Procure no JP

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Santos Bi-Campeão invicto da Copa do Brasil Feminina

Fala pessoal!

Após a grande conquista do 3º lugar na III Copa do Brasil de Futebol Feminino pelo São Francisco/BA, a grande Final da competição era esperada ansiosamente pela torcida da baixada presente no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu. Em campo, os dois melhores times do Brasil disputando o caneco: Santos x Botucatu.

Nesse jogo tivemos o Orlando devidamente cadastrado e autorizado para as fotos oficiais da partida. Tudo bem, elas não são exclusivas, mas não as vi publicadas em nenhum lugar. Tudo bem que o Santos não posou para a foto, e sim ficou com as jogadoras lado a lado, mas o que vale mesmo é que o JOGOS PERDIDOS faz o serviço direitinho e publica agora essas imagens:


Santos FC (feminino) - Santos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Botucatu FC (feminino) - Botucatu/SP. Foto: Orlando Lacanna.


O quarteto de arbitragem da Final no Pacaembu: a árbitra Regildênia de Holanda Moura, as auxiliares Maria Eliza Correia Barbosa e Graziele Maria Crizol e o quarto árbitro Mílton Etsuo Ballerini. Foto: Orlando Lacanna.


Taças para a artilheira e melhor jogadora do torneio. Foto: Orlando Lacanna.

O Santos buscava o bi-campeonato da Copa do Brasil, já que foi campeão invicto em 2008 numa final contra o Sport. O Botucatu foi vice-campeão em 2007 quando perdeu nos pênaltis para o Saad/Mato Grosso do Sul. E mesmo com o Botucatu sendo um grande time, o Santos tem uma enorme vantagem por contar com as jogadoras Marta e Christiane. Elas fazem, e muito, a diferença dentro das quatro linhas. Por isso sentia que o Santos era favorito para o título. Fora também que o time alvinegro queria devolver a derrota na Final do Paulista 2009, a única do time nesse ano.


Ataque do Santos no primeiro tempo de partida. Foto: Orlando Lacanna.

A partida então começou com os dois times se estudando, mas não demorou muito para que a melhor jogadora do mundo mostrasse seu cartão de visitas. Aos 10 minutos ela recebeu bom passe em profundidade, driblou a goleira e tocou para o fundo das redes. Santos 1x0 e o time chegava mais perto do sonhado título.


Bola disputada no meio de campo. Foto: Orlando Lacanna.

Mas o Botucatu não desanimou e foi pra cima do onze praiano. O time do interior colocou uma bola na trave santista e dominou territorialmente o jogo até seus 35 minutos. Mas esse domínio não foi suficiente para se transformar no gol do empate. E para piorar, o Santos acabou fazendo o segundo aos 37 minutos com uma certeira cabeçada da atacante Christiane, que terminou a Copa como vice-artilheira.


As belíssimas cheerleaders santistas fazendo festa na linha de fundo. Foto: Orlando Lacanna.


Mais uma chegada do time santista na primeira etapa do jogo. Foto: Orlando Lacanna.

Intervalo de jogo e 2x0 para o alvinegro no marcador. Junto com o intervalo uma providencial garoa caiu sobre o Pacaembu, refrescando todo mundo que estava lá depois do forte calor do mês de dezembro. Uma das coisas boas dessa final também foi o públco pequeno - cerca de 5 mil pessoas - e isso deixou a gente confortavelmente colocados la no alto da arquibancada laranja do estádio. Todo jogo poderia ter esse sossego, não é mesmo?


Jogadora do Santos afastando a bola de dentro da sua área. Foto: Orlando Lacanna.

O segundo tempo então veio, mas o Botucatu não conseguia superar a boa defesa do time do Santos. E ainda pudemos acompanhar a beleza das jogadas da rainha Marta, o maior destaque do futebol feminino mundial e que merece todos os elogios, pois joga demais. E foi ela quem acabou praticamente selando a vitória santista aos 27 do segundo tempo. Ela recebeu bom passe da atacante Christiane e encheu o pé para estufar as redes no seu segundo gol do dia.

O time do interior então se lançou ao ataque e conseguiu uma cobrança de penalidade máxima para si. Mas a cobrança acabou encontrando o travessão. A trave impediu também que o Santos sofresse seu segundo gol na competição. Isso mesmo, em sete jogos disputados, a equipe santista só sofreu um gol, justamente no primeiro jogo.


Cobrança de penalidade máxima perdida pelo time do Botucatu. Foto: Orlando Lacanna.

E no final o favoritismo praiano falou mais alto. Final de jogo: Santos 3-0 Botucatu. O Santos é o grande bi-campeão invicto da Copa do Brasil Feminino e arrisco a dizer que esse time - com essas jogadoras melhores do mundo - é praticamente imbatível. A equipe sobra em campo e foi merecedora do título. Mas aplausos para o Botucatu, pois o time também é um grande vencedor, pois esse trabalho com as meninas vem de longa data e os resultados estão aí. A certeza do bom trabalho é absoluta.


As jogadoras do Botucatu recebendo a medalha de prata pelo vice-campeonato da III Copa do Brasil Feminina. Foto: Orlando Lacanna.


A rainha Marta levantando o troféu de melhor jogadora da competição. Foto: Orlando Lacanna.


Agora a festa pelo bi-campeonato invicto do Santos na Copa do Brasil. Foto: Orlando Lacanna.

A torcida presente comemorou bastante o bi-campeonato e foi ao delírio quando as jogadoras foram perto do alambrado festejar junto com eles. A CBF preparou uma festa razoável dentro do gramado, mas sem fornecer a taça ao time santista, pois ele só será entregue na cerimônia comemorativa que fecha o calendário brasileiro, na próxima segunda-feira. Mas no palanque armado na lateral do campo, as taças de artilheira e melhor atleta do campeonato foram dadas para a jogadora Marta.

Após esse jogo, todos nós seguimos de carona até a Avenida Paulista... carona esperta que nos poupou subir a horrível ladeira de volta à Avenida Doutor Arnaldo.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário