Procure no JP

segunda-feira, 25 de maio de 2009

PAEC assume liderança do seu grupo na Série A3

Olá,

Com a aproximação da definição das quatro equipes que ascenderão a Série A2 em 2.010, voltei minha atenção a uma partida importantíssima válida pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Paulista da Série A3. O confronto em questão reuniu as equipes do Pão de Açúcar E.C., também conhecido como PAEC, contra o G.E. Osasco L. A partida foi realizada no último domingo pela manhã, no lendário Estádio Conde Rodolfo Crespi, mais conhecido como Rua Javari, valendo pelo Grupo 3 da competição.

Ao chegar no estádio, fui direto para o gramado e, para minha surpresa, lá estava o meu colega Fernando Martinez, que ia para Santos cobrir uma partida da Segundona que seria realizada à tarde, mas como ele caiu da cama, resolveu dar uma passadinha na Rua Javari. Colocamos o papo em dia e, após a sessão de fotos dos times e dos árbitros, ele subiu para a cabine de imprensa e eu fiquei no gramado. A propósito, as fotos estão abaixo:


Pão de Açúcar E.C. - São Paulo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


G.E. Osasco L. - Osasco/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem com o árbitro Flavio Rodrigues de Souza, os assistentes Flavio Alexandre Silveira e Osny Antonio Silveira e o quarto árbitro Luiz Vanderlei Martinucho acompanhado pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Antes de começar a relatar alguns dos principais lances da partida, faço questão de destacar a presença de 200 crianças que foram assistir a partida, sendo que, algumas delas entraram num estádio de futebol pela primeira vez. Essa iniciativa faz parte do programa "Clube Escola", desenvolvido pela Prefeitura de São Paulo e conta com convênios com Organizações, Entidades e Associações. Deu para perceber que a garotada torceu e se divertiu muito. Trata-se de uma atitude louvável dos organizadores que demonstra uma preocupação com o lado social.

Bem, agora com bola em jogo, o que se viu nos primeiros minutos, foi o PAEC indo com tudo para o ataque, até porque a conquista dos três pontos era de fundamental importância para seguir na luta pelo acesso e para se reabilitar da derrota ocorrida no sábado retrasado contra o mesmo Grêmio Osasco. Logo aos 2 minutos, o time da "casa" chegou com perigo, através de uma cobrança de falta efetuada por Juca, obrigando o goleiro osasquense a praticar uma difícil defesa que deu rebote, o qual não foi aproveitado por Sérgio Lobo que mandou a bola por cima do travessão. Aos 14 minutos, outra falta cobrada com perigo pelo PAEC, agora nos pés de Binho e mais uma boa defesa do goleiro visitante.


Bola passeando pela área do Gêmio Osasco no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.

O Pão de Açúcar tinha mais presença ofensiva, mas o Grêmio Osasco, usando a velocidade dos seus atacantes, criava embaraço para a defesa do PAEC, como aconteceu aos 18 minutos, numa jogada rápida de Dedé que foi parado com falta pelo zagueiro e capitão Max Sandro. Na cobrança a bola foi longe do gol defendido por Dheimison. A partida seguia muito disputada, quando, na marca dos 28 minutos, o PAEC abriu o marcador, num gol anotado por Paulinho, numa jogada que nasceu com uma arrancada sensacional quase do meio-de-campo, num lance em que o pessoal de Osasco alegou ter havido falta de Paulinho ao recuperar a bola. Dois minutos após, o PAEC quase aumentou o placar, numa cabeçada perigosa do mesmo Paulinho, em jogada que começou com Sérgio Lobo na direita.

O Grêmio Osasco deu o troco, aos 31 minutos, num chute perigoso de Geninho que passou muito perto. Os visitantes continuaram atacando e, aos 33 minutos, chegaram muito perto da igualdade, num lance ocorrido no interior da pequena área, com Flávio dividindo com a zaga, muito perto da linha fatal, mas para sua infelicidade, a bola foi para fora. Foi a melhor chance dos visitantes na primeira etapa.


Início do lance mais perigoso do Grêmio Osasco na primeira etapa. Foto: Orlando Lacanna.

A última jogada mais perigosa, aconteceu aos 45 minutos e foi do ataque do PAEC, nos pés de Sérgio Lobo em chute cruzado que raspou o poste direito da meta defendida por Leandro. Logo em seguida, o árbitro encerrou o primeiro tempo com o placar registrando a vantagem mínima a favor do Pão de Açúcar, construída com aquele gol contestado pelo pessoal de Osasco, cujas reclamações se estenderam por todo intervalo.

A segunda etapa começou com o Grêmio Osasco assumindo uma postura bem mais ofensiva, entretanto o PAEC ao recuperar a posse de bola, causava transtorno ao setor defensivo do time visitante, exigindo que o bom goleiro Leandro ficasse sempre alerta.


Leandro saindo da meta e dando um soco na bola para afastar o perigo. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 12 minutos, o Grêmio Osasco sofreu o segundo gol, marcado por Sérgio Lobo em cobrança de uma penalidade máxima, cometida pelo goleiro Leandro em cima do atacante Rafael Martins que penetrou livre no interior da área, aproveitando uma vacilada da defesa osasquense que parou no lance, esperando o assistente marcar saída de bola pela lateral. Esse lance também gerou muita revolta e reclamações por parte dos atletas do time de Osasco.


Segundo gol do PAEC marcado por Sérgio Lobo cobrando pênalti. Foto: Orlando Lacanna.

Logo após o segundo gol, aos 16 minutos, o PAEC quase marcou pela terceira vez, através de Rafael Martins, mas o bom goleiro Leandro evitou novo gol dos anfitriões. Mesmo em desvantagem no placar, o Grêmio Osasco não desanimou e foi com tudo para o ataque, chegando perto de diminuir a diferença, aos 21 minutos, numa jogada de Tuti que exigiu ótima defesa de Dheimison.


Lance de ataque do Grêmio Osasco na segunda etapa. Foto: Orlando Lacanna.

Da segunda metade do segundo tempo em diante, várias outras jogadas de ataque foram se sucedendo, com os goleiros se desdobrando em praticar boas defesas, em especial Leandro do Grêmio Osasco que salvou o seu time em pelo menos dois momentos de chances claras de gol para o PAEC.


Uma das várias defesas praticadas por Leandro do Grêmio Osasco. Foto: Orlando Lacanna.

O tempo foi passando rapidamente, pois o jogo estava agradável de assistir, com as equipes se empenhando ao máximo, em especial o Grêmio Osasco que demonstrou uma garra incrível, porém, em alguns momentos, se perdia em lances importantes por pura afobação, talvez pelo nervosismo provocado pelas reclamações. A partida se encaminhava para o final, quando, aos 40 minutos, o PAEC selou a vitória com a marcação do seu terceiro gol, marcado por Denilson que, por um triz não marcou outro gol no finalzinho do jogo, graças a mais uma boa defesa do goleiro Leandro.

Fim de jogo com o placar eletrônico da rua Javari mostrando Pão de Açúcar 3 - 0 Grêmio Osasco que reabilitou o time da Capital e o colocou no topo da classificação do seu grupo com 6 pontos. Mesmo derrotado, o time de Osasco continua na briga, com 4 pontos, num grupo totalmente indefinido, com as quatro equipes com chances matemáticas de conquistarem duas das quatro vagas à Série A2 em 2.010. Como ainda restam dois jogos para cada equipe, a esperança e as emoções continuarão até o fim da segunda fase.

Jogo encerrado e lá fui eu em companhia do Fernando Martinez em direção ao metrô, sendo que eu me dirigi para o aconchego do lar, enquanto ele desceu a Serra do Mar para acompanhar uma partida da Segundona, cuja história será contada mais tarde.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário