Procure no JP

sábado, 24 de julho de 2021

Oeste empata com o Paraná e segue sem vitórias na C

Texto e fotos: Fernando Martinez


Na noite de sexta-feira voltei à Arena Barueri em nova cobertura no Campeonato Brasileiro da Série C, um confronto de ameaçados entre Oeste e Paraná Clube. O rubro-negro é o lanterna do Grupo B sem nenhum triunfo e o tricolor é o penúltimo colocado, um ponto atrás do São José, primeiro time fora do Z2.

Há exatos seis meses eu vi o último encontro dos dois pela Série B (1x0 a favor dos paulistas). O cenário agora não é tão diferente: Oeste com a pior campanha e o Paraná tentando escapar da queda. A diferença em janeiro era que estávamos na penúltima rodada da B,e o 1x0 a favor dos paulistas rebaixou o tricolor. Após fazer uma ótima A2 no estadual, o Rubrão está passando vergonha na C e caminha a passos largos em direção a novo rebaixamento.

Novamente com o estádio vazio, acompanhei a peleja praticamente sozinho na arquibancada superior e confesso que não foi tão ruim quanto eu imaginava. Não que tenha sido uma maravilha, pelo contrário, mas ganhou uma nota cinco e meio e passou de ano raspando. Outra coisa legal foi que o Oeste atuou de branco, então vi o Paraná com seu uniforme tradicional depois de muitos anos.

Foi a equipe visitante a primeira a assustar antes da volta inicial do ponteiro do relógio. A bola foi cruzada da direita e Adriano Júnior chutou forte por cima. Só que o Oeste deu o troco aos seis com bom cruzamento de Marcinho e testada firme de Kalil, abrindo o marcador. Os paulistas não tinham saído em vantagem nas oito partidas anteriores.



O lance do gol e a comemoração de Kalil. O Oeste saía na frente do Paraná Clube




Detalhes do primeiro tempo de Oeste x Paraná

Os paranaenses tiveram mais posse, porém não chegaram perto de deixar tudo igual. O Oeste ficou na boa e só teve um novo momento bom em cabeçada de Tite aos 30 minutos. Foi com o triunfo parcial pela contagem mínima que o duelo chegou ao intervalo. Na etapa final o Paraná emplacou uma boa reação e quase alcançou o empate na primeira chance. Os visitantes encurralaram os locais e empataram aos 16 com o gol de cabeça do glorioso Vinicius Guarapuava.

O 1x1 animou os atletas e o jogo melhorou bastante. O Paraná foi bem mais perigoso do que o escrete da casa e David, goleiro barueriense, se tornou o personagem da noite. O arqueiro fez grande defesa em tiro de Silas aos 37 e foi preciso aos 40 quando Kriguer finalizou com perfeição. A pelota ainda tocou na trave antes de se perder pela linha de fundo. O Oeste respondeu aos 44 quando Kalil arriscou e Bruno Grassi defendeu com estilo.





No segundo tempo o Paraná foi com tudo em cima do empate


Nesse lance o clube visitante chegou à igualdade... mas ficou por isso mesmo

O resultado de Oeste 1-1 Paraná Clube não foi legal para nenhum dos dois. O Rubrão segue afundado na lanterna e tem o segundo turno para tentar se salvar da desgraça. Após ter começado 2021 na Série B, pode terminar o mesmo ano na quarta divisão. O tricolor luta contra o São José e está ameaçadíssimo.

Retornei ao lar na base da correria pois, como todo mundo sabe, a Olimpíada de Tóquio começou e agora terei duas semanas insanas vendo tudo possível já que tempo livre não falta (infelizmente). Voltei aos campos só no domingo com bom confronto do Brasileiro sub-20.

Até lá!

_____________

Ficha Técnica: Oeste 1-1 Paraná Clube

Local: Arena Barueri (Barueri); Árbitro: Marco Aurélio Ferreira/MG; Público e renda: Portões fechados; Cartões amarelos: Reis, Fabiano Gonçalves (PF-P), Marcinho, Victor Lisboa; Gols: Kalil 7 do 1º, Vinícius Guarapuava 17 do 2º.
Oeste: David; Marcinho, Victor Lisboa, Sandoval (Júnior Alves) e Davi; Alison, Tite (Kauã Jesus), Bruno Miguel (Zeca) e Léo Ceará (De Paula); Kalil e Luizinho. Técnico: Sérgio Alexsandro.
Paraná Clube: Bruno Grassi; Alex Murici, Jonathan Costa, Vinícius Guarapuava e Danilo; Moisés Gaúcho, Kriguer e Adriano Júnior (Lucas Sene); Gustavo França (Eberê), Reis (Ruan) e Gustavinho (Sillas). Técnico: Jorge Ferreira.
._________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário