Procure no JP

quarta-feira, 27 de junho de 2012

JP e a "Festa do Interior" (parte 2): Américo goleia o CA Lemense fora de casa e se classifica no Grupo 3

Opa, 

Seguindo com a segunda parte da turnê "Festa do Interior", na qual representei o JP por cidades do interior de São Paulo, a sessão vespertina de futebol do sábado me fez voltar à cidade de Leme depois de cinco anos de ausência. Lá, a tabela apontava o confronto entre o CA Lemense e o Américo no Estádio Bruno Lazzarini, em peleja válida pela 8ª rodada do Grupo 3 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão

Os poucos menos de 140 quilômetros de distância entre Porto Feliz e a Cidade do Algodão foram percorridos em pouco mais de duas horas pela caravana. No caminho, fizemos fotos em Rafard, passamos por Capivari, Cordeirópolis e Araras, chegando sem problemas no tradicional estádio, inaugurado em 1980 num jogo do saudoso EC Lemense contra a Internacional de Limeira. 

Estacionamos dentro do estádio, que não mudou muito desde a minha última visita (numa vitória do time local contra o Pirassununguense em 2007, em jogo que teve a presença da então "jovem guarda" do JP). Uma das características principais ainda existe; O Bruno Lazzarini pode ser considerado um estádio "drive in", já que dá para acompanhar a peleja confortavelmente dentro do seu possante, desde que ele esteja logo à frente da grade das arquibancadas. 

Mas como o meu lance é ver jogo de dentro de campo, logo fui para o gramado ajeitar todo o esquema para as fotos oficiais: 


CA Lemense - Leme/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Américo EL - Américo Brasiliense/SP. Foto: Fernando Martinez. 


O árbitro Sílvio Renato Silveira e os assistentes Carlos Alberto Funari e Marcelo Zamian de Barros
 posam junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Após dois anos disputando a Série A3, o CA Lemense foi rebaixado em 2011 e voltou a disputar a Segundona, mas a campanha atual ainda não deixou a torcida empolgada. Num grupo com apenas cinco equipes (o Olé Brasil desistiu da disputa), o CAL até aqui venceu as duas partidas que jogou em casa e perdeu as três que disputou fora. Com esse retrospecto, o pessoal esperava uma boa apresentação do time. Mas o Américo, líder com 11 pontos, buscava estragar a festa e confirmar que tem mesmo o melhor futebol da chave. 

Na hora do pontapé inicial, a torcida ficou apreensiva, já que não havia ambulância. A ansiosa espera deu lugar a uma comemoração digna de gol quando o veículo apareceu após 16 minutos de ausência. E essa acabou sendo a única manifestação positiva da torcida local na agradável tarde de sábado. O Lemense não conseguiu se encontrar em nenhum momento do jogo, fazendo com que o pessoal perdesse logo a paciência. 


Lance do jogo entre CA Lemense e Américo, pelo Grupo 3 da Segundona Paulista. Foto: Fernando Martinez. 

E fazer uma partida ruim contra o líder do grupo não é algo muito aconselhável. O Américo não tomou conhecimento do CAL e dominou as ações durante os 90 minutos. Aos 17 do primeiro tempo veio o primeiro gol, em cobrança de pênalti precisa do camisa 7 Yago. O onze local até tentou um abafa na meia hora final do primeiro tempo, mas esbarrou na boa atuação de todo o setor defensivo do time visitante. 


Nesse pênalti, Yago abriu o placar para o Américo. Foto: Fernando Martinez. 


Cobrança de falta para a equipe local. Foto: Fernando Martinez. 

Com o placar apontando a vantagem mínima ao Américo, subi para as cabines de imprensa do Bruno Lazzarini e dali acompanhei o tempo final. Os 45 minutos finais foram perfeitos para a equipe de Américo Brasiliense, pois além de conseguir neutralizar com sucesso as parcas investidas locais, a equipe ainda se mostrou fatal nos contra-ataques. 


O time da casa não fez boa apresentação, e as investidas foram neutralizadas pela zaga ameriliense. Foto: Fernando Martinez. 


Uma disputa particular de quem fazia a careta mais feia durante o jogo. Foto: Fernando Martinez. 

Aos 14 minutos aconteceu o segundo gol. Léo aproveitou que a zaga afastou mal um cruzamento na área e chutou no canto. 11 minutos depois veio o terceiro, num contra-ataque que contou com a participação de todo o setor ofensivo do Américo e conclusão de Yago, marcando seu segundo gol na tarde. Esse gol fez que grande parte dos 363 torcedores que pagaram ingresso fosse embora. 


Ataque local no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 


O Lemense tentou, aqui em mais uma cobrança de falta, mas a tarde não foi das melhores. Foto: Fernando Martinez. 

Para fechar de vez o caixão azul, o onze ameriliense ainda marcou o quarto gol aos 44 minutos na conclusão de Lucas, mais uma vez aproveitando pane coletiva da zaga local. No final, o marcador de CA Lemense 0-4 Américo foi justo, e deixou a equipe do técnico Sérgio Perini mais líder do que nunca do Grupo 3, agora com 14 pontos ganhos. Ao Lemense, que continua na quarta posição com seis pontos, somente duas vitórias nos jogos que restam - contra o Radium fora de casa e contra o Pirassununguense no Brunão - classificam a equipe para a segunda fase. 


Placar final do jogo no Bruno Lazzarini. Agora o CAL precisa de duas vitórias nos dois jogos finais para se classificar. Foto: Fernando Martinez. 

Após o jogo tivemos uma boa conversa com o presidente do Américo, Celso Ferreira de Moura, antes de pegar novamente a estrada, agora com destino à cidade de Matão. Chegamos na Terra da Saudade por volta das 20 horas, e depois de cruzar a cidade de cabo a rabo, conseguimos um hotel para finalmente descansar um pouco. E o local foi escolhido por ser o palco da nossa terceira parada na turnê "Festa do Interior", que aconteceria domingo pela manhã. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário