Procure no JP

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Esquadrão Calunga vence o Jaboticabal e coloca um pé na quarta fase da Segundona

Salve amigos! 

Depois de uma semana de trabalho e retorno das aulas, não tive pique pra repetir a rodada tripla da semana passada, e desisti de acompanhar jogos do sub17 e sub20 no sábado e concentrei minhas forças e atenções na partida de domingo, em Mansueto Pierotti. São Vicente AC e Jaboticabal Atlético se enfrentaram pela Segundona, na reta final da terceira fase. 

As duas equipes entraram em campo bastante motivadas. Não bastasse as chances reais de classificação, dentro de campo, uma provável punição ao Tupã (cujo julgamento marcado para a última segunda-feira foi adiado) aproximava ainda mais as equipes da fase final, em caso de vitória. 


São Vicente AC - São Vicente/SP. Foto: Estevan Mazzuia. 


Jaboticabal A - Jaboticabal/SP. Foto: Estevan Mazzuia. 


Arbitragem, comandada por Carlos Roberto dos Santos Jr., auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira e Vítor Carmona Metestaine, com os capitães Flávio (SVAC) e Marcelo (JA). Foto: Estevan Mazzuia. 

O jogo da semana passada deixou claro que o São Vicente teria condições de vencer, pois a derrota por 2 a 0 não refletiu o futebol dentro de campo. Com essa confiança, os meninos da primeira cidade foram pra cima e abriram o placar aos 3 minutos. Diogo cobrou lateral do lado direito, Natan resvalou de cabeça e Waguininho deslocou a bola rasteira para o fundo das redes. 


Detalhe do primeiro gol vicentino. Foto: Estevan Mazzuia. 

Nas últimas partidas em casa, o São Vicente tinha tido grandes dificuldades pra marcar na primeira etapa, apesar do volume de jogo. O gol precoce era uma situação nova, que não fez o time recuar. Aos 20 minutos, Luciano Lino recebeu na direita e bateu cruzado acertando a trave direita de Juninho. 


Detalhe da tentativa de Luciano Lino, finalizada na trave. Foto: Estevan Mazzuia. 

O Jaboticabal chegou perto do gol vicentino apenas na metade da primeira etapa. Matão mandou um pombo sem asas da entrada da área, obrigando Cléber Diego a fazer bela defesa. 


Visão panorâmica da partida, com excelente público em manhã ensolarada. Foto: Estevan Mazzuia. 

Aos 27 minutos o São Vicente esteve perto de ampliar. Waguininho, o artilheiro do time, fez uma boa jogada pela esquerda e cruzou para Dodô, que acertou o ângulo esquerdo de Juninho. O arqueiro salvou o Atlético com uma bela defesa. 


Lance da primeira etapa. Foto: Estevan Mazzuia. 

No minuto final da primeira etapa, uma baixa nos anfitriões: Magno sentiu contusão e foi substituído por esquerda. A vitória parcial era merecidíssima pelo São Vicente. O Tigre de Atenas voltou mais elétrico para a segunda etapa, e fez em 5 minutos o que não fez em todo o primeiro tempo, com boas chances desperdiçadas pelo presidente –centroavante Leandro, e por Matão. 


Um dos poucos ataques do Esquadrão de Aço na partida. Foto: Estevan Mazzuia. 

Logo o onze Marquês se reencontrou na partida. Aos 10 minutos, esquerda desceu rápido por “seu” lado do campo, e cruzou para Waguininho. Juninho fez mais uma bela intervenção, indo buscar a bola em seu ângulo esquerdo. 


Lance da segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia. 


Torcida do Feitiço fez marcação cerrada no bom goleiro Juninho durante toda a partida. Foto: Estevan Mazzuia. 

Aos 28 minutos, Marcelo arriscou um chute de longe, quase junto da lateral esquerda, e surpreendeu Juninho, levando a loucura a torcida vicentina. 

O merecido segundo gol saiu aos 31 minutos. O treinador Cristiano Troisi chamou Esquerda durante o atendimento médico de um jogador, e pediu que o jogador se aproveitasse da cobrança de falta para alçar a bola na área. Pedido atendido, pelota na cabeça de Márcio que, de cabeça, anotou o segundo gol dos anfitriões. 


Detalhe do segundo gol da partida. Foto: Estevan Mazzuia. 


Confusão ao término da peleja. Foto: Estevan Mazzuia. 

Não havia mais nada a ser feito. Houve tempo apenas para uma confusão generalizada aos 44 minutos, após Matão levar o segundo amarelo e deixar o Time da Marechal com dez em campo. 

Fim de jogo, São Vicente 2x0 Jaboticabal. O São Vicente só precisa vencer o Tupã quarta-feira pra avançar na competição. Em caso da esperada punição ao Tricolor da Alta Paulista, o empate será suficiente. O Jotão torce muito por essa punição. Com apenas 3 pontos em quatro jogos, é a única situação que o salvaria da eliminação precoce. 


Curiosidade: Leandro Fonseca, centroavante e presidente do Jaboticabal, ao lado do treinador e seu irmão, Rodrigo Fonseca. Foto: Estevan Mazzuia. 

Foi isso! 

Abraços 

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário