Procure no JP

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vitória juventina pelo Paulista sub-17 em cima do GEO

Opa,

O segundo jogo que acompanhei na manhã do feriado de 9 de julho em São Paulo foi de novo um encontro entre Juventus e Grêmio Osasco no Estádio Conde Rodolfo Crespi, agora válido pelo Campeonato Paulista sub-17. Dessa vez não teve chabu, e agora seguem as fotos oficiais da peleja:


CA Juventus (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Grêmio E Osasco (sub-17) - Osasco/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida e os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Nessa categoria a partida também não passou de um amistoso, pois os times não tinham mais chances de classificação. Para curtir comigo esse jogo, acabei encontrando por lá o "jovem mancebo" Alfredo e o radialista do momento Édson Natali. Das cabines de imprensa da Javari acabamos acompanhando um jogo também bastante movimentado.


Marcação de impedimento no ataque grená logo no início de partida. Foto: Fernando Martinez.

O primeiro tempo teve ótimas chances, principalmente para o Grêmio Osasco. Mas o goleiro juventino estava num dia inspirado e não deu chance para os atacantes adversários com belíssimas defesas, levando o jogo para o intervalo sem a abertura do marcador.


Zaga do GEO tomando um susto com a bola quicando dentro da área. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta para o time visitante ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo o assunto que teve mais destaque na nossa conversa acabou sendo sobre a situação atual do Edifício Creche Marina Crespi (aquela construção que fica atrás das árvores no gol da "esquerda" da Javari). O histórico local, construído em 1936 e que serviu de creche para filhos de funcionários do Cotonifício Crespi, começou a ser demolido em meados de junho para dar lugar a mais edifícios residenciais, algo comum nos últimos anos no bairro da Mooca.

É lamentável ver lugares que contam a belíssima (e desconhecida) história da cidade de São Paulo serem apagados dessa forma. Em nome do "progresso", construções magníficas são apagadas do cenário da cidade sem nenhuma piedade ou consideração. Esse edifício é uma obra única da arquitetura dos anos 30, e se ele sumir será uma perda irreparável.


Entrada do Edifício, com a inscrição "Ninho Jardim Condessa Marina R.Crespi" (que trabalhou no local até 1966) em destaque. Foto: Fernando Martinez.


Duas imagens das dependências do Edifício Creche Marina Crespi, que de forma lamentável vem sendo demolido à toque de caixa. Torcemos demais para que o tombamento do local aconteça antes da extinção do lugar. Fotos: Fernando Martinez.

Menos mal que ao procurar informações na internet sobre a construção do prédio, me deparei com um documento que mostra que uma solicitação formal de tombamento do imóvel foi feita há poucos dias. Resta simplesmente torcer muito para que o órgão responsável siga com o processo de tombamento antes que ele vire somente uma pilha de tijolos e uma triste lembrança na mente de todos que passaram por ali. 


Visão do "gol da esquerda" da Javari com as árvores da antiga creche ao fundo, numa paisagem que pode sumir muito em breve. Foto: Fernando Martinez.

Bom, mas voltando ao mote principal do JOGOS PERDIDOS, agora era hora do segundo tempo começar no antigo campo de futebol construído para os funcionários do Cotonifício Crespi. E nesse segundo tempo o onze grená voltou disposto a se despedir do Paulista sub-17 com uma vitória.


Bola disputada dentro da área grená no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas o gol teimava em não sair, e o cheirinho do 0x0 já era forte por lá. Mas aos 36 minutos um zagueiro osasquense resolveu dar uma força e fez pênalti em atacante do Juventus. Na cobrança o camisa 9 do Moleque Travesso Victor bateu com classe no canto esquerdo e marcou o único gol do jogo.


Detalhe do gol juventino, que decretou a derradeira vitória do time no Paulista sub-17. Foto: Fernando Martinez.

Final de peleja: Juventus 1-0 Grêmio Osasco. Mesmo terminando essa fase na quarta colocação do Grupo 6, os grenás não conseguiram a vaga pelo índice técnico, terminando os dois turnos com 18 pontos. O GEO finaliza sua participação com 13 pontos e a sexta colocação.

Depois do jogo ainda ficamos no hall de entrada do estádio trocando informações sobre o time profissional do Juventus que disputará a Copa Paulista a partir do próximo domingo. Informações coletadas e após muita novidade já era a hora de ir para casa, não antes sem passar na frente da Creche Marina Crespi e torcer para que não tenha sido minha última visão do antigo local...

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário