Procure no JP

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pão de Açúcar é eliminado da Copa Paulista 2009 mesmo com goleada

Olá, pessoal!

Depois de cozinhar no sábado cedo no Nacional, resolvi acompanhar um jogo da última rodada da Segunda Fase da Copa Paulista 2009 no tradicionalíssimo Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari. Em campo, Pão de Açúcar e Rio Preto jogariam e o time paulistano ainda sonhava com uma difícil classificação para a próxima fase do torneio.

Ao sair do Nacional, fui de ônibus para o centro de São Paulo com o Mílton. Lá almoçamos e ainda fizemos um interessante passeio por edifícios históricos e pontos turísticos fascinantes da nossa capital. Vimos o péssimo estado atual de muitos desses prédios, sem conservação e sem o menor interesse da população. Após isso seguimos depois até o Terminal Parque Dom Pedro, e num dos trólebus que seguem até a Zona Leste descemos pertinho da Javari.

Chegamos cedo, mas como estava de bermuda - e não se entra em campo de bermuda em jogos da Copa - nem tentei fazer as fotos oficiais. E mesmo de prontidão nas numeradas não consegui fazer as fotos no embalo de alguém pois não havia nenhum fotógrafo por lá. Bom, isso não é novidade nenhuma, já que na maioria dessas partidas só nós fazemos imagens mesmo.


Times perfilados para o Hino Nacional Brasileiro na Rua Javari. Foto: Fernando Martinez.

Os times entraram então do campo de jogo no horário, e as duas agremiações torciam contra o Paulista de Jundiaí, que jogava em casa contra o Mogi Mirim. Caso o Sapão conseguisse a vitória, o time vitorioso na Javari se classificaria para a fase seguinte do torneio. Mesmo com o forte calor, esperávamos um bom jogo no templo grená, e desde os primeiros momentos vimos que a partida seria realmente fantástica.


Chegada do Pão de Açúcar pela direita do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.

O Pão de Açúcar veio com uma postura completamente ofensiva, mas ao mesmo tempo deixava espaços perigosos na sua defesa. A equipe amarela estava disposta a marcar logo seu primeiro gol. E após duas chances perdidas antes dos 10 minutos, aos 12 minutos o time ficou na frente do marcador com um gol do jogador Paulo Roberto. Mas para o azar da equipe local, não demorou muito para o Rio Preto chegar ao empate.


Chance do time amarelo pelo alto após cobrança de escanteio. Foto: Fernando Martinez.

A igualdade no marcador veio aos 16 minutos, praticamente na primeira chegada da equipe visitante. A bola foi cruzada para dentro da área e depois de vacilada geral, o jogador Thauan subiu sozinho para deixar o jogo em 1x1. O PAEC sentiu o gol e viu o Jacaré tomar conta da partida. Aos 26 minutos então veio a virada. Em mais uma falha da zaga e do goleiro do time amarelo, o jogador William completou de cabeça uma bola vinda pela direita e deixou a equipe de São José do Rio Preto na frente.


Falta para o Rio Preto no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Somente aí o PAEC acordou e voltou a dominar a partida. Aos 33 minutos o camisa 6 do Rio Preto Raphael foi expulso e deixou a sua equipe com um atleta a menos. A blitz era constante, mas o Pão de Açúcar não conseguia chegar ao empate. Mas aos 44 minutos, com um pênalti marcado a seu favor, os donos da casa deixaram tudo igual com a cobrança de Juca. O goleiro ainda acertou o canto, mas não conseguiu defender. Na saída de bola, quase a nova virada no jogo, mas o jogador Leonardo, mesmo sozinho, chutou em cima do goleiro do time visitante.


Empate do PAEC na bacia das almas do primeiro tempo. Mas o goleiro do Rio Preto quase fez a defesa. Foto: Fernando Martinez.


Jogo dos 7 erros no JP: o camisa 4 William com o patrocínio do refrigerante Poty (assim como quase todos os outros jogadores), e o camisa 7 Paulinho sem o patrocínio. Provavelmente ele não deve curtir muito o refrigerante. Fotos: Fernando Martinez.

Jogo no intervalo, 2x2 no placar e lá fomos nós nos refrescar pois o tempo ainda estava abafado demais na Javari. Muitos sucos, águas e refrigerantes depois resolvemos acompanhar o ataque do Pão de Açúcar no tempo final da partida, imaginando que o jogo ficaria concentrada por ali. Os times voltaram num ritmo mais sossegado do que antes, e a primeira chance clara de gol somente aconteceu aos 15 minutos.

Ela veio num pênalti em cima do jogador Jackson, do Rio Preto. Budy foi para a cobrança com a chance de deixar a equipe visitante novamente na frente do marcador, mas ele telegrafou a cobrança e Dheimisson pegou o penal no canto direito. A equipe do interior sentiu a perda desse gol e viu após esse lance o PAEC tomar conta novamente da partida.


Detalhe do pênalti perdido pelo atleta Budy, que definiu o restante da partida na Javari. Foto: Fernando Martinez.


Bola disputada no ataque do time da casa. Foto: Fernando Martinez.

E para a alegria dos poucos - menos de 50 pessoas - torcedores do time local, a equipe amarela acabou com qualquer chance dos visitantes aos 23, com o jogador Juca marcando o terceiro após rebote do goleiro, e aos 26 minutos, com um golaço de Sérgio Lobo. O PAEC fazia 4x2 no marcador, e agora a vitória estava praticamente garantida. Só faltava mesmo saber o placar em Jundiaí, mas as informações mostravam um empate no Jaime Cintra, o que deixaria o time paulistano fora da próxima fase.


Chute que originou o quarto gol do Pão de Açúcar no jogo, marcado por Sérgio Lobo. Foto: Fernando Martinez.

Independente do placar em Jundiaí, o Pão de Açúcar queria pelo menos se despedir da Copa Paulista em 2009 com chave de ouro. A equipe ainda marcou mais dois golaços aos 38 e aos 42 minutos. Os jogadores Lucas e Juca foram os marcadores. Mesmo com a goleada o time não conseguiu a vaga, pois as notícias de Jundiaí diziam que o Paulista tinha vencido o jogo.


Fechando o placar, Juca bateu com classe e marcou o sexto gol. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Pão de Açúcar 6-2 Rio Preto. O PAEC ficou na terceira colocação do seu grupo, aonde o Mogi se classificou em primeiro e o Paulista na segunda colocação. As equipes jogam agora respectivamente contra XV de Piracicaba e Sertãozinho, pensando numa vaga nas semi-finais. Para o time amarelo e para o Rio Preto o ano de 2009 termina com essa eliminação, mas em pouco mais de dois meses os times desfilarão novamente pelos estádios de São Paulo no Paulista da Série A2 de 2010.

Após a rodada dupla, e mesmo cansadíssimo e com um mal-estar tremendo em virtude do calor, voltei para casa somente para tomar um belo banho e descansar muuuito, pois no domingo cedo tinha ais futebol na parada.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário