Procure no JP

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Palmeiras bate o Flamengo em grande jogo pelo Brasileiro sub-20

Texto e fotos: Fernando Martinez


A semana passada foi a mais especial do ano, afinal, não é todo dia que fazemos aniversário. As tabelas coincidiram e pude comemorar a data com uma série de cinco partidas marcadas de quarta até o domingo. O início da jornada foi no Allianz Parque com a quinta rodada do Campeonato Brasileiro sub-20 na pauta. Em campo, duelo de forças na categoria nos últimos anos: Palmeiras x Flamengo.

O alviverde ainda estava invicto com três vitórias e um empate nas quatro jornadas iniciais. O Fla estava com 100% de aproveitamento até o penúltimo fim de semana, mas foi derrotado em casa pelo bom time do Grêmio. Aliás, o nível do torneio está bem alto com vários candidatos postulando o título. O atual campeão é o Atlético Mineiro, que está na sétima colocação.



Times nos seus respectivos campos momentos antes do apito inicial e a imagem oficial dos capitães com o quarteto de arbitragem

Direto das cabines da casa palmeirense vi confortavelmente instalado uma bela partida de futebol. Bastante emoção, chance dos dois lados, atletas inspirados: aquele tipo de peleja que dá gosto de ver. Nos primeiros 15 minutos, duas oportunidades de cada lado. Do Palmeiras, as duas saíram do pé e da cabeça de Gabriel Silva, o grande destaque da equipe. Do Fla, uma de Lázaro, campeão mundial sub-17 em 2019, defendida à queima-roupa por Mateus e a outra em um tiro de longe.

O equilíbrio era a tônica, só que os donos da casa foram melhores na hora de concluir. Aos 17, Garcia cruzou na cabeça de Gabriel Silva e o atacante testou firme. Aos 30 o camisa 7 fez as vezes de garçom e lançou Jhonatan em profundidade. O camisa 10 saiu na cara de João, driblou o arqueiro e tocou com o gol aberto. Nos minutos finais o Flamengo foi melhor e por pouco não diminuiu. Lázaro quase fez aos 39 e Daniel Cabral assustou em tiro de longe.

No tempo final o Fla retornou ao gramado sintético com o ânimo em dia. Não demorou para que Lázaro, o maior nome visitante, fizesse o primeiro de cabeça aproveitando levantamento de Luan. A partir daí, os atletas do Rio de Janeiro ocuparam o campo de defesa local criando um monte de chances. Restou ao Palmeiras se defender bem e tentar a sorte no contra-ataque.

O Fla desperdiçou um rol de bons lances que faço questão de enumerar: Ramon em finalização de longe aos 22, Mateus espalmando chute cruzado de Thiaguinho aos 23 e Daniel Cabral em vacilo do arqueiro paulista no minuto seguinte. Aos 38 o melhor momento quando Ryan Luka cabeceou e a bola tinha endereço certo, porém a zaga alviverde salvou em cima da linha. Daniel Cabral aos 44 tirou tinta da trave e aos 47 Thiaguinho acertou um tirambaço que a zaga desviou.

Foi uma pressão insana do escrete rubro-negro, mas perder um caminhão de gols, ainda mais contra um adversário qualificado como o atual tetracampeão paulista, nunca é uma opção muito boa. Quando o relógio marcava 49 minutos, o time local encaixou um contragolpe perfeito. Vitinho seguiu pela esquerda e tocou até Gabriel Silva. O camisa 7 tocou rasteiro e fez o terceiro tento. Estrela, apenas isso.








Palmeiras e Flamengo fizeram um jogo muito bom no gramado do Allianz Parque. Natural para duas equipes com trabalhos bons no sub-20 nas últimas temporadas

Fim de jogo: Palmeiras 3-1 Flamengo. O verde chegou aos treze pontos junto com Vasco da Gama, Botafogo e São Paulo. O clube da Zona Oeste era o quarto colocado nos critérios de desempate. O Fla manteve o sexto lugar, quatro pontos atrás dos líderes. Campeonato com nível alto é assim mesmo.

Voltei ao QG da Zona Oeste já com a cabeça na quinta-feira, dia em que completei nova primavera. Aproveitando a deixa, fiz questão de acompanhar o único joguinho na região in loco... pena que não quiseram me presentear com mísero golzinho.

Até lá!

_____________

Ficha Técnica: Palmeiras 3x1 Flamengo/RJ

Local: Allianz Parque (São Paulo); Árbitro: Flávio Roberto Ribeiro/SP; Público e renda: Portões fechados; Cartões amarelos: Otavio, Noga, Pedro Arthur; Cartão vermelho: Márcio Torres (AT-F) 20 do 1º; Gols: Gabriel Silva 17 e Jhonatan 30 do 1º, Lázaro 8 e Gabriel Silva 49 do 2º.
Palmeiras: Mateus; Garcia, Henri, Michel e Vanderlan (Vitor Hugo); Yago Santos (Fabinho), Pedro Bicalho (Vitinho) e Jhonatan (Naves); Gabriel Silva, Newton e Kevin (Marino). Técnico: Wesley Carvalho.
Flamengo/RJ: João Fernando; Luan (Peralta), Noga, Otavio e Ramon; Igor Jesus (André), Daniel, Thiago e Lázaro; Yuri (Pedro Arthur) e Ryan (Werton). Técnico: Luiz Felipe.
._________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário