Procure no JP

quarta-feira, 26 de maio de 2010

São Bernardo vence o Jabuca e vira líder do Grupo 6 da Segundona

Fala pessoal!

Depois da rodada tripla do sábado, acordei cedo no domingo para mais um jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Com um tempo bastante estranho, pois não definia se fazia calor ou frio, fui de trólebus até a cidade de São Bernardo do Campo para ver uma peleja com cheirinho dos anos 90: EC São Bernardo x Jabaquara. E pela primeira vez o palco desse combate foi o Baetão. Aliás, o último jogo dos dois no ABC foi em 1999, num empate de 1x1 que eu estava presente.

Ao entrar no gramado sintético do histórico estádio, a verdadeira casa do querido Bernô, encontrei o Emerson já preparado para acompanhar mais uma jornada do Leão da Caneleira. E como já acontece na maioria das partidas na Segundona, fizemos as fotos sem problema e de forma exclusiva:


EC São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Jabaquara AC - Santos/SP. Foto: Emerson Ortunho.


O árbitro Douglas Marcucci, os auxiliares Alexandre Vasconcellos e Ricardo Lanutto, o quarto árbitro Marcelo Caetano da Silva e os capitães do Bernô e do Jabuca. Foto: Emerson Ortunho.

Depois dos resultados dos jogos de sábado, o vencedor dessa partida se tornaria o novo líder do Grupo 6 da Segundona após quatro rodadas. Fora isso, o Bernô queria quebrar dois tabus. O primeiro de não vencer o Jabaquara em jogos disputados no ABC desde o longínquo ano de 1991 e também conquistar um triunfo depois de nove jogos entre os dois times sem vitória para o alvinegro. Para o Jabuca, um pontinho fora de casa já estava ótimo.


Jogadores dos dois times olhando para a bola lá no alto. Foto: Fernando Martinez.


Bolinho de atletas dentro da área do Jabuca no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

O jogo começou bastante disputado, mas logo aos 6 minutos o Bernô conseguiu marcar seu primeiro gol. Depois de cobrança de escanteio pela esquerda, a bola ficou sambando dentro da pequena área jabaquarense e o jogador André acabou por tocar para o fundo das redes. O Jabaquara sentiu o gol e passou a ser dominado pelo adversário.


Bola zanzando dentro da área do Jabaquara no lance do primeiro gol do Bernô. Foto: Emerson Ortunho.


Zaga do onze santista tirando o perigo de perto da área. Foto: Fernando Martinez.

Mas o domínio do Bernô era apenas na posse de bola, e a maior parte do primeiro tempo foi com os times concentrando o jogo no meio-de-campo, sem tantas chances reais de gol. O intervalo então veio com a vantagem parcial dos donos da casa. Aproveitamos para irmos para as arquibancadas do Baetão conversar com nossos amigos das duas torcidas. Conversamos bastante com os amigos Thiago e Pedro, que estavam lá empurrando o time da casa. Também encontramos o Mau!, que tem o ótimo blog "As Mil Camisas" e fã do "lado B" do futebol como nós.


Chance ótima para o Bernô no começo da etapa final. Foto: Fernando Martinez.


O Jabaquara tentou empatar nessa bola alçada sem sucesso. Foto: Fernando Martinez.

Para o segundo tempo ficamos acompanhando o ataque do onze santista com alguns membros da diretoria do time. O Jabuca melhorou em relação ao primeiro tempo, mas não o suficiente para assustar o São Bernardo. A equipe rubro-amarela chegou por mais de uma vez dentro da área adversária, mas não chutava para o gol. Para piorar a situação da equipe, o Bernô passou a levar perigo em contra-ataques durante todo o tempo final.


Mais uma muvuca dentro da área do Bernô e mais uma vez o leão da Caneleira não marcou o seu. Foto: Fernando Martinez.

Nos minutos finais a pressão do Jabuca aumentou, mas para a infelicidade da sua imensa torcida distribuída pelos quatro cantos do Brasil, a equipe não conseguiu chegar ao empate. Final de jogo: São Bernardo 1-0 Jabaquara. Depois de muito, mas muito tempo mesmo, o Bernô termina uma rodada como líder de seu grupo numa competição profissional. O Jabaquara caiu para a quinta colocação e precisa vencer o Palestra no próximo jogo para voltar ao G4. E para a felicidade da sua torcida, em breve a Caneleira poderá ser novamente utilizada...

E após o jogo ainda conversamos bastante com o pessoal por lá antes de tomarmos nosso rumo de volta para a capital paulista. E com muitas idéias em ebulição para o futuro do JP na mente...

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário