutos, acho que pudemos contabilizar pelo menos 10 chances claríssimas de gol somados os dois times, mas o intervalo veio sem a abertura do marcador. Nesse intervalo fui para as frias numeradas do local e também encontrei os amigos Raul e Nílton, outros que caíram da cama no domingo cedo.


Zaga do União protegendo a bola de atacante do Manthiqueira. Foto: Fernando Martinez.


O Manthiqueira criou inúmeras oportunidades, mas não conseguiu vencer o arqueiro local. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo o União voltou melhor, e a partida ficou mais equilibrada. O que não se alterou foi o número de oportunidades de gol criadas. Foram muitas, agora dos dois lados. O time de Mogi das Cruzes passou a assustar em ataques rápidos pela direita, levando bastante perigo.


Lance dentro da área do União Mogi no segundo tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

O Manthiqueira também continuou buscando vencer o goleiro John, mas ele teve uma atuação espetacular. Foram mais três milagres, em lances que já esperávamos o gol. Os visitantes ainda chutaram uma bola na trave em ataque pela esquerda... Mas o dia não era mesmo dos atacantes.


Cobrança de falta para os locais no final da partida. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: União Mogi 0-0 Manthiqueira. Odeio partidas que terminam sem a abertura do placar, ainda mais em jogos assim, aonde não seria nenhum exagero se tivéssemos um 3x3 estampado ao final dos 90 minutos. Mas não podemos vencer sempre. O empate deixou o time de Guaratinguetá com 10 pontos, mas somente na sexta colocação do Grupo 5, a dois da zona de classificação. O União soma 5 pontos, e provavelmente busca um final de campeonato digno.

Juntamos os amigos depois do apito final e fomos todos tomar uma tubaína esperta num botecão ao lado do Nogueirão. Na sequência do caminho, percebemos que o tempo estava fechando, e foi só chegar na estação que um verdadeiro dilúvio caiu. O frio chegou forte também. Punk mesmo foi aguentar os trens da CPTM apinhados de gente, mas como diria o outro, fazemos "tudo pelo social".


Toda a turma presente no Nogueirão fazendo pose para o JP ao final da partida União Mogi 0x0 Manthiqueira. Foto: Fernando Martinez.

Cheguei em casa três horas depois, e ainda com ânimo de ver o rebaixamento do River Plate pela TV, e a vitória corintiana no Majestoso pelo rádio. Posso dizer que foi um domingo bem agradável.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário