Procure no JP

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Pirassununguense e Américo ficam no empate pelo Grupo 3 da Segundona

Opa, 

Marcado para o domingo, 10 de junho, o jogo entre Pirassununguense e Américo, válido pelo Grupo 3 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, foi adiado em virtude de uma intoxicação alimentar coletiva por parte dos jogadores do CAP. Logo, a peleja, marcada para o Estádio Bellarmino del Nero, fosse remarcada para a tarde da quarta-feira, e como adoro histórias assim, fui até a capital da cachaça acompanhar o duelo. 


Belíssima fachada do confortável Estádio Belarmino del Nero, em Pirassununga. Foto: Fernando Martinez. 

Vale registrar que foi a primeira vez que eu visitei a histórica casa da equipe do interior paulista e apenas o segundo jogo ali em que o JP se fez presente. Em tempo, o time de Pirassununga já não abrilhantava nossas páginas desde 2007, quando apareceu num confronto contra o Lemense na cidade de Leme. Essa viagem, feita pela então "jovem guarda" do blog, rendeu histórias e vídeos clássicos. 

Só que por pouco não perco a caravana até a cidade, já que perdi a hora e só contando com a ajuda dos amigos Paulo Shrek e Sérgio que deu tudo certo. Bom, quase tudo, pois o trânsito impossível da capital bandeirante fez com que a gente chegasse na casa do "Cê-A-Pê" com o jogo já começado. Mas nem teve crise, pois o amigo Luciano Claudino cedeu as fotos dos times posados para nós. 


CA Pirassununguense - Pirassununga/SP. Foto cedida: Luciano Claudino/www.jogolimpo.com. 


Américo EL - Américo Brasiliense/SP. Foto cedida: Luciano Claudino/www.jogolimpo.com. 

Os times fazem parte do embolado Grupo 3 da Segundona junto com Guariba, Lemense e Radium. O time do Américo era vice-líder antes dessa rodada, enquanto o Pirassununguense segurava a lanterna. Mas como três se classificam, todos ainda tem chances. Por jogar em casa, o alvinegro teve mais iniciativa durante todo o primeiro tempo, mas o ótimo público presente perdeu logo a paciência com a inoperância ofensiva da equipe. 


Lance do jogo Pirassununguense x Américo. Foto: Fernando Martinez. 

O Américo jogava na boa, e na base dos contra-ataques conseguiu abrir o placar aos 25 minutos com gol do jogador Leonardo. Em desvantagem, a equipe do CAP tentou chegar à igualdade durante os minutos restantes do primeiro tempo, mas não teve sucesso. Os quase 500 pagantes não curtiram nada e cobraram muito os seus atletas na saída para o intervalo. 


Boa chance para o Américo no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez. 

Nesse intervalo fui então para o campo e logo e após um bom papo com o amigo Luciano, que eu não encontrava há mais de quatro anos, a etapa final começou. E os 45 minutos foram de um futebol bastante pegado no gramado do Bellarmino del Nero. O Pirassununguense voltou um pouco melhor, mas ainda sem brilhar no ataque. 


O Pirassununguense tentou bastante no tempo final, sempre com forte marcação da zaga azul. Foto: Fernando Martinez. 


Ofensiva do CAP pela esquerda. Foto: Fernando Martinez. 

O Américo conseguia se segurar na defesa, mas aos 22 minutos a zaga não teve como cortar um cruzamento vindo da esquerda, e Zinho apareceu livre para encher o pé no meio da área e empatar a peleja. Insistindo bastante no ataque, quase que a virada chegou. Só que o fôlego acabou, e os minutos finais foram todos do onze visitante, que perdeu pelo menos três gols feitos, daqueles que até você faria, por puro preciosismo. 


Bola dentro do gol do Américo no empate do Pirassununguense. Foto: Fernando Martinez. 

No final o jogo terminou mesmo em Pirassununguense 1-1 Américo. Com oito pontos, o time azul continua na vice-liderança um atrás do Guariba, enquanto com cinco, o CAP é lanterna da chave. Faltam três jogos para cada clube, e todos ainda tem chances. 


Zagueiro do Américo desarmando atacante do Pirassununguense. Foto: Fernando Martinez. 


Momento "casa das sombras" em Pirassununga. Foto: Fernando Martinez. 

Continuando em Pirassununga, tivemos o prazer de encontrar totalmente sem querer o campo do Independente Futebol Clube, time da cidade que foi fundado em 1938 e que disputou - e desistiu no meio do certame - a quarta divisão do campeonato paulista em 1977. Fiz várias imagens do local que em breve serão publicadas aqui no JP

Após essa tarde futebolística, voltamos para a capital paulista sem pressa e ainda com tempo de curtir uma trilha sonora que foi de Journey a Nelson Ned e fazer uma merecida boquinha num dos postos de gasolina que são referência pelas estradas do estado. Cheguei em casa ainda em tempo de ver grande parte do clássico Santos x Corinthians pela Libertadores e só fui continuar minha saga em busca do jogo 2000 no sábado. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário