Procure no JP

quarta-feira, 25 de outubro de 2006

JP na Segundona de Alagoas (parte 2 de 2)

Olá,

Depois do ótimo jogo inaugural da rodada dupla realizada no Estádio Rei Pelé, também chamado de Trapichão, acompanhei ao jogo de fundo São Domingos x Capelense válido pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Alagoano da Segunda Divisão.


Escudinhos do São Domingos e do Capelense. Fotos: Orlando Lacanna.

Além da importância da partida para efeito de classificação, havia outra atração para o público que era o treinador Peu do São Domingos, ex-jogador do Flamengo, com quem fiquei conversando por um bom tempo, e pude conhecer de perto sua simpatia, descontração e simplicidade. Um grande abraço Peu!


Ex-atleta do Flamengo, Peu é um exemplo de simpatia. Foto: Orlando Lacanna.

Abaixo, as fotos tradicionais e inéditas das equipes e dos árbitros que posaram com EXCLUSIVIDADE para as lentes do JP.


AS São Domingos - Maceió/AL. Foto: Orlando Lacanna.


Capelense SC - Capela/AL. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem e capitães dos times. Foto: Orlando Lacanna.

Devido ao empate no jogo inicial (Sete de Setembro x São Miguel), o São Domingos necessitava vencer para continuar brigando pela classificação à segunda fase e, por isso partiu de cara para o campo de ataque e, com isso tornou o jogo muito movimentado, pois o Capelense não se encolheu e respondia na mesma moeda.


Início de jogo entre São Domingos e Capelense. Foto: Orlando Lacanna.


Falta perigosa para o Capelense. Foto: Orlando Lacanna.

Nessa toada, aos 26 minutos, o São Domingos abriu o placar com um golaço de Bilú num chute certeiro à meia distância. Esse gol obrigou o Capelense a ser mais atrevido no ataque e, com isso não demorou muito para chegar ao empate, aos 35 minutos, através de Altair em cobrança de falta.

A curiosidade deste lance foi que a barreira ficou pulando e a bola chutada rasteira passou por baixo das chuteiras dos jogadores do São Domingos e, depois que a bola passou, um ficou olhando para o outro sem entender o que havia acontecido. Os últimos 10 minutos dessa etapa foram equilibrados, sem maiores lances de perigo, levando para o intervalo o resultado de 1 a 1 que não interessava ao São Domingos.


Bola no fundo das redes no primeiro gol do Capelense. Foto: Orlando Lacanna.


Lance do jogão entre São Domingos e Capelense, pela Segundona Alagoana. Foto: Orlando Lacanna.

No segundo tempo, a tônica foi o equilíbrio das ações, com pequenos períodos de domínio alternados entre uma e outra equipe o que deixou o jogo totalmente indefinido. Numa jogada bem armada pelo setor direito do ataque do Capelense, houve o cruzamento e, o avante Joab só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol, colocando o time de Capela em vantagem aos 22 minutos.


De longe, a luta pela bola no meio-campo. Foto: Orlando Lacanna.

Com o placar adverso, o São Domingos foi para o tudo ou nada, tornando o jogo mais viril, com algumas entradas mais ríspidas, exigindo maior rigor da arbitragem. Apesar dos esforços, o São Domingos só conseguiu a igualdade aos 44 minutos, num gol marcado por Josilan, que aproveitou uma bobeira geral da defesa do Capelense.

Fim de jogo com resultado de São Domingos 2 - 2 Capelense que foi péssimo para o time do técnico Peu que ficou sem chances de classificação e, em contrapartida deixou o Capelense apenas a um ponto de conseguir a passagem à segunda fase. Foi um bom jogo, tanto quanto a primeira partida, num nível técnico que me surpreendeu.

Após o encerramento da partida, segui para o hotel na companhia do Carlos Pereira, repórter da Rádio Difusora, e no caminho combinamos uma nova odisséia futebolística para o dia seguinte, desta vez envolvendo os estádios de Maceió. Aguardem os próximos posts.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário