Procure no JP

sábado, 17 de outubro de 2009

Palmeiras massacra o Penapolense pelo Paulista sub-20

Opa,

Fechando a rodada tripla da última quarta-feira, acabei indo fazer a cobertura de mais uma partida do Campeonato Paulista sub-20 da 1ª divisão, que está na sua Segunda Fase. Segui para o bairro da Barra Funda, aonde fui ver pela segunda rodada do Grupo 10 do torneio o jogo entre o Palmeiras - que aparece pela segunda vez consecutiva no torneio aqui no JP - jogando contra o genial CA Penapolense, no próprio CT alviverde.

Inicialmente não estava no meu cronograma ver esse jogo, pois saí de Santos exatamente às 13 horas e 10 minutos rumo à São Paulo. Mas seguindo num esquema-ninja, o busão fez a viagem até a capital em inacreditáveis 45 minutos! Cheguei no Terminal Jabaquara antes das duas da tarde, e com isso me animei em seguir até o CT do Palmeiras. Faltando vinte minutos para as três da tarde cheguei na Estação Barra Funda e consegui um táxi que me levou rápido até o CT, e mesmo com uma pequena demora, consegui entrar no gramado antes dos times. Ufa!

Agora então seguem as exclusivas fotos oficiais da partida e do trio de arbitragem:


SE Palmeiras (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


CA Penapolense (sub-20) - Penápolis/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

A partida reuniu os dois vencedores do grupo na primeira rodada. Enquanto o Palmeiras venceu o Nacional (e que todos viram como foi aqui nas páginas do JP), o Penapolense venceu a Inter de Limeira jogando em Penápolis. Uma vitória deixaria qualquer uma das equipes na liderança da chave. Por jogar em casa, o alviverde levava ligeiro favoritismo, e das arquibancadas fui acompanhar se isso se confirmaria dentro das quatro linhas.

Ao sair do gramado já encontrei os abnegados Jurandyr e o "jovem mancebo" Alfredo. Fomos então encontrar uma sombra por lá, pois o calor era forte e eu estava praticamente derretendo depois de tamanha correria, e então vimos descansando no alto da arquibancada o Mílton, que também se fazia presente para o jogo. De lá vimos o jogo começar equilibrado até os 10 minutos. Depois disso, e até o final dos 90 minutos, só deu Palmeiras.


Disputa de bola pelo alto no meio-de-campo. Foto: Fernando Martinez.


Zaga palmeirense cortando um dos poucos ataques do Penapolense na partida. Foto: Fernando Martinez.

E enquanto falávamos sobre os mais diversos assuntos, o time da casa abriu o marcador aos 17 minutos. O gol veio após uma bela troca de passes de todo o ataque verde. Sem maiores dificuldades, e encontrando um Penapolense sem forças para reagir, o segundo não demorou e veio aos 26 minutos. Ele foi uma verdadeira pintura do jogador Rodrigo Sabão. Ele recebeu bom passe, tirou o zagueiro com um belo drible e com um toque fantástico por cima do goleiro aumentou a vantagem palmeirense.


Bola dentro das redes do Penapolense no segundo gol da equipe alviverde. Uma pintura de gol! Foto: Fernando Martinez.

Antes do primeiro tempo acabar, o time verde marcou o terceiro aos 32 minutos em mais um gol com uma ótima troca de passes, mostrando a grande qualidade de todo setor ofensivo da equipe. Ao final da etapa inicial todos os presentes já sabiam da vitória do time da casa, restando saber se o placar seria ampliado ainda mais na etapa final. Enquanto isso, no intervalo conseguimos expulsar três pessoas que sentavam perto de nós com nossas novidades incríveis das divisões de acesso e tudo mais. Tem gente que não aguenta não...


Falta para a equipe da casa na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo então começou, e o Palmeiras mostrou que não estava mesmo para brincadeiras. A equipe voltou massacrando o adversário, e marcou o quarto e o quinto gols aos 4 e aos 12 minutos. O que mais me impressionou é que todos os gols, todos mesmo, foram belíssimos. O ataque palmeirense estava num dia altamente inspirado e se aproveitou do blecaute da zaga penapolense para fazer a festa. Difícil ver um jogo com tantos golaços assim.


Chegada verde depois de cruzamento dentro da área. Foto: Fernando Martinez.

Após o quinto gol o time resolveu poupar suas forças e diminuiu o ritmo da partida. A equipe chegou bastante ao gol adversário mas não conseguiu marcar mais. Somente aos 42 minutos o placar foi novamente alterado com a última grande jogada do ataque verde. No melhor esquema "três vira, seis acaba" o jogo terminou.


Quase mais um gol do Palmeiras nessa jogada, aonde o goleiro fez boa defesa. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Palmeiras 6-0 Penapolense. O alviverde do Palestra Itália se isola na liderança do grupo 10 do sub-20 da 1ª divisão e o time de Penápolis cai para a terceira colocação da chave. O Nacional, ao vencer a Inter por 4x0 fora de casa, passa a Pantera da Noroeste na tábua de classificação. Faltando ainda quatro rodadas, tudo pode acontecer.

Após o jogo, cansado e com um dia e meio seguido virado sem dormir, ainda fui passear no centro de São Paulo para satisfazer meu vício por algumas publicações importadas. Muito tempo depois voltei para casa e finalmente, após 40 horas ininterruptas sem sono capotei debaixo das cobertas...

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário