Procure no JP

sábado, 21 de novembro de 2020

Barcelona se despede de 2020 sem nenhuma vitória na Segundona

Texto e fotos: Fernando Martinez


O enxutíssimo Campeonato Paulista da Segunda Divisão chegou ao final da sua primeira fase na quarta-feira. Algumas equipes disputavam vaga nas oitavas e teve muita emoção espalhada pelos gramados do estado. Bom, não foi esse o caso de Barcelona x Mauaense, o confronto de eliminados do Grupo 7. Ambos já não tinham nada a fazer e se despediram melancolicamente de 2020 no Estádio Nicolau Alayon.

O time de Mauá esteve entre os três primeiros da chave por sete rodadas. Tudo parecia bem encaminhado, porém a derrota para o Jabaquara no dia 11 de novembro junto com a campanha de recuperação plena do Ska Brasil significou a eliminação com uma rodada de antecedência. Depois da boa campanha de 2017, é a terceira vez seguida que são eliminados ainda na fase inicial. Coincidentemente (ou não), nesses três anos o novíssimo Mauá FC sempre passou de fase.

Já o Barcelona... bom, falar o quê da campanha do Elefante? Claro que a pandemia deve ser levada em conta e o fato que o maior troféu é estarem na ativa. Agora, é fato que a performance foi horrível. Chegaram na rodada final com um ponto conquistado em sete rodadas perigando ser a primeira temporada sem nenhum triunfo dentro das quatro linhas na sua curta história de 11 participações no estadual. Além disso, estava em jogo a manutenção do tabu de nunca ter vencido na Comendador Souza, local utilizado em 2015, 2017 e 2020 (além de uma partida isolada em 2009). Até o duelo de quarta contabilizavam quatro empates e 16 derrotas no histórico.



Barcelona e Mauaense indo a campo para o amistozaço da rodada final da primeira fase da Segundona. Na segunda foto, capitães e quarteto de arbitragem

Apesar do caráter amistoso eu esperava um joguinho pelo menos razoável. O fato de o calor do começo da semana ter sumido e um frio inesperado ter pintado fez que o trajeto até a casa do Nacional AC ficasse muito agradável. Como aquela famosa garoa chegou ao estádio junto comigo me abriguei na cabine de som e fiquei ali numa relax, numa tranquila, numa boa, apreciando os 90 minutos da peleja.

Não foi um jogo bom, longe disso. Também não foi um horror total, sejamos justos. O Barcelona começou um pouquinho melhor e não demorou para o Grêmio deixar tudo equilibrado. Aos poucos os atletas visitantes foram chegando com perigo dentro da área paulistana. Só que foi o Elefante que abriu o marcador aos 42 da etapa inicial - meio sem querer, é verdade - com uma cabeçada de André Luís que subiu demais e matou o goleiro do Mauaense.





Lances da etapa inicial de Barcelona x Mauaense


Vinicius Yakult desperdiçando grande momento de perigo a favor dos visitantes


André Luís comemorando o gol que abriu o placar a favor do Barcelona

Nos últimos 45 minutos o onze da Grande São Paulo teve o domínio ofensivo e o Barça conseguiu segurar sua vantagem por pouco tempo pois Chrismar, aos 13, deixou tudo igual. A Locomotiva buscou a virada, enquanto os locais apenas se defenderam. Por falta de qualidade ofensiva, o Grêmio não foi capaz de se despedir da Segundona com um triunfo.





No segundo tempo o jogo caiu bastante. Ainda assim, o Mauaense chegou ao empate

O resultado de Barcelona 1-1 Mauaense não mudou nada a classificação de ambos no final da disputa do Grupo 7. O campeão da terceirona de 1985 se manteve em quarto com 10 pontos e o Elefante em último com dois, ostentando a terceira pior campanha do certame. Também, como disse no começo do post, foi a primeira vez que encerraram um torneio estadual sem nenhuma vitória. Até hoje, foram apenas 26 triunfos num total de 146 compromissos. Resta torcer para jogarem em 2021.

Não duvido que esta tenha sido a última cobertura na Segundona em 2020. Como a agenda no restante de novembro e dezembro estará bastante espremida e com poucos times de perto no mata-mata provavelmente não terei espaço na programação. De qualquer forma não ficarei fora dos campos, pois tem muita coisa rolando. Tanto que no dia seguinte já estava a postos de novo com um encontro sensacional pelo Brasileiro de Aspirantes na Fazendinha.

Até lá!

_________________________

Ficha Técnica: Barcelona 1-1 Mauaense

Local: Estádio Nicolau Alayon (São Paulo); Árbitro: Guilherme Francisco Rosário; Público e renda: Portões fechados; Cartões amarelos: Caíque Pereira, Felipe, Danilo, Gabriel Vinicius, Vinicius; Gols: André Luís 42 do 1º, Chrismar 13 do 2º.
Barcelona: Vítor; Lucas (Vítor Hugo), André Luís, Danilo e Caíque Pereira; Klayve, Guilherme, João Victor (Johnny) (Higor) e Caíque Souza; Felipe (Alex) e Danilo Gomes (Gérson). Técnico: Adauto Marinho Jr.
Mauaense: Matheus (Gabryel); Thiago Lima, Vinicius, Leonardo Braz e Wender; Gabriel Santos (Gabriel Vinicius), Thiago Silva (Maycon) e Vinicius Yakult; Cleiton, Chrismar e Guilherme Martins (Bruno Brenner). Técnico: Tássio Ferreira.
_____________

Nenhum comentário:

Postar um comentário