Procure no JP

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Virada fantástica do Juventus pela Copa Paulista

Fala pessoal!

No último dia 4 de agosto fui ver meu primeiro jogo pela Copa Paulista 2010, um torneio que só engrena mesmo a partir da segunda fase. Com saudade de ver jogo no Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, segui num frio intenso para o clássico entre Juventus e São José.

Dessa vez não temos fotos posadas, já que a partida nem estava na ordem do dia, e só fui mesmo pois resolvi todos os problemas até o começo da tarde. Cheguei lá com poucos minutos de jogo, e logo encontrei os amigos David e Victor, num bate-volta genial Minas-São Paulo.

Esse jogo poderia significar a entrada do onze grená no G4 do Grupo 4 da competição, justamente no lugar da equipe joseense. Depois de um início ruim na competição, o Moleque Travesso queria entrar num bom ritmo de jogos e o gol feito aos 5 minutos através de Maurinho deu esperanças para a pequena torcida presente no estádio.


Falta perigosa para o Juventus no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas num esquema bastante conhecido, o time recuou e permitiu que o São José passasse a assustar. Com isso o empate acabou acontecendo aos 26 minutos com Alex Cortez, e o jogo foi para o intervalo com a Águia melhor e o 1x1 no marcador. O segundo tempo veio com a equipe da casa perdida dentro das quatro linhas, e tomando sufoco dos visitantes.


Disputa de bola entre atletas do Juventus e do São José. Foto: Fernando Martinez.

O Juventus não passava do meio de campo, e o gol da virada joseense, marcado por Capitão aos 6 minutos, era algo extremamente óbvio. O São José dominava amplamente o jogo, e parecia que nada faria mudar isso.


Zaga joseense subindo mais alto para afastar o perigo. Foto: Fernando Martinez.

Parecia, pois o Moleque Travesso arranjou forças do além para encurralar os visitantes no campo de defesa e marcando três vezes num espaço de apenas 11 minutos. O empate veio aos 25 com Heberty. A inesperada virada foi obtida com Wesley aos 31, e o quarto gol foi novamente de Heberty aos 36.


Segundo gol juventino na partida. Foto: Fernando Martinez.


Comemoração do camisa 17 grená pela marcação do tento. Foto: Fernando Martinez.


Aqui, a bola estufando as redes no quarto gol dos donos da casa. Foto: Victor Minhoto.

Todos, da torcida joseense ao pessoal juventino, ficaram surpresos com essa avassaladora sequência ofensiva dos grenás. Eu também não esperava que a equipe pudesse ter chegado ao apito final com o placar de Juventus 4-2 São José. O resultado fez com que os grenás entrassem no G4 com sete pontos. Tomara que a equipe da Móoca consiga apresentar o mesmo futebol nas próximas rodadas.

Abraços!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário