Procure no JP

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Jabaquara vence o "Clássico das Praias" e é mais líder do que nunca na Segundona

Opa, 

Domingo passado o Campeonato Paulista da Segunda Divisão tinha agendada uma partida que era muito mais do que uma simples peleja válida pela 5ª rodada do certame. Em campo, 195 anos de história, 93 anos de confrontos e um clássico de fundadores da Federação Paulista de Futebol no gramado do Estádio Espanha: Jabaquara x Portuguesa Santista

Não tinha tido a chance de acompanhar esse jogo pelo campeonato de 2011, então minha presença era mais do que obrigatória. Desci até a cidade do litoral junto com o Emerson e o Mílton, e numa agradável viagem, chegamos na casa do Leão da Caneleira faltando muito tempo para o apito inicial. Muitos veículos de imprensa estavam lá e cerca de 600 pessoas pagaram ingresso para curtir o "Clássico das Praias". 


Jabaquara AC - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez. 


AA Portuguesa - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez. 


O árbitro Carlos Roberto dos Santos Júnior, os assistentes Fabrício Porfírio de Moura e Márcio Jacob e o quarto árbitro José Cláudio da Silva posam junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Acredito que na grande maioria dos confrontos entre o Jabuca e a Briosa ao decorrer dos tempos, a equipe de Pinheiro Machado tenha sido considerada favorita antes da bola rolar. Mas dessa vez o amplo favoritismo estava do lado da equipe rubro-amarela, retrato direto das campanhas realizadas no Grupo 7 da Segundona. 

Enquanto o Jabaquara era líder da chave com 10 pontos conquistados de 12 possíveis, a Portuguesa empatou uma vez e perdeu os outros três jogos. Após ficar perto do acesso para a A3 em 2011, a Briosa vem passando um enorme perrengue na Segundona desse ano. Ponto positivo para o time da Caneleira, que vem fazendo um bom trabalho e é um dos times mais organizados do futebol paulista na atualidade. 


Camisa 4 do Jabuca chegando no campo onfensivo. Foto: Fernando Martinez. 

Quando a peleja estava pra começar, surgiu nas arquibancadas o nosso amigo Estevan, agora morador de Santos e que também quis acompanhar mais esse capitulo da gloriosa história dos times. Só que o primeiro tempo não teve muito motivo para comemoração, já que o jogo foi abaixo do esperado. 


Rodrigão sofrendo forte marcação da zaga da Briosa. Foto: Fernando Martinez. 


Bola alçada na área do Leão da Caneleira. Foto: Fernando Martinez. 

Nenhuma das equipes criou claras oportunidades para abrir o marcador e todo mundo ficou concentrado no meio-campo. O forte e inesperado calor para essa época do ano também não ajudou muito para que os primeiros 45 minutos fossem dos melhores. Menos mal que aproveitamos para colocar o papo em dia na linha lateral do gramado. 


Mais uma forte disputa de bola no meio-campo. Foto: Fernando Martinez. 

A etapa inicial terminou como começou, e resolvemos então permanecer no gramado do Espanha para o tempo final, agora acompanhando o ataque jabaquarense. O time local voltou para o campo de jogo melhor, não dando muitos espaços para a Briosa e infernizando a zaga rubro-verde, principalmente com os bons jogadores do sistema ofensivo. 


Rápida ofensiva do Jabaquara pela direita no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 

A pressão do Leão da Caneleira deu resultado aos 16 minutos, quando Thales avançou pela direita e cruzou a pelota na área. O zagueiro Gabriel cabeceou firme e colocou a bola no canto esquerdo do goleiro da Briosa. Aos 30 minutos a Portuguesa ficou com um jogador a menos, e dois minutos depois o camisa 15 Edinho fez um golaço, ampliando a vantagem do Jabuca. Ele driblou alguns atletas da Portuguesa e chutou forte, sem chances para Vinícius fazer a defesa. 


Detalhe do primeiro gol do Jabaquara no jogo contra a Portuguesa Santista. Foto: Fernando Martinez. 


Bola no fundo do gol defendido pelo arqueiro Vinícius: Jabuca 1x0. Foto: Fernando Martinez. 

O jogo estava tranquilo, com o rubro-amarelo jogando fácil, para desespero de todos os torcedores da equipe do Ulrico Mursa. Uma efêmera esperança de um resultado melhor aconteceu aos 45 minutos, quando Victor Sallinas diminuiu o marcador de cabeça. Mas no final, a manhã foi mesmo favorável ao time da casa. 


Comemoração de Edinho com a sua torcida pelo segundo gol do time rubro-amarelo. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Jabaquara 2-1 Portuguesa Santista. A vitória deixou o Leão da Caneleira mais líder do que nunca, agora com 13 pontos conquistados em 15 possíveis. Para se ter uma noção da bela campanha do Jabuca, o vice-líder Mauaense tem cinco pontos a menos do que a equipe santista. Já a Briosa se afunda ainda mais na lanterna da chave com apenas 1 ponto conquistado. Ao final do primeiro turno, a equipe rubro-verde é a segunda pior equipe da Segundona, à frente apenas do Taquaritinga que perdeu os 5 jogos disputados. 




Atletas do Leão da Caneleira celebrando a vitória no "Clássico das Praias" com seus fiéis torcedores. Foto: Emerson Ortunho. 

Ficamos um bom tempo ainda nas dependências do Estádio Espanha após o apito final fazendo compras na simpática lojinha do clube. Ali todos podem adquirir produtos especiais do time rubro-amarelo, inclusive a belíssima camisa oficial que vem sendo utilizada pela equipe em 2012. Já faz parte da minha coleção pessoal. 

Voltamos para São Paulo e passei o restante do domingo no sossego completo, já preparando minha viagem da próxima sexta-feira. Se tudo der certo, teremos posts diretamente de muito longe aqui no JP

Até a próxima! 

Fernando

Um comentário:

  1. Cara, muito interessante o seu Blog.
    Trite por ver a Briosa, nessa situação.
    Lembro dos dias que ela estava na Elite do Paulistão.
    Bons tempos.
    Caro Amigo, possuo um blog futebolistico na Internet, e gostaria que vossa senhoria desse uma olhada, se possível.
    Comecei mês passado, mas eu aqui do interior de SC, fica difícil trabalhar sem fontes.
    Desde já agradecido.
    Parabéns pelo trabalho, abaixo segue o Link do meu blog.

    http://www.notrocardaslinhas.blogspot.com.br/

    Abraço á todos.

    ResponderExcluir