Procure no JP

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Palmeiras elimina a Inter de Bebedouro e chega na semi do Paulista sub-20

Opa,

Após a peleja da manhã do sábado, a tarde foi reservada para outro duelo válido pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista sub-20 da Primeira Divisão. Na tensa Academia de Futebol, o Palmeiras, um dos times com melhor aproveitamento nesse certame durante esse século, recebeu a Internacional de Bebedouro em busca de uma das vagas na semi-final. 

Levei alguns minutos para conseguir a famosa autorização para permanecer dentro de campo. Isso conquistado, lá fui eu fazer as fotos oficiais dessa peleja no CT palmeirense, local que não visitava desde o dia 28 de novembro de 2009, na vitória do alvi-verde contra o Juventus por 3 x 0 pelo mesmo certame. Acho um lugar muito agradável pra se assistir uma partida de futebol. 

Vale registrar novamente as fotos exclusivas por parte do JP


SE Palmeiras (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


AA Internacional (sub-20) - Bebedouro/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Quarteto de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Nessa disputa, a Inter tinha vencido a primeira partida em Bebedouro e precisava apenas de um empate para conquistar a classificação. Após o péssimo primeiro semestre, que culminou com o rebaixamento e a volta para a segundona depois de apenas dois anos na A3, essa boa campanha no sub-20 é um alento para que os dias bons voltem para o Lobo. 


Jogadores levitando no gramado do CT palmeirense. Foto: Fernando Martinez. 

Só que o primeiro tempo não foi nada bom para a Inter, pois o Palmeiras entrou em campo disposto a reverter a vantagem do Lobo e a pulverizou ainda no tempo inicial. O primeiro tento veio logo aos 5 minutos, com Chico abrindo o placar chutando forte da pequena área após rebote do goleiro da equipe visitante. 


Início da jogada que originou o primeiro gol do Palmeiras contra a Inter de Bebedouro. Foto: Fernando Martinez. 

A equipe local jogava bem, mostrava muita qualidade no ataque e era dona da partida. Apesar de algumas boas investidas do setor ofensivo da Internacional, os primeiros 45 minutos foram todos do onze palestrino. A vantagem ficou ainda maior com dois gols de Índio, marcados aos 34 e aos 40 minutos e recebidos com enorme festa pelos palmeirenses presentes no CT. 


Ataque alvi-verde pela direita na etapa inicial, que foi toda do time paulistano. Foto: Fernando Martinez. 

Na saída para os vestiários, o marcador apontava inapeláveis 3 x 0 para o Palmeiras. Caso quisesse ter alguma chance de ainda chegar à classificação, a Internacional precisava mudar rapidamente a postura no tempo final. Após muitos copos d'água, graças ao calor que tinha chegado sem avisar, voltamos ao gramado para os últimos 45 minutos. 


Ataque do Lobo pela esquerda no começo do segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 


Grande chance de gol perdida pelo time visitante. Foto: Fernando Martinez. 

E apesar da mudança de postura, a Inter não fazia cócegas na defesa palmeirense. O jogo seguia em banho-maria e a cada minuto que passava, a certeza era que a vaga seria mesmo do time paulistano. Mas aos 30 minutos, o Lobo acertou uma boa jogada no ataque e a bola sobrou para Iago, que avançou dentro da área e chutou no canto esquerdo do arqueiro alviverde. 


Detalhe do lance do gol de Iago, o primeiro da Internacional contra o Palmeiras. Foto: Fernando Martinez. 

O gol significou um alento na esperança de vaga do time visitante. A partir desse momento, o Palmeiras resolveu se segurar na defesa e chamou a Inter para o seu campo. Aos 38 veio um lance bizarro. Jean, camisa 10 do time vermelho, cobrou escanteio fechado da direita. O goleiro Vinícius teve um momento de distração e fez a defesa após a bola ter passado milimetricamente a linha do gol. O assistente número 2 não teve dúvida e correu para o centro do campo. Era o segundo gol da Internacional. 


Aqui o polêmico momento do segundo gol da Inter de Bebedouro. A imagem pode ter captado alguns milésimos de segundos antes ou depois do lance em si, mas a visão foi que a bola realmente passou toda a linha. Foto: Fernando Martinez. 

Com o ânimo renovado, a equipe fez uma terrível blitz contra a zaga local, deixando a torcida palmeirense absolutamente apreensiva durante os 10 minutos finais da peleja. Os jogadores honraram a centenária história da Associação Atlética Internacional, mas ao apito final a classificação foi mesmo do time da capital bandeirante. 


Chegada pela esquerda da Inter nos minutos finais, ainda com a esperança do empate. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Palmeiras 3-2 Inter de Bebedouro. Na base do sufoco, o alviverde garantiu vaga na semi e agora enfrentará o Santos por uma vaga na decisão. Além de ser a quarta vez que as duas agremiações se encontram nessa fase do certame em todos os tempos (as outras foram em 1982, 2005 e 2010), o duelo marca o confronto entre os dois maiores campeões dessa categoria nesse século (o Palmeiras foi campeão em 2002 e 2009 e o Santos foi bi em 2007/2008) e também os que mais chegaram entre os quatro melhores desde 2001. 

Pena que o primeiro jogo tenha sido marcado para a cidade de Americana, longe dos olhos da torcida paulistana. Talvez isso tenha acontecido pela atual fase ruim do time profissional no Campeonato Brasileiro, o que de qualquer forma é ruim para nós que gostamos de acompanhar os campeonatos de base. Ah, a outra semi-final terá o duelo entre o Red Bull e o São Paulo. 

Após o apito final saí do CT com destino ao centro de São Paulo, pois ali teria assuntos familiares para resolver. Voltei para casa tempos depois já planejando um domingo tranquilo, pois nenhuma partida de futebol estava na agenda. É, com o final de ano chegando isso vai acontecer cada vez mais... 

Até a próxima! 

Fernando

Um comentário:

  1. infelismente saimos com a derrota.. mais com cabeça em pé de dever cumprido!!! regulamento ..

    ResponderExcluir