Procure no JP

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Grêmio Mauaense vira pra cima do Sumaré fora de casa pela Segundona

Olá, 

Depois de quase três meses ausente dos gramados, no último sábado, voltei a viajar para o interior paulista, indo até a simpática cidade de Sumaré, na região de Campinas, com o objetivo de conferir tudo o que rolou na partida Sumaré A.C. x G.E. Mauaense, válida pela quarta rodada da terceira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O palco da partida foi o Estádio Vereador José Pereira

A partida escolhida, colocou frente à frente o líder do grupo, o Sumaré,com 6 pontos, contra o 3º colocado, o Grêmio Mauaense com 3. Vale ressaltar que o grupo apresentava uma total indefinição quanto às tendências de classificação, uma vez que os outros dois times do grupo (Joseense e Fernandópolis) tinham 2 e 4 pontos respectivamente. Portanto, qualquer ponto conquistado era de fundamental importância na briga por uma das duas vagas à quarta e decisiva fase da competição. 

Saí de São Paulo, indo até Campinas para encontrar o amigo Luciano Claudino, criador do ótimo site Jogo Limpo (www.jogolimpo.com), parceiro do JP. De lá rumamos até Sumaré em mais 20 minutos de viagem, tendo chegado com tempo suficiente para obter as duas escalações e também preparar os esquema das fotos oficiais da partida, sempre uma cortesia aos amigos internautas que nos acompanham. As tais fotos estão apresentadas abaixo: 


Sumaré A.C. - Sumaré/SP. Foto: Orlando Lacanna. 


G.E. Mauaense - Mauá/SP. Foto: Orlando Lacanna. 


O árbitro Luiz Vanderlei Martinucho, os assistentes William Rogério Turola e Mauro André de Freitas e o quarto árbitro Rafael Emilio Acerra posam junto com os capitães dos times. Foto: Orlando Lacanna. 

Desde o início, o equilíbrio foi a marca registrada da partida, com as duas equipes mostrando a mesma disposição, com muita marcação e tentativa de sair ao ataque em velocidade. Entretanto, as duas defesas não permitiam grandes avanços dos ataques, que procuravam alçar bolas para o interior das áreas, porém os zagueiros prevaleceram. 


Zaga do Grêmio Mauaense interceptando uma das jogadas aéreas do ataque do Sumaré. Foto: Orlando Lacanna. 

O primeiro bom momento no jogo foi do time visitante, aos 11 minutos, quando o camisa 8 Jader, cobrou com maestria uma falta da intermediária, colocando a bola no ângulo superior esquerdo da meta defendida pelo goleiro Ramon, que saltou como um gato e espalmou a bola para escanteio. Foi uma defesa plasticamente muito bonita. 


Ótima defesa do goleiro Ramon em cobrança de falta de Jader. Foto: Orlando Lacanna. 

A resposta dos donos da casa veio alguns minutos depois, aos 18, através de um golpe de cabeça do camisa 9 Aldir,assustando a defesa do Grêmio Mauaense que só ficou torcendo no lance. A bola passou muito perto do poste esquerdo da meta guarnecida pelo goleiro Nunes. 


Boa chance desperdiçada pelo Sumaré com a defesa do adversário só torcendo. Foto: Orlando Lacanna. 

A partir dos 25 minutos, o Grêmio Mauaense passou a exercer maior domínio territorial, forçando as jogadas ofensivas pelos lados do campo, mas a defesa do time amarelo despachava de qualquer jeito, neutralizando as tentativas do time de Mauá. 


Uma das jogadas de ataque do Grêmio Mauaense pelas pontas ainda na primeira fase. Foto: Orlando Lacanna. 

Quando tudo indicava que o primeiro tempo terminaria sem abertura de contagem, eis que, aos 44 minutos, o ágil centroavante Aldir, escapou pela direita e mandou um tiro cruzado rasteiro, que foi morrer no fundo da rede dos visitantes, abrindo a contagem para o time da casa, que segurou a vantagem mínima até o encerramento dos primeiros 45 minutos. A partida estava totalmente em aberto, ficando para o segundo tempo a expectativa do que poderia acontecer. 

Durante o intervalo, tanto eu quanto o Luciano, fomos até a lanchonete do estádio fazer uma boquinha, porque a fome não estava dando trégua. Devoramos um sanduba de presunto e queijo que deixou muito a desejar, mas como não havia outra alternativa o negócio foi encarar. 

Na segunda etapa, o Sumaré assumiu uma postura mais ofensiva, dando sinais que pretendia aumentar a diferença, explorando a velocidade do veterano camisa 10 Terrão pelos lados do campo. Os anfitriões tiveram mais presença, mas esbarravam nas conclusões e nas defesas do goleiro Nunes. 


Goleiro Nunes do Grêmio Mauaense praticando defesa no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna. 

Com o passar dos minutos, o time da Grande São Paulo foi assumindo as rédeas da partida e chegou ao empate, logo aos 9 minutos, num gol anotado pelo baixinho camisa 16 Julinho que, de cabeça, desviou sem nenhuma marcação, numa falha coletiva da defesa do Sumaré. 

Com o empate, o Grêmio Mauaense foi pra cima e, aos 17 minutos, teve uma penalidade máxima corretamente assinalada pelo árbitro, cuja cobrança ficou a cargo do camisa 6 Paulo César, que mandou a bola nas nuvens, desperdiçando a chance de virar o placar. 


Cobrança de pênalti por Paulo César que isolou. Foto: Orlando Lacanna. 

A partir da perda do pênalti, o Sumaré passou a chegar com mais frequência ao campo de ataque, tendo criado pelo menos três boas chances, todas nos pés do camisa 9 Aldir, que não foi feliz nas conclusões e as desperdiçou, sendo que na última, a bola chocou-se contra o poste direito. 


uma das boas chances do Sumaré desperdiçada por Aldir no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna. 

Na marca dos 40 minutos, o centroavante Aldir, numa tarde pouco inspirada, teve a chance de marcar o segundo gol da sua equipe, mas, para seu azar, praticamente embaixo do gol, conseguiu mandar a bola para fora. 

Nos últimos cinco minutos, foi a vez do Grêmio Mauaense ir com tudo, visando chegar ao gol da virada, forçando os lances ofensivos pelo lado direiro e numa dessas, aos 43 minutos, conseguiu um escanteio pela direita, cujo cruzamento resultou numa cabeçada incrível do camisa 7 Reis, que conseguiu mandar a bola no ângulo superior esquerdo da meta do Sumaré, surpreendendo a todos. Foi um golaço. 


Bola estufando a rede no gol da virada do Grêmio Mauaense, anotado por Reis de cabeça. Foto: Orlando Lacanna. 

Mais alguns minutos e a partida foi encerrada com o placar indicando Sumaré 1 - 2 Grêmio Mauaense, resultado que colocou o time de Mauá na liderança do grupo com 6 pontos, por conta do resultado do outro jogo do grupo (Joseense 2 x 0 Fernandópolis) realizado no domingo pela manhã em São José dos Campos. Esse grupo, o 15, permanece com a classificação totalmente embolada, pois agora o Grêmio Mauaense lidera com 6 pontos, seguido de perto pelo próprio Sumaré e Joseense, ambos com 5 pontos e ainda há o Fernandópolis com 4. Resumindo: a tendência é que a definição das duas vagas à quarta fase, só ocorra na última rodada. 

Fim de jogo e a rotina de viagem de retorno a São Paulo iniciada, com o objetivo de chegar o mais rápido possível, em razão de um jantar especial ao lado de pessoas queridas. Foi isso. 

Abraços, 

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário