Procure no JP

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Jacareí se supera e derrota o Primeira Camisa de virada

Olá,

Seguindo com o final de semana dedicado à cobertura do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no domingo pela manhã, segui pela Via Dutra até a cidade de Jacareí, para acompanhar no Estádio Stavros Papadopoulos, o confronto entre o Jacareí A.C. contra o F.C. Primeira Camisa L., da cidade de São José dos Campos, num verdadeiro clássico do Vale do Paraíba, que valeu pela quinta rodada da primeira fase do Grupo 5 da competição.

A viagem foi rápida e tranquila, com a estrada apresentando pouco movimento, provavelmente por causa do friozinho que sugeria a permanência na cama até mais tarde. Chegando ao meu destino, como sempre acontece quando vou a Jacareí fui recebido com aquela cordialidade costumeira das pessoas ligadas ao JAC. Em seguida me dirigi ao gramado para aguardar a entrada dos atletas e dos árbitros, visando fazer as fotos oficiais e exclusivas da partida, as quais apresento abaixo:


Jacareí A.C. - Jacareí/SP. Foto: Orlando Lacanna.


F.C. Primeira Camisa L. - São José dos Campos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


O árbitro Alysson Fernandes Matias, os assistentes Fábio Aparecido Ribeiro e Raphael Carlos da Cruz e o quarto árbitro Bruno César Teixeira acompanhados pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Tão logo o árbitro autorizou o pontapé inicial, os visitantes assumiram o controle da partida, acuando os donos da casa para o seu campo de defesa e atacando de maneira constante, obrigando a defesa do Jacareí a se redobrar para evitar o gol inaugural do time joseense.


Um dos diversos ataques do Primeira Camisa no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo dominando o jogo, o setor defensivo do Primeira Camisa deu uma vacilada e permitiu que o camisa 10 do JAC, Tiago escapasse livre pelo meio da área, obrigando o goleiro Ivan a derrubá-lo e cometer pênalti, que foi marcado e convertido pelo mesmo Tiago, aos 20 minutos, abrindo o placar a favor do "Jacaré do Vale". Pelo volume de jogo das duas equipes até aquele momento, a vantagem no placar do Jacareí não deixava de ser uma surpresa.


Bola balançando a rede do Primeira Camisa no primeiro gol do JAC. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem no marcador, o Primeira Camisa intensificou ainda mais as jogadas de ataque, empurrando cada vez mais o Jacareí para o seu campo de defesa, deixando dessa forma, a impressão de que o empate era apenas uma questão de tempo, mesmo com as boas defesas do goleiro Renato e dos erros de finalização. De tanto insistir, finalmente aos 40 minutos, os visitantes chegaram à igualdade no marcador, através de um gol anotado por Cécil, ao aproveitar um cruzamento rasante vindo da esquerda, depois de ótima jogada individual realizada por Wesley Alves.


Agora a bola balançando a rede do JAC no gol de empate do Primeira Camisa. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos cinco minutos, nada de mais importante aconteceu e, com isso, o primeiro tempo chegou ao fim com o empate de 1 a 1, deixando a definição da partida para a segunda etapa que prometia ser recheada de emoções.

O segundo tempo começou e o Primeira Camisa foi com tudo para o ataque, com o firme propósito de conseguir a virada no placar, que acabou ocorrendo logo aos 2 minutos, numa cobrança de falta executada da meia esquerda, através de Gilson Campos, colocando a bola no cantinho direito do goleiro Renato, que se esticou todo, porém não conseguiu evitar que a bola morresse no fundo da sua rede.


Goleiro Renato não chega na bola e o Primeira Camisa vira o placar. Foto: Orlando Lacanna.

Concretizada a virada e tendo o domínio das ações na maior parte do jogo, o Primeira Camisa tinha tudo para deslanchar na partida e conseguir a vitória. Certo? Em princípio sim, porém o que ninguém contava, era com o incrível poder de reação do Jacareí que chegou ao empate, aos 10 minutos, num belo gol do pequenino avante Feijão, que de costas para o gol, deu uma puxeta sensacional, mandando a bola no canto esquerdo do goleiro Ivan que ficou estático no lance, talvez surpreendido pela beleza do lance.

O time de São José dos Campos absorveu o golpe do inesperado gol de empate e continuou atacando, porém sem a objetividade necessária para transformar seus ataques em gols, como aconteceu aos 15 minutos, quando o avante Cécil chutou com perigo do interior da área, com a bola raspando o poste esquerdo de Renato.


Jogada de ataque do Primeira Camisa buscando recuperar a vantagem no placar. Foto: Orlando Lacanna.

Durante mais um período de domínio do Primeira Camisa, o Jacareí se defendeu com muita raça, contudo não abdicou de buscar a vitória e, num de seus rápidos contra-ataques, chegou ao seu terceiro gol, anotado aos 21 minutos, por intermédio de Rodrigo que aproveitou um passe açucarado vindo da esquerda, provocando uma enorme surpresa no time adversário. Os atletas do Primeira Camisa não acreditavam no que estava acontecendo, com os seus atletas olhando um para o outro, sem entender nada.


Lance de perigo para a defesa do Primeira Camisa no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de sofrer a virada, o Primeira Camisa foi com tudo para o ataque, buscando o empate e, mesmo de maneira atabalhoada, criou algumas jogadas ofensivas, mas aí encontrou um adversário aguerrido e cheio de moral que lutava como nunca para garantir a vitória que poucos acreditavam.

Os últimos minutos foram eletrizantes, com todos os atletas se doando em campo, cada um buscando o seu objetivo. Quando o árbitro encerrou a partida com o placar apontando Jacareí 3 - 2 Primeira Camisa, houve muita comemoração por parte dos atletas jacareienses, parecendo que tinham conquistado o título e o acesso. A festa foi merecida, pois foi a vitória da superação. Mesmo com a derrota, o Primeira Camisa continuou liderando o seu grupo com 7 pontos, mas sendo seguido de perto por outros cinco times, entre os quais o próprio Jacareí, todos também com 7 pontos. O grupo está totalmente embolado e a briga pelas quatro vagas à segunda fase promete muitas emoções.

Com o jogo encerrado, deixei o estádio satisfeito pelo bom jogo que tinha acompanhado e fui comemorar indo almoçar num restaurante à beira do Rio Paraíba do Sul em companhia de amigos e familiares. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário