Procure no JP

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Taboão da Serra goleia Bernô fora de casa pela Segundona

Olá,

Após ter acompanhado a partida Desportivo Brasil x Elosport, realizada em Jaguariúna no último sábado, retornei no domingo pela manhã à vizinha cidade de São Bernardo do Campo, com o objetivo de conferir a partida E.C. São Bernardo x C.A. Taboão da Serra que foi realizada no Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, mais conhecido como Baetão. Esse confronto valeu pela oitava rodada da primeira fase do Grupo 6 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão

Havia uma grande expectativa com relação a esse confronto, pois iria reunir o líder do grupo contra o segundo colocado até aquele momento. Os visitantes estavam na liderança do grupo com 12 pontos, enquanto os donos da casa haviam somado 11 pontos no seu ativo. Com essas campanhas, tudo levava a crer que seria uma partida muito disputada. 

Como de hábito cheguei ao meu destino com tempo de sobra para obter as escalações e ajeitar o esquema para fazer as fotos oficiais da partida, as quais estão apresentadas abaixo:


E.C. São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


C.A. Taboão da Serra - Taboão da Serra/SP. Foto: Orlando Lacanna.


O árbitro Milton Etsuo Ballerini, os assistentes Dante Mesquita Junior e Adriano Gonçalves Camargo e o quarto árbitro João Marcos Giovanelli posam junto com os capitães dos times. Foto: Orlando Lacanna.

Com a bola em movimento, o Taboão da Serra saiu logo de cara para o campo de ataque, tendo criado duas boas chances aos 8 e 9 minutos, em jogadas que foram concluídas por Hildo e Bina, sendo que no primeiro lance o goleiro Leandro praticou boa defesa e no segundo a bola foi pela linha de fundo com muito perigo. Aos 12 minutos, não teve jeito e o time visitante chegou ao seu primeiro gol, anotado por Terrão através de um arremate desferido da entrada da área, com a bola desviando na zaga e matando o goleiro.


Goleiro espiando a bola indo para o fundo da sua meta, no primeiro gol do Taboão da Serra. Foto: Orlando Lacanna. 

Inferiorizado no placar, o São Bernardo procurou ir ao ataque, porém seus atacantes não estavam numa manhã inspirada, uma vez que pouco produziram em termos de jogadas mais agudas. A primeira jogada mais perigosa , só aconteceu aos 25 minutos, numa investida de Dieguinho pela esquerda que acabou numa arrojada defesa do goleiro Lucas.

O time visitante mandava na partida e na marca dos 28 minutos chegou ao seu segundo gol, anotado pelo avante Hildo, ao arriscar um chute da intermediária e pegar o goleiro Leandro de surpresa. O goleiro foi infeliz no lance, permitindo que a bola quicasse à sua frente e com isso acabou não conseguindo evitar que a bola fosse para o fundo do barbante.


Bola balançando a rede do São Bernardo no segundo gol do Taboão da Serra. Foto: Orlando Lacanna.

Com a vantagem de dois gols, o Taboão da Serra passou a jogar mais plantado, chamando o São Bernardo para o campo ofensivo e ao recuperar a posse de bola saía em contra-ataques, porém não conseguiu encaixar nenhuma outra jogada mais perigosa. Nos últimos cinco minutos, o time alvinegro tentou de todas as formas diminuir a diferença, tendo ameaçado aos 43 e 46 minutos em arremates de Robson e Danilo Bahia. Nas duas conclusões o goleiro Lucas andou bem e garantiu a vantagem de 2 a 0 a favor dos visitantes.


Bola viajando pelo alto na área do São Bernardo em um dos contra-ataques dos visitantes. Foto: Orlando Lacanna. 

Durante o intervalo deixei o gramado e fui para a arquibancada acompanhar a segunda etapa ao lado do amigo do JP, o Milton Haddad. De lá vi o São Bernardo desperdiçar a melhor chance de gol, logo aos 2 minutos, numa cabeçada do zagueiro Rafael que tirou tinta do poste direito da meta do Taboão da Serra. No futebol não existe "se", mas acredito que "se" o Bernô fizesse seu primeiro gol logo no início do segundo tempo, a história da partida poderia tomar outro rumo.


Oportunidade de ouro perdida pelo São Bernardo no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

A partida seguia com o São Bernardo tendo mais posse de bola, mas com pouco poder de fogo. Aos 20 minutos os visitantes quase aumentaram a diferença, num chute cruzado da esquerda desferido por Willian que passou muito perto. Pela panorâmica do jogo, a impressão era que o Taboão da Serra estava mais perto de aumentar o placar do que o São Bernardo chegar ao seu primeiro gol e isso acabou se confirmando aos 29 minutos, quando os visitantes aumentaram a diferença através de um gol anotado por Bina, após ótima escapada pela esquerda.


Mais uma vez a bola no fundo da meta do São Bernardo, agora no terceiro gol. Foto: Orlando Lacanna.

Como a manhã não era nada favorável ao time do ABC, o árbitro marcou um pênalti a favor do Bernô aos 34 minutos, mas, mesmo assim, nada de gol, pois o goleiro Lucas pulou no canto esquerdo e desviou para escanteio a cobrança executada por Ricardo, frustrando a torcida local. Um golzinho naquele momento seria de suma importância para o time da casa tentar buscar algo melhor na partida. 


Pênalti cobrado por Ricardo e defendido pelo goleiro Lucas. Foto: Orlando Lacanna.

A partida já se encaminhava para o final quando aos 43 minutos, o Taboão da Serra chegou a mais um gol, agora marcado por intermédio de Davi, após bela jogada individual pela meia direita que terminou com uma conclusão certeira cheia de estilo.


Finalizando a goleada, mais um gol do Taboão da Serra. Foto: Orlando Lacanna.

Final de partida com o placar registrando São Bernardo 0 - 4 Taboão da Serra, resultado que manteve o time visitante na primeira colocação, agora com 15 pontos. Vale lembrar que o Taboão da Serra está correndo risco de perder pontos junto ao TJD da FPF, pois foi denunciado no artigo 214 (inclusão de jogador irregular) por suposta irregularidade cometida no jogo contra o Nacional, realizado em 22/5, cujo resultado no campo de jogo foi 1x1.

O julgamento já foi adiado por três vezes e agora está marcado para ocorrer em 05/07. Com relação ao São Bernardo, mesmo com a derrota ainda permanece no G4 com os mesmos 11 pontos, mas terá que reagir, pois essa derrota foi a segunda consecutiva em casa, sendo que a competição já passou da metade e a classificação poderá ficar comprometida.

Tão logo o árbitro apitou pela última vez, deixei São Bernardo e voltei para São Paulo para curtir um almoço de domingo ao lado de familiares e me ajeitar na poltrona para assistir a vitória do Brasil sobre a Costa do Marfim. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário