Procure no JP

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Vitória da Bahia alcança a classificação

Olá,

Após ter acompanhado ao jogo Avaí x São Caetano, permaneci no Estádio Luiz Perissinotto em Paulínia, para acompanhar a partida decisiva entre Paulínia F.C. x E.C. Vitória que iria definir o classificado do Grupo U da 39ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar da correria e de um certo embaço, consegui as fotos das equipes e da arbitragem que estão abaixo:


Paulínia F.C. (Sub 20) - Paulínia/SP. Foto: Orlando Lacanna.


E.C. Vitória (Sub 20) - Salvador/BA. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem formado por Cleverson Inácio e seus assistentes Rogério Pablos Zanardo e Leonardo Lourenço Marchiori, acompanhado com os capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Por conta do resultado (3 a 1 para o Avaí) do primeiro jogo, as duas equipes entraram em campo já sabendo o que teriam que fazer para chegarem até a sonhada classificação e isso animou muito a torcida local, pois ao time da casa bastava uma vitória por dois gols de diferença.

Quando a bola começou a rolar, foi possível perceber que o time baiano estava muito seguro e consciente no jogo e que a tarefa do time do Paulínia não seria fácil, apesar do entusiasmo da torcida e do time.


Atacante baiano cercado pelos zagueiros do Paulínia. Foto: Orlando Lacanna.

A partida foi equilibrada na maior parte da primeira etapa, com uma ou outra chance não aproveitada pelas duas equipes, sendo que no geral o Paulínia foi um pouco mais perigoso, mas não o suficiente para alcançar seu objetivo que era terminar o primeiro tempo com uma vantagem de pelo menos um gol.


Zagueiro do Paulínia aliviando perigo que rondava sua área. Foto: Orlando Lacanna.


Defesa baiana cortando cruzamento do ataque paulinense. Foto: Orlando Lacanna.

O intervalo serviu para eu fazer uma "boquinha", pois acompanhar dois jogos sem mastigar alguma coisa não é fácil. Com a segunda etapa em andamento, debaixo de uma chuvinha que veio aliviar o forte calor, foi possível observar que o Paulínia tinha voltado com o firme propósito do "vai ou racha" e para azar da sua torcida, acabou rachando, pois logo aos 11 minutos o time da casa teve o jogador Luan expulso de campo e aí as coisas se complicaram de vez, até porque fazer uma diferença de dois gols já não seria fácil com todos em campo, imagine com um atleta a menos.


Goleiro do Vitória indo ao encontro da bola para praticar a defesa. Foto: Orlando Lacanna.


Chance de ouro desperdiçada pelo Vitória. Foto: Orlando Lacanna.

Não demorou muito para o Vitória abrir o placar e logo aos 19 minutos o atacante Júnior fez um belo gol ao escorar um cruzamento que veio da esquerda.


Bola no fundo do balaio do Paulínia na marcação do único gol da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Daí em diante, o jogo ficou todo nas mãos dos baianos que tocavam a bola e só esperavam o tempo passar. À medida que o tempo ia passando, os jogadores do Paulínia ficavam mais nervosos e erravam as tentativas de jogadas de ataque, por conta da torcida local gritar "olé" a cada troca de passe do Vitória.

Final de partida com o marcador apontando Paulínia 0 - 1 Vitória que acabou classificando o time baiano à segunda fase, quando enfrentará o 9º colocado por índice técnico que foi o São Carlos, já no sistema mata-mata. Com relação ao Paulínia, resta agora reforçar sua equipe com alguns atletas mais experientes para encarar a Segundona paulista que começará em abril.

Depois de tudo encerrado, comecei meu retorno à São Paulo, via Campinas, planejando o domingo que teria outra rodada dupla da Copinha acompanhada por mim, mas isso é conversa para depois. Fiquem no aguardo.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário