Procure no JP

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Juventus perde a invencibilidade no Paulista sub-20

Opa, 

Já fazia tempo que estava na programação acompanhar um jogo do Campeonato Paulista sub-20 da 1ªdivisão, mas a agenda lotada de jogos da Segundona, que sempre é prioridade, não dava nenhum espaço para isso. No domingo à tarde finalmente a programação deu certo e, ainda na pausa pessoal nos Jogos Olímpicos, fui para a Rua Javari ver o duelo entre Juventus e São Caetano pela primeira rodada do returno do Grupo 6. 

Invicto no primeiro turno e fazendo uma boa campanha, o Moleque Travesso busca voltar aos dias de glória na categoria. Bi-campeão paulista da primeira divisão de juniores em 1984/85, o time tem grande tradição na competição, mas nos últimos anos não tem feito um papel digno da sua história. Com o astral em alta nesse ano, o pessoal grená espera que a equipe possa ir longe. 

Só que os times do ABC que fazem parte da chave (São Caetano, Santo André e São Bernardo FC) estão sendo uma espécie de "asa negra" da equipe paulistana até aqui. Os três empates juventinos foram justamente contra os times da região, e o Azulão contava com esse retrospecto para fazer um bom papel no Estádio Conde Rodolfo Crespi

Tive a companhia do Mílton nessa jornada, e depois de fazer um belo passeio no centro de São Paulo, chegamos na Javari no sossego e logo fui fazer as exclusivas imagens oficiais. 


CA Juventus (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


AD São Caetano (sub-20) - São Caetano do Sul/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem da partida e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Me desloquei até o "gol das goiabas" da Javari e dali vi todo o tempo inicial junto ao ataque grená. Apesar do frio e de ser um verdadeiro "jogo-fantasma" que tanto adoramos, uma figura ilustre também estava presente no mesmo local. Um perdido Marcelinho Carioca deu o ar da graça no templo para acompanhar um joguinho do seu filho Lucas, camisa 18 do Azulão. Mas para tristeza do astro, o rapaz só entrou aos 41 do segundo tempo. 


Dois detalhes de Marcelinho Carioca na Javari: Primeiro vendo o jogo com muita atenção e depois fazendo uma foto com um fã. Fotos: Fernando Martinez. 

E para a alegria do "pé de anjo", quem foi mais eficiente no primeiro tempo foi justamente a equipe defendida pelo seu rebento. Apesar de ver o Juventus jogar melhor e criar muitas oportunidades de gol, foi o Azulão quem chegou aos 2x0. Os dois tentos foram marcados pelo camisa 9 Jô Fernandes, o primeiro - um golaço de letra - aos 8 e o segundo aos 27. Nos dois lances, falhas do goleiro local. 


Bola chutada pelo ataque grená que tirou tinta da trave. Foto: Fernando Martinez. 


Marcação firme da zaga do Azulão. Foto: Fernando Martinez. 

O Moleque Travesso diminuiu logo após o time azul fazer o segundo, numa cabeçada de Douglas no canto direito. Completando o domingo ruim para os "guarda-metas", mais uma vez o lance contou com falha do arqueiro. Independente de tudo, foi um ótimo primeiro tempo, e que terminou com o 1x2 estampado no placar eletrônico da Javari. 


Segundos depois dessa foto, o camisa 9 faria o primeiro gol grená na peleja. Foto: Fernando Martinez. 


Molecada presente na Javari tomando conta e tocando a zona no placar eletrônico do estádio. Foto: Fernando Martinez. 

Como não tinha almoçado, levei alguns salgadinhos na mochila e resolvi fazer uma boquinha durante toda a etapa final devidamente postado nas cabines de imprensa. Entre uma mastigada e outra, o jogo voltou num ritmo ainda muito bom. 


Outra jogada na linha de fundo. Foto: Fernando Martinez. 


Bola que o Moleque Travesso cruzou na área do São Caetano. Foto: Fernando Martinez. 

Os grenás continuavam melhores e chegavam com mais perigo dentro da área adversária. Só que o gol não saiu, e pra piorar ainda mais as coisas para o Juventus, o São Caetano chegou ao terceiro aos 25. Após um rápido contra-ataque pela esquerda, um dos atacantes do Azulão chutou forte e o arqueiro local deu rebote. Dênis então apareceu livre para encher o pé e ampliar a vantagem do onze visitante. 



Chute de jogador do São Caetano pela esquerda, e na foto seguinte Dênis saindo para comemorar seu gol enquanto a pelota ainda estufava as redes. Fotos: Fernando Martinez. 

Sem esmorecer, o onze paulistano perseguiu o gol incessantemente, mas o toque final era falho. Somente aos 44, nos pés do camisa 16 Pedro, o time fez o segundo. Só que já era tarde demais. Final de jogo: Juventus 2-3 São Caetano. A equipe grená continua na vice-liderança com 12 pontos, agora seguida de perto pelo Santo André com 11 e o próprio Azulão com 10. O líder da chave é o Santos, com 13 e um jogo a menos. 

Saí rapidinho da Javari para ir logo para casa, afinal, precisava me atualizar com as notícias dos Jogos Olímpicos de Londres. Para essa semana pretendo estar em campo para alguns jogos da terceira fase da Segundona Paulista (isso se a Olimpíada permitir...) 

Abraços! 

Fernando

Um comentário:

  1. Eu sou o rapaz que tá tirando foto de um amigo com o Marcelinho Carioca, gostaria muito dessa foto haha!

    ResponderExcluir