Procure no JP

terça-feira, 10 de outubro de 2006

Uma Volta ao Passado, volume 13: EC Ferroviário (Bernardino de Campos/SP)

EC FERROVIÁRIO

Aproveitando minha ida até Presidente Prudente para acompanhar o derby local válido pela categoria Sub 20, dei uma chegadinha numa pequena, porém aconchegante cidade que raramente aparece nos noticiários esportivos. Estive em Bernardino de Campos, mais precisamente no Estádio Municipal, local em que o EC Ferroviário mandava seus jogos quando disputou o Campeonato Paulista da Terceira Divisão nos anos de 1965 e 1966.


Escudo do Esporte Clube Ferroviário de Bernardino de Campos. Reprodução: Orlando Lacanna.

O clube foi fundado em 16/07/1947 por funcionários da cidade que trabalhavam na extinta Estrada de Ferro Sorocabana e, como quase todos os clubes originários de ferrovias, passou ter problemas financeiros constantes, até que em 1994 foi encampado pela Prefeitura Municipal. Apesar das dificuldades, o clube vinha disputando competições amadoras até meados de 2006, quando os três últimos abnegados comandados pelo Sr. Miguel Moretti, decidiram encerrar as atividades por falta de recursos, apesar da ajuda municipal.


Fachada do Estádio Municipal de Bernardino de Campos. Foto: Orlando Lacanna.


Gramado bem cuidado do estádio Municipal, palco de clássicos nos anos 60. Foto: Orlando Lacanna.


Vista geral do gramado do Estádio Municipal de Bernardino de Campos. Foto: Orlando Lacanna.

Atualmente o estádio vem sendo utilizado eventualmente por times amadores de adultos e por equipes das categorias Dentinho, Dentão e Sub 15, mantidas pela Prefeitura, que não usam o uniforme alvinegro do Ferroviário e sim o da Comissão Municipal de Esportes (CME). Portanto, o EC Ferroviário não vem sendo mais representado em nenhuma categoria e competição.


Simpática cabine para imprensa no estádio. Foto: Orlando Lacanna.

Além do campo de futebol, no local existe uma sala de troféus, um salão de festas e duas piscinas (adulto e infantil) que são utilizadas pela comunidade mediante o pagamento de uma taxa mensal de R$ 5,00.


Conjunto aquático no clube de Bernardino de Campos. Foto: Orlando Lacanna.


Troféus colecionados na gloriosa história do EC Ferroviário, de Bernardino de Campos. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo com a realidade acima, pesquisei junto à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer e, junto à ex-colaboradores, sobre uma provável volta ao futebol profissional e, como já era esperado, ninguém acredita nessa possibilidade, pois além da cidade ter apenas um pouco mais de 11.000 habitantes, o estádio necessitaria de uma grande reforma e ampliação, pois atualmente cabem por volta de 500 pessoas sentadas. A única chance seria o surgimento de algum empresário disposto a investir nas reformas do estádio, bem como na montagem e manutenção da equipe profissional.

Bem, esse foi mais um pedacinho da história do futebol paulista, que infelizmente mostra mais uma equipe que desapareceu, porém fica aqui a esperança de todos nós do JP de que algum dia, o Ferroviário possa ressurgir nos gramados disputando campeonatos profissionais.

Abraços,

Orlando

2 comentários:

  1. Foi com muita saudade, que localizei na internet,um documentario sobre o nosso,saudosoECF.O ferroviario de de Coca, Birello Mario, Benedito, Edson, Lazinho,Silvio(ZAgue) Neco, Moiseis Alziro,e outros,,, Abraços a todos .Elizio Pereira (Zague) Ex prof . de Futebol. Ribeirão Preto.

    ResponderExcluir
  2. Olá sr. Elizio, o sr. sabe dizer em que site conseguiu achar esse documentário?
    Meu nome é Márcio, nasci em Bernardino e meu pai foi goleiro do Ferroviário durante muito tempo, ele é conhecido como Nêne Dias.
    Muito obrigado.

    ResponderExcluir