Procure no JP

sexta-feira, 3 de junho de 2005

São Paulo 4-0 Tigres, no Morumbi

Aê rapaziada!

Ontem, devido a inúmeros problemas técnicos, acabei não postando nada sobre o jogo do Tigres. Mas antes tarde do que nunca.

Nem preciso comentar aqui o sofrimento que é chegar no estádio do Morumbi. Praticamente uma via crucis, que desanima qualquer um. Imaginem então ir ao Morumba e o carro em que você está estar com problema. Posso garantir a vocês que foi uma viagem com muita emoção e um certo suspense. E tudo isso levando 1 hora e 40 minutos para chegar lá, num caminho que fazemos (sem trânsito) em 20 minutos.

Tirando essa pequena rusga, após chegarmos foi tudo relativamente tranquilo. Eu e o Mílton ficamos na cadeira amarela, que é no anel central, atrás do gol. Também garanto que é uma das melhores vistas no Morumbi. Lá encontramos o inigualável Jurandyr, o solteiro mais cobiçado do Brasil. (Só um detalhe, metade das catracas do setor não voltavam os ingressos. Para variar eu fui o escolhido com isso e fiquei sem o meu comprovante nominal, e só peguei o ingresso porque o bilheteiro me deu um do bolso dele, com outro nome. As autoridades tem que ficar de olho, o povo tá jogando o Estatuto no lixo).

Todos sabem do meu sentimento pelo time do Morumbi, então dá para imaginar como fico no meio dos torcedores gritando e cantando o hino desse clube. Mas o que vale mesmo é a Lista, e a nossa paixão pelo futebol é sem tamanho, então tudo pelo social.


Visão geral do Morumbi com um belo público, como sempre o São Paulo tem na Libertadores. Foto: Fernando Martinez.

O jogo já foi esmiuçado por toda a imprensa: O Tigres não fez nada em campo, o São Paulo acabou com o jogo, e poderíamos ter visto uma partida histórica (mais do que foi) para o goleiro Rogério Ceni. Se ele faz o gol de penal, acredito que seria a primeira vez que um goleiro faria três gols no mesmo jogo. Apesar de não ser são-paulino, e de não ir muito com a cara dele, tenho que admitir, o cara é um ícone mesmo. Tal carisma e empatia com a torcida não existe em nenhum outro lugar. E é só o cara começar a se dirigir para o local da falta, que todos já sabem que será gol.


Ataque do SP no primeiro tempo, no fundo a arquibancada mais do que lotada. Foto: Fernando Martinez.

É isso, São Paulo classificado para as semi-finais (ou alguém acredita que ele será eliminado?). Nesse jogo, bati um recorde pessoal do Clube. Em 2005, foi o sétimo jogo de Libertadores que assisti, e consegui ver cinco times novos (Tacuary (PAR), Quilmes (ARG), Independiente Medellín (COL), Bolívar (BOL) e Tigres (MEX) ). Se bobear, ainda verei o sexto, pois o Guadalajara está com a mão na vaga da semifinal. E o Santos deve passar pelo Atlético-PR !

Hoje tem mais Série B do Brasileiro e amanhã mais A2 e talvez um sub-17. Fiquem ligados!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário