Procure no JP

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Palmeiras na grande final do Paulista sub-20

Fala pessoal!

Ano acabando e nesse último final-de-semana acompanhei jogos decisivos dos últimos campeonatos em aberto da FPF. No sábado à noite segui até o Estádio Palestra Itália para um dos jogos de volta das semifinais do Campeonato Paulista sub-20 da 1ª divisão. No histórico gramado, Palmeiras e Rio Claro disputariam uma partida certamente com bastante emoção.

Para não correr riscos, saí cedinho de casa para chegar sem percalços no Palestra. Cerca de 40 minutos antes do começo do jogo já estava dentro da casa palmeirense e tive que passar por 371 seguranças até finalmente chegar dentro do campo de jogo. Conversei ainda com o pessoal do Rio Claro e os amigos da Rede Vida antes dos times entrarem para a peleja. E seguem agora as fotos oficiais da partida:


SE Palmeiras (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Rio Claro FC (sub-20) - Rio Claro/SP. Foto: Fernando Martinez.


O quarteto de arbitragem da partida, composto pelo árbitro Eleandro Pedro da Silva, os auxiliares Luís Alexandre Nilsen e Édson Rodrigues dos Santos e o quarto árbitro Paulo Roberto Maffei Amorim, juntamente com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

E o jogo reuniu os dois times de melhor campanha do sub-20 até aqui. Como o primeiro jogo em Rio Claro foi 2x1 para o Galo Azul, o time visitante inverteu a vantagem alviverde e jogava pelo empate no jardim suspenso. E não seria um jogo fácil para o Palmeiras, pois em toda a competição a equipe rio-clarense não tinha perdido uma só partida fora dos seus domínios. A única derrota foi contra o Barueri no estádio do Azulão. Jogo complicado à vista.


Zaga palmeirense saindo com a bola dominada no começo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Bom, aproveitando a deixa que estava dentro do campo, fiquei por lá mesmo para acompanhar de camarote o primeiro tempo da partida. E desde os primeiros momentos foi o Palmeiras quem tomou a iniciativa do jogo, dominando a equipe do Rio Claro com facilidade. Mas o onze alviverde não chegava ao gol com chances objetivas, mostrando um certo nervosismo em tentar resolver tudo de uma vez.


Atacante do time Azul recebendo bom passe na esquerda do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.

O time do interior teve somente duas chances reais no tempo inicial, a primeira numa cabeçada na pequena área logo no começo da partida e outra numa boa troca de passes do seu ataque mas com uma finalização ruim. A equipe do Rio Claro ficou preocupada demais em se defender, algo que achei arriscado já que a vantagem da equipe nem era tão grande assim.


Chance perigosa do Rio Claro, em cabeçada que passou por cima do gol alviverde. Foto: Fernando Martinez.

E finalmente a torcida palmeirense pode comemorar o gol tão sonhado aos 40 minutos. Após um escanteio cheio de efeito vindo da esquerda do ataque verde, o goleiro do Rio Claro esmurrou a bola para o meio da área. O jogador camisa 11 Afonso pegou o rebote, driblou o zagueiro e com muita categoria encheu o pé para deixar o time paulistano na frente do marcador e a vantagem também voltava a ser do Palmeiras.


A segunda e última boa chance dos rio-clarenses na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

Antes do apito final, os donos da casa quase marcaram o segundo, novamente em grande chance de Afonso. Mas a partida foi para o intervalo com a vantagem de 1x0 para os mandantes. O Rio Claro teria que sair para o jogo no segundo tempo caso quisesse levar a vaga para a Final. Nesse intervalo resolvi ir para as numeradas do Palestra e lá encontrei o Jurandyr e o Mílton curtindo o bom jogo de futebol nesse sábado à noite. 


Bola no fundo das redes do Rio Claro no primeiro gol palmeirense, marcado pelo camisa 11 Afonso. Foto: Fernando Martinez.

E de lá vimos o segundo tempo ser ainda melhor do que o primeiro. Os dois times se lançaram ao ataque e criaram muitas chances de gol. E o Palmeiras soube aproveitar direitinho o contra-ataque a seu favor e aos 14 minutos acabou marcando o segundo gol da partida. E foi mais um gol do destaque do jogo, o camisa 11 Afonso. Ele recebeu bom passe, driblou com estilo o zagueiro e tocou mansamente na saída do goleiro. Golaço de craque no Palestra e Palmeiras 2x0.

O Rio Claro não viu outro jeito senão se lançar ao ataque com todas suas peças para tentar chegar ao empate. A equipe criou bastante, e o gol veio aos 29 minutos num chute despretensioso do jogador Élton quase da lateral de campo. Ele chutou de esquerda e pegou o goleiro palmeirense meio fora do ar. Golaço do Azulão, que agora precisava de mais um gol para se classificar.


Chegada do time do Palmeiras pela direita do ataque. Foto: Fernando Martinez.

A equipe visitante então teve chances, mas pecou demais nas finalizações. E o Palmeiras, ainda com o contra-ataque todo seu, conseguiu fechar a partida aos 40 minutos. Num passe em profundidade o jogador Afonso, andando pelo gramado, tocou para o jogador Gílson. Ele, também praticamente andando no gramado entrou na área, e mesmo com a marcação de um zagueiro chutou forte. A bola entrou no canto direito do goleiro, que nem pulou na bola. Jogo definido para a festa da grande torcida verde presente nas numeradas...


Chute de longe do Palmeiras ainda no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Palmeiras 3-1 Rio Claro. O time palmeirense garantiu vaga na Final do paulista sub-20 e agora pega o Grêmio Barueri, que chega pela primeira vez nessa final, para decidir o grande campeão de 2009. Mas esse confronto poderia ter tido outra história, pois o time do interior perdeu três pontos no STJD ainda na primeira fase, e justamente esses três pontos fizeram o Palmeiras ter melhor campanha na competição depois dos dois jogos. Mas o bom trabalho do Rio Claro merece ser louvado, afinal de contas foram só duas derrotas e o time ainda eliminou o atual bi-campeão do torneio, o Santos.

Bom, e após o jogo, com um fantástico vento frio na cidade de São Paulo, fui com o Mílton para o centro e depois segui para meu doce lar, aonde pude receber amigos queridos e jogar conversa fora, algo que não tem como viver sem. Mas no domingo teve mais rodada fantástica por aqui... até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário