Procure no JP

domingo, 1 de agosto de 2010

Peñarol terceiro colocado da Supercopa Eurofarma!

Ufa!

Depois de dez jogos em cinco dias, em maratonas que me fizeram ficar diariamente quatro horas em vagões do metrô e da CPTM e rodadas duplas (e uma quádrupla) que me deixaram com um cansaço incrível, no último sábado acompanhei meu último jogo na Supercopa Eurofarma de Futebol Júnior na Arena Barueri. Foi mais um jogo "internacional" no torneio, com Sevilla e Peñarol decidindo quem seria o terceiro colocado na classificação final.

Ao chegar na Arena depois de uma caminhada de 20 minutos debaixo de sol forte encontrei o amigo Rodrigo Colucci e também vi que a TV responsável pela transmissão do torneio não passaria esse jogo ao vivo, dando à partida um inevitável ar de jogo-fantasma. Achei genial, pois esses que são os mais legais de se acompanhar. E para variar um pouco, seguem as fotos oficiais dos times e do trio de arbitragem:


Sevilla FC (sub-19) - Sevilla/Espanha. Foto: Fernando Martinez.


CA Peñarol (sub-19) - Montevidéu/Uruguai. Foto: Fernando Martinez.


Para a disputa do terceiro lugar da competição, tivemos a presença do árbitro Alessandro Darcie e os auxiliares David Botelho Barbosa e Francisco Reginaldo Moreira. Junto com os três na foto os capitães de Peñarol e Sevilla. Foto: Fernando Martinez.

Geralmente as decisões de terceiro lugar nos torneios em geral são marcadas por serem jogos abertos, sem muita preocupação com marcação e tudo mais. E essa não foi diferente, pois os dois times apostaram num futebol ofensivo. O Peñarol começou melhor, criando boas chances para abrir o marcador nos primeiros 10 minutos.


Chance do Peñarol pelo alto em lance do começo da partida. Foto: Fernando Martinez.


Com a construção da quarte parte da arquibancada da Arena fazendo parte da paisagem, o onze uruguaio tentava começar mais um bom ataque. Foto: Fernando Martinez.

Mas o bom time do Sevilla equilibrou as ações e aos 18 minutos foi recompensado com a marcação do seu gol. Num chutaço da direita, a bola bateu na trave e no rebote o camisa 14 Oscar Jimenez completou para fazer o primeiro dos espanhóis. Atrás do placar, o onze uruguaio chegava forte pela esquerda, mas não conseguiu deixar de novo tudo igual antes do primeiro tempo acabar.


Chute de longe para os "carboneros", mas que foi parar longe do gol. Foto: Fernando Martinez.


Camisa 10 do Peñarol se desvencilhando da marcação do Sevilla. Foto: Fernando Martinez.

O intervalo chegou com a vantagem mínima para a equipe européia. Para desfrutar pela última vez no torneio a mordomia nas cabines de imprensa vi o jogo lá do alto no tempo final. O Peñarol voltou mais preciso e deixou finalmente tudo igual aos 15 minutos, com cobrança de pênalti perfeita do jogador Alejandro González. A equipe "carbonera" teve ainda chances claras para virar o marcador.


Ainda na primeira etapa, chegada uruguaia pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de pênalti que originou o gol de empate "carbonero". Foto: Fernando Martinez.

A partir dos 30 minutos porém os dois times cansaram, pois a maratona de cinco jogos em seis dias com certeza pesou. O Sevilla ainda chegou perto do segundo gol por duas vezes após os 40 minutos, mas a partida terminou mesmo empatada. O terceiro lugar agora seria decidido na cobrança de pênaltis.


Jogadores olhando para o alto em bola do Peñarol. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Sevilla não teve sorte nas suas cobranças, e acertou somente a primeira com o jogador Alberto Perez. Os jogadores Abraham Arcos e Joaquin Ruiz chutaram na trave e o goleiro uruguaio defendeu o chute de Manuel Torres. O Peñarol perdeu apenas a primeira cobrança Mauricio Castro. As demais foram convertidas, com os atletas Alejandro Gonzalez (que já tinha marcado no tempo normal), Washington Vazquez e a decisiva com Miguel de León. Final de jogo: Sevilla 1 (1) - 1 (3) Peñarol.


Um dos dois pênaltis do Sevilla que foi parar na trave. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de Miguel de León que deixou o Peñarol com a terceira colocação da Supercopa. Foto: Fernando Martinez.

Com justiça o time uruguaio conquistou o terceiro lugar na Supercopa Eurofarma de Futebol Júnior, enquanto o Sevilla foi o quarto colocado. Mas as duas equipes merecem os parabéns pelo bom futebol mostrado no torneio: Jogando futebol na bola, sem apelar para pancadaria.


Atletas do time uruguaio fazendo a festa e recebendo as medalhas pela conquista do terceiro lugar na Supercopa Eurofarma 2010. Fotos: Fernando Martinez.

Fui pesquisar se algum desses times internacionais noticiou a presença na competição nos seus respectivos sites oficiais, e descobri que somente o Peñarol noticiou com destaque a participação na Supercopa. O mais legal é que na notícia sobre o torneio eu apareço... de costas, mas está valendo.


Detalhe da página oficial do Peñarol noticiando a bela campanha do time com a minha humilde presença. Reprodução do site: http://www.capeñarol.org

Após o jogo ainda ficamos nos bastidores muito tempo, conversando com membros das comissões técnicas e já torcendo para que o torneio volte a acontecer no ano de 2011, pois faltam campeonatos assim por aqui. Quem sabe isso não acabe animando as empresas e federações a criarem competições geniais desse jeito a partir de agora?

Ah, vale lembrar que o Santos sagrou-se campeão da Supercopa no domingo ao vencer o Flamengo também nos pênaltis depois de um placar de 2x2 no tempo normal. Mas nesse dia eu já estava com a cabeça novamente voltada para a nossa querida Segundona, na hora da definição da primeira fase.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário