Procure no JP

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Palmeiras faz o básico e elimina o Jacuipense da Copa do Brasil sub-17

Texto e fotos: Fernando Martinez


No começo da semana tirei dois dias de descanso, algo justo pensando em aguentar a maratona que virá pela frente até o Natal. Na tarde de quarta-feira retornei à ativa com um confronto bem legal no Allianz Parque pela Copa do Brasil sub-17. Falo do encontro entre o Palmeiras e o genial Jacuipense da Bahia definindo uma vaga nas quartas de final.

Depois da eliminação no Brasileiro contra o Flamengo restou a disputa da Copa. Campeão em 2017 e 2019 - respectivamente contra o Corinthians e o São Paulo no Pacaembu, ambos com cobertura do JP - o alviverde está atrás do terceiro título. Vale lembrar que a FPF cancelou o estadual na atual temporada, logo, essa é a última oportunidade de título da categoria em 2020. Na estreia, aplicaram um sonoro 9x0 contra o Avaí Rondônia fora de casa.



Tudo bem, está bem de lado mas vale do mesmo jeito. A equipe do Jacuipense tirando aquela foto para se lembrar de quando jogaram no Allianz e abaixo capitães e quarteto de arbitragem

O time nordestino fez história em 2019 e conquistou pela primeira vez o Campeonato Baiano de Futebol Juvenil. O título veio com duas vitórias em cima do Vitória na decisão. Na estreia derrotaram o grande América de Natal por 3x1 e na ida contra o verde, derrota em casa pela contagem de 0x2. A missão na capital bandeirante seria complicada.

Foi esse ano que coloquei o Leão do Sisal na Lista durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior contra a Itapirense. Mesmo com outras partidas sendo realizadas às três da tarde (inclusive um ótimo Portuguesa x Água Santa pela Copa Paulista), não tinha como perder a chance de vê-los em ação jogando num estádio grande do lado de casa. Resumindo: um daqueles jogos absolutamente imperdíveis.

Do meu lugar cativo na cancha palmeirense vi, como todo mundo esperava, os donos de casa dominaram amplamente o adversário. O Jacuipense sabia que a classificação só seria conquistada na base do milagre, mas não apelou e mostrou um futebol que, apesar de bastante limitado, foi bastante digno. O alviverde não quis nem saber e definiu sua sorte já na primeira etapa.

O marcador foi inaugurado aos seis minutos quando Michel cruzou rasteiro da esquerda e Ruan Ribeiro concluiu quase na pequena área. Aos 25 Giovani recebeu passe da direita e chutou duas vezes, colocando a bola no canto de Gustavo. Aos 40 saiu o terceiro tento em bela finalização de Daniel, novamente sem chances para o camisa 1 adversário.





Depois de fazer 2x0 no jogo de ida, o Palmeiras era franco favorito e sabia que somente uma catástrofe o eliminaria da Copa do Brasil sub-17

No tempo final o técnico Artur Itiro mudou todo mundo que tinha direito e colocou uma molecada em campo. A peleja caiu demais de produção e os 45 minutos se transformaram em 120, uma eternidade. Os paulistanos perderam ótimos momentos por preciosismo e certa preguiça. Como triunfo estava garantido, ninguém reclamou.






Os donos da casa fizeram um primeiro tempo bom e chegaram aos 3x0 sem problema. Pena que na etapa final tenham diminuído demais o ritmo, deixando o jogo bastante sonolento

O placar de Palmeiras 3-0 Jacuipense colocou o verde nas quartas de final da Copa do Brasil contra o Athletico/PR (o Ceará não vai tirar nunca o 6x1 sofrido em Curitiba) como adversário. Os duelos de ida e volta serão realizados apenas em 2021. O sonho do "tri" continua vivo. Os baianos ficaram sem a vaga, porém com a certeza de que a campanha foi memorável.

A quinta-feira foi novamente de descanso pois de sexta até a véspera do Natal tem previsão de rolar futebol todo santo dia. Por conta da pandemia e da bagunça que virou o calendário será o dezembro mais futebolístico da história.

Até lá!


_________________________

Ficha Técnica: Palmeiras 3-0 Jacuipense

Local: Allianz Parque (São Paulo); Árbitro: Flávio Roberto Ribeiro/SP; Público e renda: Portões fechados; Cartões amarelos: Lucas Reis, Vitor Sales, Jeferson; Gols: Ruan Ribeiro 5, Giovani 25 e Daniel Silva 40 do 1º.
Palmeiras: Kaique; Guilherme (Robert Dias), Ruan Santos (Serafim), Michel e Ian (Gabriel Vareta); Miguel (Breno) e Luiz Freitas; Giovani (Luis Guilherme), Daniel Silva, Ruan Ribeiro e Kevin (Kauan). Técnico: Artur Itiro.
Jacuipense: Gustavo Calacio; Lucas Ramos, Goiabeira, Jeferson e Emerson Rosa (Lucas Reis); Vitor Sales, Pedro (Ruan Henrique), Kleyton (Davi) e Zé Felipe (Jefferson Santos); Ricardo (Mateus Sá) e Rodrigo (João Luiz). Técnico: Thiago Neiva Ribeiro.
_____________

Nenhum comentário:

Postar um comentário