Procure no JP

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Criciúma segura o empate e elimina o Corinthians na Copa do Brasil Sub-20

Opa,

Num dia e horário insólitos, segunda-feira à tarde, o Corinthians recebeu o Criciúma na Arena Barueri buscando um quase "milagre" em busca da classificação para a segunda fase da Copa do Brasil Sub-20. Bendita seja a televisão, principal (e única) responsável pela alteração da peleja da cidade de Americana até a Grande São Paulo.


SC Corinthians P (Sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.

No jogo de ida, o alvinegro tomou uma sapecada monstro e foi derrotado por surpreendentes 4x1. Confesso que me assustei quando vi o placar, mesmo sabendo que o Timão, tirando as campanhas na Copinha, vai muito mal em torneios de juniores. Basta ver que desde 1980, apenas em 1997 o time foi campeão estadual da categoria.


Criciúma EC (Sub-20) - Criciúma/SC. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times junto ao árbitro Robério Pereira Pires e as assistentes Maiza Teles Paiva e Renata Ruel de Brito. Foto: Fernando Martinez.

Precisando vencer por três gols de diferença, o time do Parque São Jorge foi incapaz de criar uma chance clara de gol na maior parte do jogo. O time catarinense jogou só na boa e neutralizou facilmente os afobados e desastrados ataques locais. Prato cheio para os amigos Ricardo e Colucci, ambos secando o Timão, se deliciarem com a fraca apresentação alvinegra.


Zaga do Criciúma neutralizando mais um ataque corintiano. Foto: Fernando Martinez.

Para piorar, a única chance real de gol no tempo inicial foi do Criciúma. Um dos atacantes do time apareceu livre na área, mas o goleiro Matheus Santos fez um milagre e impediu o gol visitante. Na saída dos vestiários, 45 minutos muito abaixo da crítica e um murcho 0x0 no placar.


Ataque local pela direita. Foto: Fernando Martinez.


Bola levantada na área catarinense. Foto: Fernando Martinez.

Na volta para o segundo tempo, o Corinthians fez uma pequena blitz e em cinco minutos criou mais do que no primeiro tempo inteiro. O goleiro David Rambo atuou com a faca nos dentes e não deixou o time paulista abrir o marcador. Depois da efêmera pressão, o jogo voltou ao marasmo.


A melhor chance do primeiro tempo foi do Criciúma, mas Matheus Santos fez milagre. Foto: Fernando Martinez.


Nesse lance quase saiu o primeiro gol do Corinthians. Foto: Fernando Martinez.

Somente nos minutos finais os corintianos acordaram e passaram novamente a ocupar a área do adversário. Por três vezes o zero ficou muito próximo de sair do marcador. A principal oportunidade foi num chute de Brayan que bateu na trave. Como não era dia do alvinegro, a peleja terminou como começou.


Atacante paulista encarando a zaga adversária. Foto: Fernando Martinez.


O time da casa tentou, mas o Criciúma foi mais capaz e levou a vaga. Foto: Fernando Martinez.

O placar de Corinthians 0-0 Criciúma classificou o onze catarinense para enfrentar o Cruzeiro na segunda fase do certame. O Mosqueteiro agora concentra forças na disputa da segunda fase do estadual da categoria, buscando uma vaga entre os 16 melhores times paulistas.

Apesar de ter jogo na capital na terça-feira, voltei ao batente pelo JP somente na quarta, numa rodada dupla que teve Segundona e outro jogo da Portuguesa pelo Brasileirão 2013.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário