Procure no JP

domingo, 13 de dezembro de 2009

Brasil derrota o Chile no Torneio Internacional Feminino

Opa,

Fechando a rodada dupla da primeira rodada do Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino, agora era a vez das donas da casa estrearem no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu. No horroroso horário das 10 da noite que é uma das piores coisas do nosso futebol, a Seleção do Brasil e a Seleção do Chile entraram em campo para mais um clássico sul-americano.


Times perfilados para os Hinos Nacionais de Brasil e Chile no Pacaembu. Foto: Fernando Martinez.

A pequena e ruidosa torcida presente no estádio fez bastante barulho para recepcionar as atletas locais, e alguns (pelo menos aonde estávamos) fizeram algumas bizarrices sem sentido ao "comemorar" a presença das jogadoras no gramado. E o pior é que estávamos nas cadeiras azuis, lugar aonde teoricamente isso não deveria acontecer. Bom, mas são coisas que acontecem desde o início dos tempos e também que sempre irão acontecer nos nossos estádios.

Falando agora do jogo, o Brasil era amplo favorito para conseguir os três pontos e se igualar à China com uma vitória nessa primeira rodada. Vale registrar também que esse foi o primeiro jogo do Brasil em casa desde a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007. E na época o JP trouxe um post do jogo Brasil 10x0 Equador, que tive o prazer de acompanhar no Estádio João Havelange, o Engenhão.


Bola cruzada dentro da área chilena em bom ataque da seleção brasileira feminina. Foto: Fernando Martinez.

Mas após o apito inicial o Brasil não massacrou a equipe chilena, algo que muitos achavam que iria acontecer. O time brasileiro errou muitos passes e não conseguiu entrar dentro da área da equipe visitante. A melhor do mundo Marta, como sempre, mostrou seu brilhante futebol em toques precisos e passes incríveis, mas somente aos 32 minutos a torcida pode comemorar o primeiro gol da seleção canarinho. E quem marcou foi a outra estrela do time, a atacante Christiane. A jogadora Erika deu um passe perfeito em profundidade e a artilheira tocou na saída da goleira. Brasil 1x0.


Bom chute que foi interceptado pela zaga do Chile em falta ensaiada pelo Brasil. Foto: Fernando Martinez.


Visão geral do meio-campo do jogo entre Brasil e Chile. Foto: Fernando Martinez.

A seleção chilena sentiu o gol e sofreu o segundo aos 37, com a camisa 10 Marta tocando de leve no canto direito da goleira Claudia Christiane, que tem nome de atriz italiana dos anos 60. A partida foi para o intervalo com a vantagem brasileira de 2x0 sem que a goleira Andréia tivesse feito uma defesa sequer. Nos minutos finais desse primeiro tempo e em todo o intervalo ficamos conversando sobre física quântica e almôndegas, assuntos totalmente aleatórios escolhidos por um conselho supremo que domina as ações do JP.

Para a segunda etapa, vimos a Seleção do Chile voltar mais ligada na partida, conseguindo finalmente chegar perto da área brasileira e um Brasil ainda perigoso sofrendo nas mãos da arqueira-atriz do Chile. E para espanto de todos, a seleção visitante chegou ao seu primeiro gol aos 20 minutos, num chutaço de fora da área de Daniela Moreno. Ela chutou de muito longe e colocou a bola no ângulo esquerdo da goleira Andréia. Logo depois, o time do Chile quase empatou numa cabeçada que tirou tinta da trave.


Falta para dentro da área brasileira no segundo tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Mas depois desses sustos chilenos, o Brasil voltou a ficar sossegado no jogo aos 31 minutos, quando a atacante Christiane marcou seu segundo gol no jogo, agora de pênalti. A bola foi no canto esquerdo de Claudia Christiane, que adivinhou o canto mas não conseguiu fazer a defesa. Após esse terceiro gol o time brasileiro poderia ter chegado a uma vitória mais elástica, mas o placar parou por aí.


Detalhe do terceiro gol do Brasil na partida contra o Chile. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Brasil 3-1 Chile. Vitória esperada do time nacional, que fica em segundo lugar no Torneio graças ao saldo de gols menos do que as chinesas. Nesse domingo teremos a segunda rodada do Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino com a seleção canarinho jogando contra as mexicanas, enquanto China e Chile fazem o clássico "Chi-Chi" no gramado do Pacaembu. Também estaremos lá...

Após esse jogo, com a meia-noite e o eventual fechamento do metrô perto de acontecer, fizemos uma correria para chegar logo à Estação Clínicas, e dali seguimos na madrugada paulistana para os respectivos lares. E no final-de-semana tivemos uma rodada cheia, algo raro num mês de dezembro. Segunda-feira a avalanche de posts começará a ser publicada!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário