Procure no JP

sexta-feira, 31 de março de 2006

Paulista Série A3: Botafogo 1-1 Monte Azul

Olá,

De volta ao interiorzão, na última quinta-feira, estive novamente na cidade de Ribeirão Preto, para assistir a mais uma partida do Campeonato Paulista Série A3. Dessa vez meu destino foi o belo Estádio Santa Cruz, onde ocorreu o jogo Botafogo 1 - 1 Monte Azul, válido pela décima segunda rodada da primeira fase. Jogo importante, pois envolvia um dos líderes de um dos grupos da competição. Mesmo não querendo ser repetitivo, não dá para deixar de ressaltar a simpatia e a gentileza, tanto do pessoal ligado ao clube, como da imprensa local. Um abraço a todos!

O jogo começou bem morno, com os dois times jogando com o breque-de-mão puxado, tanto que o primeiro chute ao gol, ocorreu somente aos 17 minutos, por parte do Botafogo e sem maior perigo. O Monte Azul ficava na dele, sem se expor, mostrando que a Pantera da Mogiana não estava numa jornada inspirada. Com esse quadro, dá para perceber que o jogo não estava bom...


Lance no meio campo no jogo Botafogo x Atlético Monte Azul. Foto: Orlando Lacanna.

Mas aos 27 minutos, em jogada isolada pela esquerda, o time visitante conseguiu uma falta que foi cobrada em direção à área. O atacante Júlio César desviou de cabeça, abrindo o marcador a favor do Monte Azul, em lance que o goleiro Marcão do Tricolor falhou. Depois desse gol, o jogo continuou no mesmo ritmo, ou seja, sem emoção, causando ao pequeno público muito descontentamento.


Julio César marca de cabeça o gol do Atlético Monte Azul. Foto: Orlando Lacanna.

Na etapa final, com as substituições feitas no intervalo pelo Botafogo, a partida ganhou mais ritmo e os donos da casa começaram a forçar o ataque, mais na base da vontade do que em jogadas trabalhadas. Aos 14 minutos, o atacante Kanu empatou o jogo, concluindo com perfeição jogada iniciada pela ponta esquerda. Daí em diante, com os gritos eufóricos de "fogo" da torcida local, a expectativa era de que o Botinha fosse com tudo para virar o placar, mas isso acabou não acontecendo, frustrando o público presente.


Ataque do Botafogo na partida contra o Atlético Monte Azul. Foto: Orlando Lacanna.


Outra chance botafoguense. Foto: Orlando Lacanna. [160411]

Ao apito final do árbitro, com o resultado final em 1 a 1, ficou a certeza de que o Botafogo ficou devendo um melhor futebol aos seus torcedores, que acharam que o time jogou mal em razão da ausência do atacante Aílton, artilheiro com sete gols, que não pôde jogar por estar suspenso. Como o time de Ribeirão está bem colocado, até com uma certa folga, deverá se classificar à próxima fase com facilidade. Quanto ao Monte Azul, não notei nada que pudesse ser ressaltado, pois jogou como um time visitante comum, ou seja, jogou fechado e só saiu em contra-ataques.

Bem, por hoje é só e no próximo final de semana poderá haver outra jornada tripla. Até lá!

Abraços,

Orlando

Um comentário: