Procure no JP

segunda-feira, 13 de junho de 2011

EC São Bernardo goleia e segue firme rumo à próxima fase da Segundona

Olá,

Em mais um fim de semana repleto de partidas válidas pelas competições promovidas pela FPF, o JOGOS PERDIDOS saiu a campo mais uma vez para cobrir, ao vivo e em cores, nada menos do que sete partidas, sendo cinco pela Segundona e duas pelo Sub-20. A mim coube a missão de acompanhar três dos sete jogos, sendo que dessa vez, não viajei ao interior, tendo ido a três cidades diferentes da Grande São Paulo.

A minha rodada tripla teve início na sexta-feira à noite, quando fui até a importante cidade de São Bernardo do Campo, mais precisamente ao Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, muito mais conhecido com Baetão, para ver de perto a partida E.C. São Bernardo x São Vicente A.C., válida pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no seu Grupo 06.

Esse confronto entre alvinegros, colocou frente a frente, dois times colocados no bloco de cima da classificação, com o time da casa entrando em campo na 2ª posição com 12 pontos, enquanto os visitantes estavam na 3ª posição, com os mesmos 12 pontos, mas com saldo de gols inferior. Portanto, a expectativa era de um grande jogo, uma vez que as duas equipes realizam boas campanhas.

Apesar do trânsito intenso, cheguei com tranquilidade ao meu destino, tendo sido recepcionado gentilmente pelo Assessor de imprensa do Bernô, Pedro Henrique Faian, que me deu todo apôio necessário. Depois do bate-papo, fui para o gramado sintético aguardar a entrada dos protagonistas do espetáculo, com o objetivo de fazer as tradicionais fotos oficiais, as quais apresento abaixo:


E.C. São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


São Vicente A.C. - São Vicente/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem composto por Édilar Maria Ferreira, Marco Antônio de Andrade Motta Jr., Gustavo Rodrigues de Oliveira e Roberto Pinelli ao lado dos capitães. Foto: Orlando Lacanna.

A partida começou bem movimentada e, logo aos 3 minutos, o São Vicente conseguiu o primeiro escanteio do jogo, graças a uma pronta intervenção do goleiro Jefferson. A resposta do São Bernardo veio aos 10 minutos, numa ótima infiltração pela esquerda do camisa 10 Robson, que cruzou para trás, mas nenhum atacante aproveitou.


Jogada aérea do ataque do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.

Os times se alternavam nas ações ofensivas, sendo que aos 14 minutos foi a vez do São Vicente chegar com relativo perigo, através de uma arrancada pela esquerda, cujo cruzamento não foi aproveitado pelo camisa 7 Matheus, que chegou atrasado no lance. Aos 25 minutos foi a vez de Yuri do time praiano arriscar da intermediária e obrigar o goleiro da casa desviar para escanteio.


Zaga do São Bernardo se antecipando ao atacante vicentino. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 28 minutos foi a vez do São Bernardo chegar com mais força ao ataque, através do ótimo atacante Chuck, que invadiu a área pela esquerda e mandou um chute cruzado que saiu com perigo, assustando o goleiro Bruno.


Atletas dos dois times se preparando para brigar pela bola que vem caindo. Foto: Orlando Lacanna.

A partida estava parelha, com as defesas se impondo aos ataques. Dessa maneira, a tendência era o gol sair de uma bola parada ou por conta de alguma falha individual e, não de outra, pois aos 39 minutos, o camisa 8 do São Vicente Thiaguinho, atrasou a bola ao seu goleiro, porém o fez com pouca força, permitindo que o rápido atacante Chuck alcançasse a bola, invadisse a área e tocasse para o gol vazio, após driblar o goleiro, abrindo a contagem a favor do São Bernardo, cujo placar perdurou até o fim do primeiro tempo, numa etapa rigorosamente equilibrada.

As equipes voltaram para os últimos 45 minutos com os uniformes trocados, com o São Bernardo deixando no vestiário a camisa listrada e voltando com a branca. Por sua vez, o São Vicente voltou com uma camisa que prevalecia a cor preta. Não entendi porque jogaram toda primeira etapa de um jeito e mudaram de uniforme para a etapa final. Se os uniformes do primeiro estavam confudindo, isso deveria ter sido observado antes do início da partida. Eu não vi confusão nenhuma.

Com a bola voltando a rolar, o São Bernardo foi pra cima e, logo aos 3 minutos, chegou à marcação do seu segundo gol, anotado de cabeça pelo zagueiro Marcelo Médice ao aproveitar cobrança de escanteio pela direita.


Escanteio que originou o segundo gol do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.


Agora a bola no fundo da rede vicentina após cabeçada de Marcelo Médice. Foto: Orlando Lacanna.

O São Vicente deu mostras que não sentiu o segundo gol e foi pra cima da defesa do Bernô, tanto que, aos 7 minutos, o camisa 6 Tico diminuiu a vantagem, deixando a partida totalmente em aberto. Tudo poderia acontecer, sendo que após ter marcado o primeiro gol, o São Vicente forçou mais as jogadas ofensivas, fazendo com que o São Bernardo desse uma recuada e passasse a apostar nos contra-ataques.


Início de contra-ataque por parte do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.

A partir do vigésimo minuto, o São Bernardo começou a encaixar os conta-ataques e em dois minutos, praticamente liquidou a fatura ao maracar dois gols em sequência, sendo o terceiro aos 25 e o quarto aos 27 minutos, anotados por Chuck e Deivid respectivamente, deixando o time do São Vicente atordoado. De repente a panorâmica da partida mudou totalmente.


Mais uma bola no fundo da meta vicentina, agora no quarto gol do Bernô. Foto: Orlando Lacanna.

Com três gols de vantagem, o São Bernardo tomou conta do jogo e o São Vicente desabou. Dessa forma, a tendência era os donos da casa aumentar a diferença, porém até por volta dos 40 minutos nada aconteceu nesse sentido.


Mais um ataque do São Bernardo no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

A partida já se encaminhava para o seu final, com todos achando que o placar de 4 x 1 seria o definitivo, mas o São Bernardo ainda tinha mais duas surpresas para a sua fiel torcida, pois aos 43 e 45 minutos, foram anotados o quinto e o sexto gols, marcados por Deivid e Rafael, deixando todos no estádio incrédulos com o que viam. Uma sonora goleada que ninguém imaginava até os 20 minutos da etapa final.

Fim de jogo com o placar estampando o resultado surpreendente de São Bernardo 6 - 1 São Vicente que consolidou a vice-liderança dos anfitriões no seu grupo, agora com 15 pontos. Além da goleada, o que deixou os torcedores do São Bernardo mais felizes, foi a ótima atuação. Mesmo sofrendo a goleada, o São Vicente permanece na 3ª posição com os mesmo 12 pontos, empatado com o Jabaquara e Mauaense, porém levando vantagem nos critérios de desempate.

Vale registrar que esse placar foi histórico para o Bernô. Foi a maior vitória do clube desde o dia 17 de outubro de 1982, quando naquela oportunidade venceu o Paulista de Jundiaí fora de casa por 6x0. Desde então, por seis oportunidades a equipe venceu por quatro gols de diferença, o que torna essa partida contra os vicentinos realmente especial e que será lembrada por muito tempo.

Fim de mais uma partida da Segundona e volta imediata para São Paulo, na sempre agradável companhia do velho amigo Milton Haddad, para um bom descanso, até porque no sábado tinha mais Segunda Divisão. Aguardem....

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário