Procure no JP

terça-feira, 14 de junho de 2011

Guarulhos vence pela 6ª vez consecutiva e tem o melhor desempenho geral na Segundona

Olá,

Com a chegada do sábado, fui até outra cidade da Grande São Paulo, para cobrir o segundo jogo da minha rodada tripla do último fim de semana. A pedida foi ir até a grande cidade de Guarulhos, com o objetivo de conferir de perto o time sensação do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, que vinha de cinco vitórias seguidas. Estou me referindo à A.D. Guarulhos que iria enfrentar o União F.C. de Mogi das Cruzes em jogo válido pela sétima rodada da primeira fase do certame, no seu Grupo 05. O palco da partida foi o Estádio Antônio Soares de Oliveira.

Nesse jogo iriam se defrontar dois times com companhas bem diferentes, pois enquanto o Guarulhos entrava em campo na liderança do seu grupo com 15 pontos, o União ía pro jogo com apenas 4 pontos, situado na 6ª posição. Antes de relatar o que foi o jogo, vamos com as fotos oficiais da partida, marca registrada do JP, as quais estão apresentadas abaixo:


A.D. Guarulhos - Guarulhos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


União F.C. - Mogi das Cruzes/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem formado por Antônio Rogério Batista do Prado, Reinaldo Rodrigues dos Santos e Edson Rodrigues dos Santos ao lado dos dois capitães. Foto: Orlando Lacanna.

Como já era de se esperar, o Guarulhos tomou conta da partida desde o início e, logo aos 2 minutos, chegou ao seu primeiros gol, anotado pelo camisa 9 Andrade, que acertou um belo chute da meia esquerda, mandando a bola no ângulo superior direito da meta defendida por Daniel.


Goleiro voando e a bola no fundo da rede no primeiro gol guarulhense. Foto: Orlando Lacanna.

A partida era praticamente de um time só, uma vez que os ataques do Guarulhos eram constantes e o União não conseguia respirar. Nessa toada, os donos da casa quase chegaram ao segundo gol, aos 10 minutos, só não o conseguindo, por conta da finalização de Andrade ter saído fraca, permitindo a defesa do goleiro.


Andrade desperdiçando ótima chance para anotar mais um gol. Foto: Orlando Lacanna.

O domínio guarulhense era nítido, porém o União mostrava um espírito de luta invejável, mas, mesmo assim, não conseguia organizar uma jogada que pudesse levar perigo ao goleiro Rafael. Aos 17 minutos, o Guarulhos teve mais uma ótima chance, mas o zagueiro Gustavo salvou em cima da linha, uma cabeçada desferida por Samuel no interior da pequena área.


Samuel cabeceando e o zagueiro da União indo salvar em cima da linha fatal. Foto: Orlando Lacanna.

O Guraulhos não dava trégua ao setor defensivo do União, tendo criado mais dois bons momentos, aos 22 e 23 minutos, através do atacante André e do meia Éverton, sendo que no primeiro lance, o goleiro Daniel praticou espetacular defesa e o segundo foi pra fora. Somente aos 28 minutos, o time de Mogi das Cruzes conseguiu criar uma situação de perigo, quando a zagueiro Pomarola, escorou uma cobrança de escanteio pela lado direito. Cinco minutos depois, o União chegou novamente, agora através de Leandrinho, num chute cruzado que assustou o goleiro Rafael, que se contundiu no lance e precisou de atendimento médico.


Primeira finalização do União através de Pomarola. Foto: Orlando Lacanna.

Após os dois lance mais agudos do União, o Guarulhos retomou as ações ofensivas e chegou ao seu segundo gol, aos 38 minutos, anotado mais uma vez por Andrade, que aproveitou um bate-rebate na área, depois da cobrança de escanteio pela esquerda.


Bola indo morrer no fundo da rede no segundo gol do Guarulhos. Foto: Orlando Lacanna.

Os dois gols de vantagem deram uma tranquilidade ao Guarulhos, que deu uma segurada, levando para o intervalo uma boa vantagem e dominando o adversário que pouco realizou. Ficava a expectativa para o segundo tempo, se o time da casa iria pra cima visando um placar mais elástico. O jeito era aguardar.

A segunda etapa começou e nos primeiros minutos, o União tentou sair para o abafa, visando reduzir logo de cara a diferença no placar, como aconteceu na marca dos 14 minutos, quando novamente o zagueiro Pomarola chegou com perigo. Com o passar do tempo, o Guarulhos foi tomando conta das ações e foi espremendo os visitantes no seu campo de defesa. A estratégia deu certo, tanto que, aos 19 minutos, o time azul chegou à marcação do seu terceiro gol, anotado pela camisa 17 Baiano, em ótima jogada individual, na qual deixou para trás três zagueiros. Foi um golaço.


Terceiro gol do Guarulhos marcado por Baiano. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo perdendo por três gols de diferença, o União não se entregava, tendo chegado com perigo aos 21 minutos, quando o atacante Mauricio exigiu uma díficil defesa de Rafael, que gerou rebote não aproveitado. Quatro minutos depois, o Guarulhos, chegou ao seu quarto gol, marcado por intermédio do camisa 18 Victor, numa rápida escapada pela direita. Ficava a impressão que os donos da casa íam marcando os gols na hora que queriam.


Mais um gol do Guarulhos, agora o quarto anotado por Victor. Foto: Orlando Lacanna.

O União, que jogava com muita dignidade, não se entregava, sendo que o seu atacante Maurício, aos 36 minutos, exigiu mais uma boa defesa do goleiro do time da casa. Um minuto depois, o Guarulhos marcou pela quinta vez, através do meia Éderson, que escorou com categoria um cruzamento à meia altura vindo da esquerda. Logo após esse gol, o atleta Venâncio do União recebeu o cartão vermelho direto, por ter dado um entrada muito dura no adversário, na primeira jogada mais forte do time vermelho.


Outra boa chance do Guarulho pela direita, só que dessa vez, o gol não saiu. Foto: Orlando Lacanna.

Jogo encerrado com o placar registrando Guarulhos 5 - 0 União, que não só consolidou a liderança do time da casa no seu grupo, agora com 18 pontos, como também contribuiu para alcançar a melhor performance entre todos os participantes da Segundona, com a incrível média de 2,571 pontos por partida (18 pontos obtidos em 7 jogos). Quanto ao União, a derrota por goleada, o colocou na última posição do grupo com 4 pontos e um saldo de gols negativo de 9. Fica claro que é um time que não tem maiores pretensões na competição.

Falando um pouco de história e aproveitando pesquisa feita pelo Fernando, essa goleada guarulhense igualou a maior sequência de vitórias conquistada pela equipe, somando ainda a fase com o nome de Vila das Palmeiras. O Vila chegou a seis vitórias seguidas na segunda divisão de 1993 (o equivalente ao terceiro nível estadual na época) ao vencer União Bom Retiro, Saltense, Paulistano de São Roque, Comercial de Tietê e duas vezes o Amparo.

Como Guarulhos, a equipe tinha como máximo uma série de cinco vitórias consecutivas conquistadas na Segundona de 2007, quando venceu Mogi das Cruzes, Osasco FC, Força, Jacareí e União Suzano em sequência. Caso vença a próxima partida, marcada para o próximo sábado em casa contra o Jacareí, o time conquistará a maior sequência de vitórias em jogos válidos por campeonatos paulistas em todos os tempos (contando que o time participa dos campeonatos do estado desde 1981).

Partida encerrada e aquele velho roteiro de sempre, ou seja, rápido retorno a São Paulo para um merecido descanso, até porque no domingo pela manhã teria mais Segundona, agora indo a uma partida que seria realizada num estádio que pouco apareceu no JP. Aguardem...

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário