Procure no JP

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

SEV só empata na sua estréia na Copinha

Olá,

Depois de um breve recesso provocado pelo término das competições do ano passado e pelas festas natalinas, o JOGOS PERDIDOS voltou com tudo e no último sábado começou seu show de cobertura pela principal competição nacional de categoria de base que é a 39ª Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Em companhia do amigo do JP Luciano Claudino, o Fernando e eu seguimos, via Campinas, até a cidade de Hortolândia, mais precisamente ao Estádio José Francisco "Tico" Breda, para acompanharmos in loco a rodada dupla inaugural do Grupo V da competição. A mim coube relatar a partida de fundo entre Social Esportivo Vitória x Iraty Sport Club e, para começar inicio apresentando as equipes e o quarteto de arbitragem nas fotos abaixo:


SEV (Sub 20) - Hortolândia/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Iraty S.C. (Sub 20) - Irati/PR. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Marcos Antonio Gomes Filho, seus assistentes Ricardo Mendes de Almeida e Daniel Lofrano, além do quarto árbitro Luciano Monteiro dos Santos. Foto: Orlando Lacanna.


Flâmula linda do Iraty e detalhe do escudo (novo?) do time. Fotos: Fernando Martinez.

A partida começou num ritmo bem animado, com as duas equipes mostrando muita disposição e, nessa toada a SEV foi mais perigosa, tendo criado nos primeiros vinte minutos duas boas chances de gol, sendo que numa delas a bola se chocou contra o poste direito do goleiro paranaense.


Jogada de ataque da SEV que acabou com a bola explodindo na trave. Foto: Orlando Lacanna.

Na segunda metade da etapa inicial, a partida caiu muito e acabou se arrastando até o final do primeiro tempo, com muita marcação e ausência de lances de maior perigo. Com essa panorâmica, o placar de 0 a 0 foi inevitável.


Disputa acirrada pela posse da bola. Foto: Orlando Lacanna.


Marcação cerrada por parte do Iraty. Foto: Orlando Lacanna.

Com o reinício da partida, renasciam as esperanças de que o jogo poderia melhorar, mas isso não aconteceu até por volta dos quinze minutos, quando começou uma chuva muito forte, com muito vento que há tempos eu não via. Por mais incrível que possa parecer, o temporal "incendiou" o jogo, tanto que, aos 19 minutos o Iraty abriu o placar por intermédio de Felipe que concluiu com categoria, após receber passe açucarado pela meia direita.


Bola no fundo do gol da SEV. Foto: Orlando Lacanna.

O gol inaugural fez com que o jogo ficasse ainda mais disputado, com os atletas demonstrando muito vigor nas disputas das jogadas e, numa dessas, o time paranaense teve um atleta expulso por entrada violenta. Daí em diante, a SEV foi com tudo para o campo de ataque com o Iraty se defendendo, tornando o jogo quase de um time só. O time de Hortolândia não conseguia ser tão perigoso por falta de mais ousadia dos seus atacantes, apesar do domínio territorial.


Jogada de ataque da SEV pela direita não aproveitada. Foto: Orlando Lacanna.


Outra jogada de ataque da SEV, agora pela esquerda, também não aproveitada. Foto: Orlando Lacanna.

Quando os torcedores locais já estavam conformados com a derrota, eis que em uma cobrança de falta por intermédio de Baiano, aos 47 minutos, a SEV chegou ao merecido gol de empate, levando seus atletas e torcedores ao delírio.

Final de partida com o placar apontado SEV 1 - 1 Iraty que deixou o Cruzeiro de BH isolado na liderança do grupo e, pelo futebol apresentado pelas quatro equipes, ficou claro que o time mineiro é o grande favorito a conquistar a primeira colocação ao final da primeira fase e seguir em frente na competição.

Tão logo a partida foi encerrada, iniciamos nosso retorno a São Paulo, novamente via Campinas, agora também na companhia do repórter fotográfico Nivaldo Prado que vencido pelo cansaço não demonstrou seus conhecimentos sobre o interior paulista. No trajeto de Campinas até São Paulo e Fernando e eu viemos planejando as próximas partidas da Copinha que terão cobertura do JP. Aguardem.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário