Procure no JP

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Nacional é eliminado no Paulista sub-17

Opa,

Depois de passar a semana passada em branco, consegui ver três partidas de futebol no último sábado e domingo. O primeiro jogo da trilogia foi sábado de manhã, mesmo com um calor absolutamente infernal da capital de São Paulo. Já derretendo logo ao sair de casa, rumei até o bairro da Barra Funda para um jogo decisivo do Campeonato Paulista sub-17 no Estádio Nicolau Alayon. Em campo, Nacional e Rio Claro duelariam pela penúltima rodada da terceira fase da competição.

Para variar um pouquinho, ao chegar já fui para o campo de jogo e consegui as fotos posadas oficiais junto com o amigo Miguel.


Nacional AC (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Rio Claro FC (sub-17) - Rio Claro/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem da partida com o árbitro Daniel Destro do Carmo, os auxiliares Humberto Lellis Talarico Leite e Michel Ferreira da Silva e o quarto árbitro Luis Guilherme Mello de Moraes junto com os capitães das duas equipes. Foto: Fernando Martinez.

O jogo seria difícil para o Naça, já que somente a vitória deixaria o time ainda com chances de classificação para as Quartas-de-Final do sub-17. Mas o time de Rio Claro também dependia de uma vitória para conquistar sua vaga. Como curiosidade, já tinha mais de três anos (desde 22/07/2006) que não via nenhuma partida do Azulão. A última vez foi numa fantástica viagem que eu e o Emerson fizemos para Araras, no antigo Estádio Engenho Grande. Desde então, não tinha mais visto essa simpática equipe do nosso interior.

Mas para acompanhar esse jogo decisivo não suportei ficar dentro do campo não, e fui então para as numeradas do Nicolau Alayon e lá encontrei o Jurandyr, sua filha Isabela e o Mílton vindos do Palestra Itália, aonde tinham visto o jogo Palmeiras 0x0 Olé Brasil. Eu iria lá também, mas o calor me desanimou.


Defesa do goleiro do Rio Claro em chance do Nacional no final da primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

E das numeradas vimos um jogo bastante movimentado, com o Nacional tentando chegar mais firme do que os visitantes mas não conseguindo superar a barreira defensiva do time de Rio Claro. Enquanto o jogo rolava, nós analisávamos os times que irão disputar a Copa São Paulo 2010. Além dos três times estrangeiros (ver o Portsmouth será incrível), muitos nacionais legais estarão desfilando pelos campos paulistas. Desnecessário dizer que estaremos in loco em várias dessas partidas...


Um dos vários gols perdidos pelo time da casa no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Tentativa de contra-ataque para o Rio Claro que não deu nada. Foto: Fernando Martinez.

Conversa vai, conversa vem, e aos 17 minutos o Rio Claro acabou aproveitando um bom contra-ataque e uma falha da zaga do time local para ficar em vantagem no marcador. Durante o resto do primeiro tempo o Nacional tentou, mas não conseguiu chegar na igualdade no placar. No intervalo fomos nos abastecer com muitos líquidos na lanchonete que fica fora do estádio. Estava difícil encarar aquele calor todo.


Disputa de bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez.

Voltamos para as numeradas para acompanhar o segundo tempo de jogo, aonde o Nacional jogaria o tudo ou nada na competição. E o time voltou muito melhor do que o Rio Claro, criando muitas, mas muitas chances de gol. Mas para azar da torcida local, o time abusou do direito de perder tantas oportunidades. O time visitante não conseguia armar nenhum contra-ataque, e o tempo todo foi dominado pelos donos da casa.

Conforme o tempo ia passando, o futuro do Nacional ia sendo definido nos gols perdidos pelo time. Quando a partida acabou, mesmo sendo um placar até certo ponto "injusto", o Nacional lamentou bastante as chances desperdiçadas. Final de jogo: Nacional 0-1 Rio Claro. O Naça foi eliminado com essa derrota, enquanto Rio Claro e Paulínia garantiram vaga para as Quartas-de-Final nesse grupo do paulista sub-17 com uma rodada de antecedência.

Após esse jogo, tínhamos muitas opções de partidas na parte da tarde. Mas acabamos optando por uma despedida na Copa Paulista.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário