Procure no JP

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

III Recopa Sul-Brasileira: Joinville goleia e elimina o Porto Alegre

Fala pessoal!

Depois da rodada matutina no último sábado, fui encontrar o Victor, que vinha diretamente de Minas Gerais, para uma rodada dupla genial. Fomos até a cidade de Votorantim para acompanhar um campeonato que definitivamente é um dos mais legais na atualidade, a Recopa Sul-Brasileira, que teve nesse ano de 2009 a sua terceira edição disputada no Estádio Domenico Paolo Metidieri. Duas partidas históricas, com a rodada começando com o atual campeão da Segundona Gaúcha, o Porto Alegre FC e o Campeão da Copa Santa Catarina, o Joinville EC.


Escudinhos do Porto Alegre FC e do Joinville EC, que disputaram a primeira semi-final da III Recopa Sul-Brasileira. Fotos: Fernando Martinez.

A Recopa Sul-Brasileira já teve duas edições anteriores: em 2007 tivemos os times do Juventus, Caxias, J.Malucelli e Marcílio Dias disputando o torneio no Estádio Janguito Malucelli, e o título foi do time de Itajaí numa final contra o Caxias (com cobertura do JP). Em 2008, o torneio foi realizado na cidade de Brusque, e teve a participação do Sorocaba, Pelotas, Londrina e também do time local, que acabou levando a taça jogando contra o time paulista na final.

Mas a Recopa desse ano quase não aconteceu. Isso pois o Internacional, que foi campeão da Copa Arthur Dellagrave, não iria mandar seu time "B" para disputar o torneio. O vice, Ypiranga de Erechim, também desistiu da vaga e como solução de última hora, a FGF acabou escolhendo o Porto Alegre para representar o estado pois foi o campeão da Segundona 2009 e era o único time treinando no momento. No Paraná o Serrano foi indicado também por ter sido campeão da segunda divisão estadual, já que não tivemos a copa paranaense em 2009.

Independente de qualquer coisa, o fato é que desde que essa Recopa começou a ser disputada já tinha sido definido o estado de São Paulo como sede em 2009 (em tempo, a sede em 2010 será no Rio Grande do Sul) e torcíamos muito para que um time perto da capital entrasse no torneio para que pudéssemos acompanhá-lo in loco. Com o título do Votoraty, nossa presença era mais do que obrigatória.

Seguimos viagem pela Castello Branco e enfrentamos um trânsito caótico e muita chuva até chegarmos na Raposo Tavares, já pertinho da cidade-sede da competição. Acabamos entrando nas dependências do Domenico Paolo Metidieri ainda faltando 15 minutos para o primeiro jogo do dia se iniciar. E para seguir com nossa tradição, seguem agra as fotos oficiais dos times e do trio. Ah, a foto do Porto Alegre e do quarteto de arbitragem são exclusivas e são publicadas em primeira mão:


Porto Alegre FC - Porto Alegre/RS. Foto: Fernando Martinez.


Joinville EC - Joinville/SC. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Magno de Souza Lima Neto, os auxiliares Rafael Luiz da Silva e Alan Bigotto e o quarto árbitro Danilo Luque Ribeiro posam com os capitães de Porto Alegre e Joinville exclusivamente para as lentes do JP. Foto: Fernando Martinez.

E o Joinville era favorito para essa primeira partida em Votorantim. O time foi Campeão da Copa SC na semana anterior e vinha embalado em busca dessa conquista nacional. Fora que a equipe é um dos maiores times catarinenses e tem em seu histórico de conquistas o impressionante octa-campeonato estadual em 1978/79/80/81/82/83/84/85. O time foi presença constante nos Brasileiros do final dos anos 70 até meados dos anos 80. Mas o time passou por um período não muito bom desde seu rebaixamento da Série B em 2004 e só agora está voltando aos seus melhores dias.


Atacante do JEC tentando se livrar da marcação de jogador do Porto Alegre. Foto: Fernando Martinez.

O Porto Alegre, fundado em 2006, sabia disso e para um time que vai disputar a elite gaúcha pela primeira vez em 2010, a missão era mesmo das mais complicadas. E o jogo começou com um ritmo alucinante dos catarinenses. Em pouco tempo, o jogo já estava 2x0 para o Coelho. Os dois gols foram marcados pelo camisa 9 Lima. O primeiro foi aos 7, num bom lançamento em profundidade em que ele ainda driblou o goleiro antes de marcar. O segundo foi aos 11, numa cabeçada no canto direito do goleiro gaúcho.


Exato momento em que o atacante Lima driblou o goleiro gaúcho para fazer o primeiro gol do dia. Foto: Fernando Martinez.

Mas essa blitz inicial não fez com que o Joinville marcasse mais gols, e depois de sofrer o segundo a equipe do Porto Alegre passou a levar relativo perigo em ataques pela direita. E o time gaúcho diminuiu o matcador aos 15 minutos, quando a zaga catarinense não cortou um bom cruzamento da direita e a bola sobrou livre para Rodrigo Santos encher o pé e fazer o seu. O goleiro ainda tocou na bola antes dela entrar no seu canto direito.


Segundo gol de Lima e do Joinville, agora de cabeça aos 11 minutos. Foto: Fernando Martinez.

Nesse meio-tempo, fiquei acompanhando o ataque do Joinville conversando com o amigo Rafael Porcari, quarto árbitro do jogo de fundo. Sempre simpático conosco desde os tempos pré-JP do século passado, é uma das figuras que nos acompanham desde o começo. No meio da primeira etapa saí do campo e fui para a tribuna de imprensa. Lá, além de encontrar o Jurandyr, ficamos conversando com o assessor de imprensa do JEC Roberto Dias Borba. Também muito simpático comigo, ele já conhecia o trabalho do JP e pudemos trocar muitas idéias sobre futebol catarinense.


Mais um ataque do Joinville pela direita do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.

E a partida se encaminhava para o seu final na primeira etapa muito bem disputada. O Porto Alegre tentava chegar ao empate antes do intervalo e o Joinville levava perigo demais nos contra-ataques e em todas as bolas que sobravam para o atacante Lima. E o jogo foi seguindo sem mais gols até os 46 minutos, quando foi marcada uma penalidade máxima para o time gaúcho. O jogador Adão foi para cobrança e com muito estilo marcou o seu e levou o jogo para o intervalo num equilibrado 2x2.


Segundo gol do Porto Alegre, marcado de pênalti pelo jogador Adão. Foto: Fernando Martinez.

Nesse intervalo acredito que devo ter bebido pelo menos dois litros d'água em virtude do forte calor que fazia em Votorantim. Graças a um providencial bebedouro coloado dentro das tribunas, conseguimos nos refrescar um pouco e também conversar com o pessoal da imprensa de fora de São Paulo que vieram cobrir a partida. Isso mostra a importância que os outros estados dão para esse tipo de torneio, algo que infelizmente quase não rola mais aqui no estado de São Paulo.

Na volta do segundo tempo tivemos o fato que mudou os rumos da partida logo aos 16 segundos. Na saída de bola, o time do Joinville lançou rápido a pelota para o jogador Lima. Ele dominou, entrou na área e tocou por cobertura, marcando o terceiro dos catarinenses muito cedo. O Porto Alegre sentiu demais esse gol, e estar novamente atrás do placar dessa forma atrapalhou os planos do time para o tempo final.


Falta bastante perigosa para os gaúchos no segundo tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

O jogo continuou com o domínio do JEC e os gaúchos tentando se animar para chegarem novamente ao empate. Chances dos dois lados e um futebol de primeira linha dentro de campo. E o Joinville chegou ao quarto gol aos 29 minutos, quando o jogador Élton encheu o pé de fora da área e marcou um golaço! O goleiro ainda tentou defender, mas não tinha como. Na saída do Porto Alegre, quase o time gaúcho chegou ao terceiro gol e por pouco não deixou o jogo equilibrado novamente.


Chance de ouro perdida pelo JEC para ampliar a goleada. Foto: Fernando Martinez.

E para piorar a situação dos porto-alegrenses, o Joinville marcou o quinto logo depois em mais um tento do atacante Lima, agora aos 31 minutos. Ele aproveitou uma bola lançada de longe num rápido contra-ataque e encheu o pé para definir o jogo para os catarinenses. Completamente entregue, o Porto Alegre ainda sofreu o sexto gol aos 42, no quinto gol do atacante Lima na partida. E foi um gol despretensioso, sem que o camisa 9 fizesse força alguma. Ele recebeu dentro da área e ainda pensou alguns segundos antes de chutar no canto esquerdo. Classificação definida!

Final de partida: Porto Alegre 2-6 Joinville. Grande vitória do JEC, que mostrou um futebol de campeão e confirmava seu favoritismo. Mas o time gaúcho também mostrou um bom futebol, especialmente no primeiro tempo, e quando ainda tinha forças dificultou a vida do time catarinense. Fica a esperança de um bom campeonato gaúcho no ano de 2010.

Após o primeiro jogo do dia, agora era a vez dos donos da casa entrarem em campo e também era a vez de eu colocar mais um time novo na minha Lista...

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário