Procure no JP

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Assisense vence e continua na briga pela classificação na Segundona

Olá, 

Aproveitando o feriadão de 9 de Julho, logo pela manhã da última quinta-feira, peguei as Rodovias Castello Branco e Raposo Tavares e segui com destino à região oeste do estado de São Paulo, com o objetivo de passar alguns dias num agradável sítio de propriedade de familiares, localizado na cidade Cândido Mota.

Mesmo usufruindo a exuberante natureza do local, o futebol não poderia ficar de fora e, por conta disso, no sábado voltei à estrada e fui parar na linda cidade de Presidente Prudente. O meu destino foi o Estádio Eduardo José Farah, também chamado de Prudentão, para ver de perto a partida Presidente Prudente F.C. x C.A. Assisense, válida pela décima primeira rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no seu Grupo 1. 

Essa partida foi a primeira do Grupo 1 da competição a ser acompanhada pelo JP e envolveu duas equipes que não vêm fazendo boas campanhas, em especial o time da casa, que entrou em campo com apenas 6 pontos, situado na 7ª posição, à frente apenas do Ilha Solteira que acabou sendo excluído do campeonato por sucessivos WO's. Por outro lado, o Assisense iniciou a rodada na 6ª posição com 8 pontos e aguardando decisão do TJD no sentido de ganhar mais 3 pontos, em razão da partida contra o Ilha Solteira não realizada. A conquista dos três pontos pelo time de Assis era vital para continuar sonhando com a passagem à segunda fase da competição. 

Chegando ao estádio, fui muito bem recebido pelo Presidente do time da casa, o Sr. Roque Nanci Grosso, que acompanha o nosso trabalho há anos e se disse muito honrado com a presença do JP num jogo do seu time. Aliás ele afirmou que aquele sábado (10/7/2010) vai ficar gravado na história do Presidente Prudente, pois além da nossa presença, a Rede Vida também esteve por lá transmitindo a partida ao vivo para todo o Brasil. Conversei também com o Presidente do Assisense, o Sr. Carlos Antunes do Rosário, que da mesma forma do seu colega, nos acompanha há muito tempo e ficou muito feliz com mais uma aparição do seu time nas nossas páginas. A título de curiosidade, ressalto que os dois presidentes trabalharam no banco de reservas comandando os seus times.

Depois das conversas, fui para o gramado aguardar a entrada dos times e dos árbitros para fazer as tradicionais fotos oficiais, as quais estão abaixo:


Presidente Prudente F.C. - Presidente Prudente/SP. Foto: Orlando Lacanna. 


C.A. Assisense - Assis/SP. Foto: Orlando Lacanna. 


Quarteto de arbitragem formado por Leomar Oliveira Nunes, seus assistentes Daniel Luís Marques e Osny Antônio Silveira, além do quarto árbitro Max Venâncio Passos Gonçalves da Silva ao lado dos capitães dos dois times. Foto: Orlando Lacanna. 

A bola foi movimentada e o Assisense tomou iniciativa de ir ao ataque, pois como disse acima, a vitória era fundamental para continuar brigando por uma das quatro vagas à segunda fase. Aos 9 minutos, o meia Felipe Marino mandou uma bomba, mas o goleiro Lucas estava esperto e praticou boa defesa. Dois minutos depois, o Assisense voltou a forçar o ataque, agora através de um arremate de Fernando que passou muito perto. Não demorou muito e, na marca dos 16 minutos, o time visitante inaugurou o placar numa cobrança de pênalti executada por Felipe Marino.


Gol de pênalti convertido por Felipe Marino a favor do Assisense. Foto: Orlando Lacanna. 

Logo após o gol de abertura, o time de Assis poderia ter aumentado a contagem através de uma penetração do ala Vilela pelo lado direito, cujo arremate final foi contra o poste direito da meta defendida por Lucas. No rebote, a zaga aliviou o perigo.


Oportunidade perdida por Vilela do Assisense logo após o gol de abertura. Foto: Orlando Lacanna. 

A partir da oportunidade desperdiçada, o Assisense passou a ser dominado pelo time do Presidente Prudente, que foi ao ataque em vários momentos, como aconteceu aos 18, 23 e 34 minutos, em jogadas com as participações de Renatinho e Murilo por duas vezes, cujas conclusões morreram nas mãos do bom goleiro Pedro.


Avanço do atacante do Presidente Prudente em busca do empate. Foto: Orlando Lacanna. 

No finalzinho da primeira etapa, o empate só não aconteceu, graças a uma portentosa defesa do goleiro Pedro que fez um verdadeiro milagre ao desviar uma cabeçada de Ailtinho desferida do interior da pequena área, após cobrança de escanteio pelo lado direito. O pessoal do banco do time verde já se preparava para comemorar o gol, mas ficou engasgado e, com isso, o primeiro tempo terminou com a vantagem mínima a favor do time de Assis.


Cabeçada perigosa de Ailtinho que parou no goleiro Pedro do Assisense. Foto: Orlando Lacanna. 

Com a partida reiniciada, o Presidente Prudente foi para cima tentando chegar ao gol de igualdade, tendo chegado com perigo em dois arremates de Murilo que passaram muito perto. Tudo isso nos dez primeiros minutos. Aos 14 minutos, o meia direita Joninha do time da casa, cobrou uma falta com muito perigo, mas a bola subiu mais do que devia e a chance foi embora.


Jogada de ataque do Presidente Prudente no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna. 

Até por volta do vigésimo minuto, o domínio territorial foi do Presidente Prudente, sendo que após esse período, o Assisense voltou a comandar as ações, só não chegando ao seu segundo gol, aos 24 minutos, por conta de uma firula do avante Juninho que ao invés de chutar firme cara-a-cara com o goleiro, preferiu dar uma cavadinha e permitiu a defesa. Os seus colegas de time cobraram mais seriedade, pois naquele lance poderia sair o gol e a vitória ficaria mais perto.

Nos últimos quinze minutos o ritmo caiu um pouco, mas mesmo assim, o Assisense esteve mais próximo do seu segundo gol do que o Presidente Prudente do empate. Vale ressaltar que o time visitante terminou o jogo com 9 homens, graças as expulsões de Vinicius Ambrózio e Vilela aos 40 e 46 minutos respectivamente.


Zaga do Presidente Prudente cortando cruzamento do ataque visitante. Foto: Orlando Lacanna. 


Goleiro Lucas neutralizando outro cruzamento do ataque do Assisense. Foto: Orlando Lacanna. 

Fim de partida com o resultado de Presidente Prudente 0 - 1 Assisense, que manteve o time da casa na penúltima colocação com 6 pontos e sem mais chances de pensar na próxima fase. Com a vitória, o time de Assis chegou aos 14 pontos, já computados os 3 pontos conseguidos no TJD, mas continua a 6ª posição com a mesma pontuação do Fernandópolis que leva vantagem por possuir melhor saldo de gols. Como ainda restam 3 jogos, sendo 2 em casa, o Assisense pode chegar entre os quatro que avançarão na competição. Vamos aguardar os próximos jogos.

Tão logo o árbitro apitou pela última vez, deixei o estádio e iniciei viagem de retorno à minha base em Cândido Mota para um bom descanso e voltar a usufruir as belezas e o sossego do local. Foi isso. 

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário