Procure no JP

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Tubarão mata a Águia e ressurge na briga pelo acesso

Salve amigos! 

Aproveitando uma bem-vinda brecha em minha agenda profissional, estive em Guarujá na última quarta-feira, pra acompanhar partida válida pela segunda rodada da terceira fase da nossa querida Segundona no Estádio Antônio Fernandes. Mais uma vez enfrentei a fantástica balsa, pra acompanhar a AD Guarujá diante do Américo EC. Depois de cumprimentar o pessoal sempre simpático, parti para a execução das fotos oficiais da partida. 


AD Guarujá - Guarujá/SP. Foto: Estevan Mazzuia. 


Américo EL - Américo Brasiliense/SP. Foto: Estevan Mazzuia. 


Arbitragem, comandada por Luciano Monteiro dos Santos, auxiliado por Vitor Carmona Matestaine e David Botelho Barbosa. Capitães Luizinho (ADG) e Rafael (AEC). Foto: Estevan Mazzuia. 


Foto panorâmica da partida. Foto: Estevan Mazzuia. 

As duas equipes precisavam de uma vitória para se recuperar, visto que o anfitrião perdera fora na estréia, e os visitantes não passaram de um empate em casa. Nos primeiros 10 minutos a ADG foi melhor, mas o Américo mostrava suas garras sempre que o Tubarão recolhia a guarda. 


Confusão na área do Américo nos primeiros movimentos da partida. Foto: Estevan Mazzuia. 

A primeira meia hora foi bastante movimentada, apesar do forte calor, mas houve poucas chances efetivas de abertura do placar. A essa altura, o Américo tinha mais posse de bola e domínio da partida, mas não conseguia chegar ao gol adversário. 


Juari (11) observa William (10) saindo para o jogo. Foto: Estevan Mazzuia. 


Tarde quente de inverno em Antônio Fernandes. Foto: Estevan Mazzuia. 

Na raça, o Gigante da Ilha foi pra cima, e conseguiu um gol no erro do adversário. Um erro de passe no meio campo foi o que o Guarujá precisava pra armar uma jogada fatal: chuveirinho na área para a cabeçada de Ygor Mineiro, subindo mais alto que todo mundo e balançando as redes. 


Público fraco em uma desnecessária rodada de meio de semana. Foto: Estevan Mazzuia. 

Ainda no primeiro tempo, o onze visitante perdeu Robinho, que saiu com suspeita de fratura no tornozelo esquerdo. A segunda etapa teve o reinício retardado, para o aguardo do retorno da ambulância. 


Robinho deixa o estádio de ambulância. Foto: Estevan Mazzuia. 

E logo na primeira jogada, o Tubarão ampliou. Wiliam bateu da entrada da área, a bola desviou no zagueiro e tirou o capitão Rafael completamente da jogada, ampliando a vantagem anfitriã. 


Lance do segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia. 

Em desvantagem, o Américo foi pra frente, se aproveitando do espaço cedido pelo Guarujá, a despeito da ordem do treinador Álvaro Gaia para que a equipe não recuasse. O jogo seguiu bastante nervoso e violento, com mas investidas do Américo, e o Guarujá se arriscando em perigosos contra-ataques. 


Com 2x0 no placar, ADG passou a se defender muito mais. Foto: Estevan Mazzuia. 


Jogo nervoso e brigado em Guarujá. Foto: Estevan Mazzuia. 

Aos 40 minutos, Lopez derrubou Wallace dentro da área, Iago cobrou o pênalti no canto direito do arqueiro Geison, diminuindo para os visitantes. 


Detalhe do pênalti convertido por Iago, observado pela Estátua da Liberdade (cuja sombra pode ser vista no canto inferior esquerdo da foto). Foto: Estevan Mazzuia. 


Momentos finais da partida. Foto: Estevan Mazzuia. 

Aí a Águia foi para o abafa, e até o arqueiro Rafael subiu ao ataque para tentar o gol de empate. Houve tempo para o Américo perder Hudson, expulso pelo segundo amarelo, e foi só. Fim de jogo, Guarujá 2x1 Américo, resultado que recoloca a ADG na briga, e deixa muito complicada a situação do Américo, num grupo que tem um dos favoritos ao título, o Novorizontino. Ou seja, Guarujá e José Bonifácio saltaram na frente do Américo na briga pela segunda vaga do grupo. 

Foi isso. 

Abraços, 

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário