Procure no JP

terça-feira, 19 de maio de 2009

Azulão vira em cima do Bahia pela Série B

Fala pessoal!

No último sábado tinha algumas opções de partidas para acompanhar na Grande São Paulo. E acabei escolhendo a "opção A", e seguir até Mauá para um jogo da nossa Segundona. Mas os trens da CPTM não estavam afim de me ajudar a chegar cedo por lá, e graças a uma série de atrasos dos trens na Estação da Luz, tive que optar pela "opção B". Cheguei então na Estação São Caetano para pegar um ônibus e ver um jogo do Campeonato Brasileiro da Série B no Anacleto Campanella, entre São Caetano e Bahia.

E na Estação tive a companhia do David, também afim de ver um jogo da nossa segunda divisão nacional. O ônibus que nos levou ao estádio lotou com torcedores do Bahia vindo de fora de São Paulo só para a partida. Na estação também percebemos alguns vultos rondando a região. E mesmo com medo do sobrenatural, um jogo de futebol nos aguardava.

O jogo prometia muito, pois o Azulão vinha de derrota na estréia (não, eu não sigo as normas da reforma ortográfica) e queria vencer a todo custo. Para o Esquadrão de Aço, uma vitória deixaria o time com 100% de aproveitamento na Série B 2009. E o mais legal do jogo, é que notamos que a diretoria do São Caetano cobra um PREÇO JUSTO pelo ingresso. Arquibancadas a 10 reais, e numerada a 20 reais. Diferente de times gananciosos por aí que cobram preços abusivos e imbecis, deixo aqui um parabéns para a diretoria do time do ABC pelo preço dos ingressos.


Cruzamento para a área do Azulão no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

E já nas tranqüilas arquibancadas do Anacleto (que não aparecia aqui no JP desde 2007, e em jogos oficiais desde fevereiro daquele ano), pudemos curtir um jogaço de futebol. O Bahia começou dominando a partida e não dando nenhum espaço aos donos da casa. Logo no primeiro minuto teve ótima chance, e aos 8 o jogador Alex Maranhão bateu uma falta com perfeição e abriu o placar para o time visitante.


Detalhe da cobrança de falta que originou o primeiro gol do Bahia. Foto: Fernando Martinez.

Atrás no marcador, o Azulão viu que a saída seria ir pra cima do Bahia, e acordou no jogo. Aí a estrela do goleiro Marcelo começou a brilhar. Ele fez pelo menos três defesas absurdas até o final do primeiro tempo impedindo a virada dos paulistas na primeira etapa. O Bahia ficou todo na defesa e não criou mais nada, só vendo o São Caetano levar perigo. E de forma bastante injusta, o jogo foi para o intervalo com a vantagem para os baianos.


Chute perigoso para o Bahia pela direita do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.


Chance para o São Caetano em cobrança de falta no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo, aproveitamos e curtimos um pacote de biscoitos de polvilho, ótimo para deixar a gente satisfeito de forma bem simples. E o frio foi caindo em São Caetano, e o vento passou a fazer a curva nas arquibancadas do Anacleto. Olha, fazia tempo que não passava tanto frio em um estádio. Mas 1000 vezes passar frio do que aquele calor insuportável que temos no começo do ano. E mesmo congelando, fomos ver a segunda etapa.

O São Caetano voltou disposto a virar logo o marcador. Logo de cara, num escanteio da esquerda, o zagueiro Marcelo Batatais tocou de cabeça e o zagueiro Leandro colocou para dentro do próprio gol, num bizarro gol contra. Aos 11, animado com o domínio do jogo, o Azulão chegou à virada. Luan tocou da esquerda e Ademir Sopa só tocou para as redes do Bahia. São Caetano 2 a 1 e festa na torcida azul. Festa que poderia ter sido maior aos 14, mas o árbitro anulou o gol de cabeça de Marcelo Batatais.


Primeiro gol dos mandantes, com o zagueiro do Bahia Leandro marcando contra. Foto: Fernando Martinez.

Com a vantagem no marcador, o São Caetano segurou a bronca e o Bahia se animou, mas nada que fizesse a torcida perder o sono. Somente por duas vezes o time visitante chegou perto do gol, mas em ambas as chances seus atacantes não deram sorte. E o jogo foi seguindo, o frio foi aumentando, e os três pontos foram chegando para os donos da casa.


Detalhe do que seria o terceiro gol do São Caetano, mas que foi anulado pela arbitragem. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: São Caetano 2-1 Bahia. Grande vitória do time do ABC, que agora soma os mesmos três pontos que o Bahia tem na Série B. Mas nos critérios de desempate, o Bahia fica em 9ºlugar enquanto o Azulão fica na 12ªposição. Mas com 36 rodadas pela frente, tudo pode acontecer.

E após o jogo ainda fomos fazer uma boquinha na padaria em frente ao estádio e esperar a boa vontade do sistema de transporte coletivo de São Caetano. Sem sucesso, pegamos um táxi com um tiozinho muito figura, que nos levou até a Estação pela módica quantia de R$ 2,50 por pessoa. Dali, um passeio pelos trens da CPTM e pelos vagões do metrô paulistano até o aconchego do lar.

Até mais

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário