Procure no JP

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Massacre juventino pela Copa Ouro sub-19 (parte 1 de 2)

Fala, pessoal! 

Todo final de ano é a mesma coisa: Os campeonatos vão acabando e nós, amantes de futebol nos estádios, temos que ficar caçando pelejas aqui e ali para sustentar nosso vício. E com todas as competições organizadas pela FPF chegando ao seu final, é a hora da sensacional Copa Ouro sub-19 da Associação Paulista de Futebol pedir passagem aqui no JP

Aproveitando o clima do feriado de 15 de novembro, fui curtir o raro duelo entre Juventus e Primavera de Indaiatuba, válido pela quarta rodada do certame. E diferente do que todos possam imaginar, o jogo não foi realizado na Rua Javari em virtude da atual reforma no gramado. Com isso, tive a chance de ver minha primeira partida oficial no campo sintético da Sede Social do Juventus


Placa comemorativa da inauguração do campo da Sede Social do Juventus, acontecida em agosto de 2006 com a presença do Rei Pelé. Foto: Fernando Martinez.


Mini-arquibancada do simpático estádio dentro do clube grená. Foto: Fernando Martinez. 

Tanto o Moleque Travesso quanto o Fantasma fazem parte do Grupo A da II Copa Ouro sub-19, que também conta com CA Diadema, Ituano, Taubaté, ECUS e Atlético Mogi. O Grupo B é composto por Audax, União Mogi, Portuguesa, Red Bull, Desportivo Brasil, EC Osasco e o mineiro AD Minas Gerais, de Ouro Fino. Os times jogam entre si dentro da chave em turno e os quatro primeiros se classificam para a segunda fase. 

Atual campeão da Copa Ouro dessa categoria, o time grená é um dos favoritos ao título e prometia fazer uma bela apresentação na primeira peleja em casa (o jogo contra o Atlético Mogi, que seria realizado na rodada inicial, foi adiado por causa das chuvas). Já o Primavera, até então com uma campanha apenas mediana, apostava mesmo no fator surpresa. 

Nesse confronto tive a companhia do Renato, que estava prestes a viajar para Florianópolis para curtir duas apresentações de música clássica e três vernissages na capital catarinense que eram a sua cara. Junto com ele, entrei em campo para fazer as fotos oficiais, exclusivas na internet aqui no JP


CA Juventus (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


EC Primavera (sub-20) - Indaiatuba/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Quando a peleja começou, nada indicava que o Primavera pudesse sofrer uma goleada histórica. Em três jogos realizados, a equipe tinha sofrido apenas dois gols. Uma média boa, mas que foi simplesmente destruída pela volúpia matadora do ótimo time juventino, que joga junto há mais de um ano. 


Grande chance do Juventus pelo alto após cobrança de escanteio. Foto: Fernando Martinez. 

O ataque grená estava absolutamente inspirado e foi responsável por quase todas as oportunidades de gol vistas em campo. Aos 14, após algumas tentativas, o Juventus abriu o marcador com o ótimo camisa 11 Pedro Rocha. Ele se aproveitou de bola mal rebatida pela zaga do Primavera e chutou no canto direito para fazer o primeiro. 


Jogadores disputando a bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez. 


Marcação firme do camisa 9 Raikard contra o jogador Alan do Primavera. Foto: Fernando Martinez. 

Jogando na boa e sem sofrer sustos, o time grená marcou mais duas vezes no tempo inicial. O segundo veio aos 32 com uma bela jogada de contra-ataque que terminou com o chutaço de Danilo pela direita. O terceiro foi aos 43, quando Raikard subiu entre os zagueiros e ampliou com uma cabeçada certeira. A etapa inicial terminou com o marcador mostrando vitória parcial dos paulistanos por 3x0. 


Zagueiro do Primavera afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez. 

Para piorar a situação do Primavera, o time grená voltou para o tempo final com o instinto matador ainda mais aguçado. Logo no minuto inicial Pedro Rocha fez seu segundo gol na partida e o quarto do onze local. A superioridade era tanta que já nos perguntávamos até aonde o placar poderia chegar. 


Ataque grená pela direita no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 

Aos 13 Danilo marcou novamente em chute cruzado. Alan marcou o sexto aos 24 após belíssima jogada que envolveu todo o setor ofensivo dos grenás. Luccas pintou o sete aos 28, em chute que teve um golpe de vista do goleiro Alef que não deu certo. Nesse momento já imaginávamos que um marcador com dois dígitos poderia se transformar em realidade. 


Boa chance juventina em outra cobrança de escanteio. Foto: Fernando Martinez. 

Mesmo com a goleada já definida, o Juventus não esmoreceu, e aos 36 marcou o oitavo, novamente com Luccas, agora chutando forte da entrada da área. Cinco minutos depois, na segunda chance do onze visitante em toda a peleja, Jean chutou de longe fez um belo gol de honra. 


Jogo das sombras dentro da área do Primavera. Foto: Fernando Martinez. 

Com o placar apontando 8x1 para os donos da casa, passei a torcer só para mais um gol juventino. Explico: nunca tinha visto um placar de 9x1 ao vivo, enquanto já tinha visto por quatro vezes um 8x1. Como que numa prece que dá resultado, parece que os atletas grenás resolveram fazer essa forcinha para me ajudar a chegar nesse resultado inédito. No último ataque na peleja Pedro Rocha chutou firme da entrada da área após receber ótimo passe pela direita e marcou seu terceiro gol na manhã, o nono do Juventus. 


Detalhe do nono gol do Juventus contra o Primavera. Foi o terceiro gol do camisa 11 Pedro Rocha. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Juventus 9-1 Primavera. Foi a quarta vez que vi uma equipe marcar nove gols num jogo, mas a primeira vez que vi uma partida terminar com esse marcador específico. Juro que não esperava ver um placar assim num jogo como esse. A vitória deixou a equipe grená com duas vitórias em dois jogos, 13 gols marcados e apenas um sofrido. É, o Moleque Travesso é realmente um dos favoritos ao título. 

Após passar o restante do feriado da Proclamaçao da República na boa, voltei aos campos no final de semana para mais três partidas em três competições diferentes. 

Até lá! 

Fernando

Um comentário:

  1. Então seria este o famoso Estádio Roberto Ugolini?
    Ótima matéria, só pra variar!

    ResponderExcluir