Procure no JP

segunda-feira, 19 de julho de 2010

JP na largada da Copa Paulista de Futebol

Olá,

No último sábado teve início mais uma competição promovida pela FPF, no caso a Copa Paulista de Futebol, sendo que o JP se fez presente numa das partidas da rodada inaugural. Fui até a vizinha cidade de São Bernardo do Campo, mais precisamente ao Estádio 1º de Maio, com o objetivo de conferir tudo que rolou na partida São Bernardo F.C.L. x S.C. Barueri, válida pelo Grupo 4 da competição.

Essa competição terá a participação de 29 times (seriam 30, mas o Atlético Araçatuba desistiu na última hora), divididos em 4 grupos, sendo 2 com 8 times, um com 7 e um com 6. Na primeira fase os times do mesmo grupo se enfrentarão em jogos de ida e volta, classificando-se os 4 primeiros de cada grupo. Na segunda fase, as 16 equipes serão divididas em 4 grupos de 4. Seguirão na competição, as duas melhores de cada grupo, totalizando 8 times. Daí em diante, passa a ser adotado o esquema de mata-mata, até a apuração dos dois finalistas.

A Copa Paulista será disputada até 28/11, quando será conhecido o Campeão que ganhará uma vaga na Copa do Brasil de 2.011. Caso o time campeão venha a ser um dos 10 primeiros de RNC (Ranking Nacional de Clubes) da CBF, a vaga passará para o Vice-Campeão.

Voltando ao jogo, começo apresentando os times e o quarteto de arbitragem que posaram para as lentes do JP com exclusividade, cujas fotos estão abaixo:


São Bernardo F.C.L. - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Orlando Lacanna.





S.C. Barueri - Barueri/SP. Foto: Orlando Lacanna.





Quarteto de arbitragem ao lado dos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.


O jogo teve início e o time visitante tomou a iniciativa de ir seguidamente ao ataque, segurando o time do ABC no seu campo de defesa. Somente aos 7 minutos o São Bernardo conseguiu realizar a primeira jogada ofensiva e o fez com perigo, pois o atacante Danielzinho cabeceou uma bola quase da marca do pênalti, obrigando o goleiro Camilo a praticar a primeira grande defesa da partida.


Cabeçada perigosa do atacante Danielzinho que morreu nas mãos do goleiro Camilo do Barueri. Foto: Orlando Lacanna.


A resposta do Barueri foi dada um minuto depois, através de uma boa jogada arquitetada pela meia direita e concluída pelo centroavante Magrão, que acabou resultando no gol de abertura. Mesmo em vantagem no marcador, o time azul permaneceu jogando ofensivamente e criando dificuldades para a defesa do "Tigre do ABC", como aconteceu aos 18 e 21 minutos, em jogadas com as participações de Magrão e Geninho (ex-Grêmio Osasco), cujas conclusões foram para fora, mas levaram muito perigo à meta defendida pelo goleiro Ânderson.


Jogada aérea do ataque do Barueri na primeira etapa. Foto: Orlando Lacanna.


Até por volta do trigésimo minuto, o desenho do jogo mostrava o São Bernardo com mais posse de bola, porém com pouco poder de ataque, enquanto o Sport Barueri chegava muito mais vezes à área dos donos da casa. Numa dessas, quase ampliou o marcador aos 27 minutos numa jogada de Wanderson, só não conseguindo graças a uma providencial defesa do goleiro Ânderson com o pé direito.

Somente ao 32 minutos o São Bernardo levou perigo à defesa do Sport Barueri, através de uma cabeçada de Danielzinho que foi parar nas mãos do goleiro Camilo. Aos 37 minutos, outro bom momento do ataque dos visitantes, agora através da penetração do ala Sena pelo lado direito, cuja finalização saiu por cima do travessão, assustando a torcida local. Dessa forma, a partida foi para o intervalo com a vantagem mínima a favor dos visitantes que fizeram uma melhor apresentação ao longo dos primeiros 45 minutos.


Oportunidade desperdiçada pelo ala Sena do Sport Barueri. Foto: Orlando Lacanna.




Goleiro Camilo e o atacante Diogo Acosta disputando a bola pelo alto ainda na primeira etapa. Foto: Orlando Lacanna.


A segunda etapa foi iniciada e logo aos 5 minutos, o São Bernardo chegou perigosamente à area dos visitantes, numa avançada do atacante Andrezinho que resultou em uma milagrosa defesa de Camilo, desviando com a ponta dos dedos uma bola que entraria no ângulo superior esquerdo. O troco do Sport Barueri foi dado aos 8 minutos, através do centroavante Magrão, que mandou um foguete desferido da marca de pênalti que passou por cima do travessão, desperdiçando uma chance claríssima de gol, levando os seus companheiros ao desespero, sendo que um deles levou as mãos à cabeça.

Dos dez minutos em diante, o São Bernardo foi com tudo em busca do empate, tendo criado duas chances claras de gol aos 13 e 23 minutos, em jogadas que tiveram as participações de Andrezinho e Diogo Acosta, sendo que nos dois momentos as conclusões ficaram devendo e o grito de gol ficou preso.


Ataque do São Bernardo pela direita no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna. 





Zagueiro do Sport Barueri afastando de cabeça cruzamento do ataque do "Tigre do ABC". Foto: Orlando Lacanna.


A partir do vigésimo quinto minuto, a partida perdeu um pouco de movimentação, mas nos últimos dez o São Bernardo foi todo pressão. Aos 42 minutos, o Sport Barueri ficou com 10 homens, por conta da expulsão do ala Sena que recebeu o segundo cartão amarelo.

Quando tudo indicava que o jogo terminaria com a vitória do time de Barueri, eis que na marca dos 43 minutos, o avante Raul do São Bernardo sofre pênalti, cuja cobrança ficou a cargo de Diego Acosta que bateu com categoria e deixou tudo igual no placar. Um minuto depois, o time da casa teve o seu atleta Zé Forte também expulso, por receber o cartão vermelho direto por ter dado uma pegada firme num adversário.


Goleiro acerta o canto, mas a bola morre no fundo da meta do Sport Barueri no gol de empate do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.


Fim de partida com o placar registrando São Bernardo 1 - 1 Sport Barueri, resultado que premiou o esforço das duas equipes e que acabou sendo justo pelo que os dois times apresentaram ao longo dos 90 minutos. Os visitantes foram melhores na etapa inicial e os donos da casa mandaram no segundo tempo. Como a competição está apenas no começo, muita água ainda vai passar por baixo da ponte. Essa competição começa a esquentar a partir da fase de mata-mata.

Tão logo o árbitro encerrou a peleja, voltei de imediato para São Paulo, planejando a escolha da partida a ser acompanhada no domingo, porém com o surgimento de alguns problemas de última hora, acabei ficando pela Capital mesmo e sem ver mais nada. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário