Procure no JP

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Primeira Camisa arranca empate fora de casa pela Segundona

Olá,

No último final de semana, aconteceu a segunda rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão com o JOGOS PERDIDOS marcando presença em três partidas, sendo duas no sábado à tarde e uma no domingo pela manhã. Iniciei minha jornada logo após a hora do almoço do sábado, viajando pela Rodovia Ayrton Senna com destino à vizinha cidade de Mogi das Cruzes, para acompanhar no Estádio Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, o jogo União F.C. x F.C. Primeira Camisa, da cidade de São José dos Campos.

Essa partida envolvia duas equipes que tinham vencido na rodada inaugural e, diante disso, ficava a expectativa se uma delas conseguiria manter o aproveitamento de 100%. Logo que cheguei ao estádio fui para o interior do gramado para fazer as fotos oficiais, as quais apresento abaixo:


União F.C. - Mogi das Cruzes/SP. Foto: Orlando Lacanna.


F.C. Primeira Camisa - São José dos Campos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


O árbitro Adalton William da Cunha, os assistentes Jairo Martins de França e Alexandre Matos Resende e o quarto árbitro Márcio André Moreira acompanhados pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

A partida começou bem movimentada, com o União marcando presença no campo de ataque logo aos 4 minutos, através de uma cabeçada perigosa de Léo que assustou o goleiro do time visitante. Os dois times exerciam forte marcação, dificultando o surgimento de jogadas ofensivas e com isso, o jogo ficou muito concentrado entre as duas intermediárias, com as equipes se limitando a conseguir um ou outro cruzamento, que os zagueiros e os goleiros conseguiam neutralizar. 


Um dos cruzamentos do União para a área do Primeira Camisa na etapa inicial. Foto: Orlando Lacanna.


Agora um cruzamento do Primeira Camisa para a área do União. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar das poucas jogadas ofensivas, o União mantinha por mais tempo a posse da bola e numa dessas jogadas, aos 34 minutos, o avante Bruno Rios conseguiu escapar pela esquerda, se livrar da dupla marcação e fazer o cruzamento. Mas a bola percorreu toda a extensão da área e não surgiu ninguém do time de Mogi das Cruzes para o arremate final.


Goleiro Wander Luís do Primeira Camisa desviando mais um cruzamento. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar dos esforços dos dois times, ninguém conseguiu mexer no placar e com isso o primeiro tempo foi encerrado com o marcador em branco. Para a etapa final ficou a esperança de que os ataques pudessem ter melhor rendimento, exigindo mais dos goleiros que pouco trabalharam.

Com a bola voltando a rolar, os primeiros minutos foram animadores, com os ataques mostrando mais disposição, sinalizando que a abertura da contagem poderia acontecer a qualquer momento. Nesse contexto, o União foi mais objetivo e abriu o marcador aos 9 minutos, através de Bruno Rios cobrando pênalti.


Goleiro num canto e bola no outro, no gol de abertura do União. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de ter sofrido o gol, o Primeira Camisa adiantou a marcação e passou a apertar com mais frequência o setor defensivo dos donos da casa, tanto que aos 27 minutos chegou com muito perigo pela meia esquerda numa jogada individual de Moreira, cujo arremate explodiu contra o travessão da meta defendida por Leandro. No rebote, o avante Rômulo cabeceou para o fundo da rede do União, mas o lance foi impugnado pelo assistente que marcou impedimento.

A partida se mantinha equilibrada, com o União se resguardando um pouco mais e o time visitante procurando explorar mais o ataque, principalmente forçando as jogadas pelo meio da defesa do União. Numa dessas, o empate acabou acontecendo aos 42 minutos, numa bola enfiada pelo meio e muito bem aproveitada pelo atacante joseense Steven, que com um leve toque tirou do goleiro e mandou a bola para o fundo da rede mogiana.


Penetração pelo meio de Steven que resultou no gol de empate. Foto: Orlando Lacanna. 

Após o gol de empate o União saiu com tudo visando recuperar a vantagem no placar e quase conseguiu, pois aos 43 minutos teve mais um pênalti a favor. A cobrança ficou a cargo de Bruno Rios, só que dessa vez o goleiro adivinhou o canto e praticou a defesa, frustrando a torcida local, que já se preparava para soltar o grito de gol mais uma vez.


Defesa do goleiro Wander Luís evitando o segundo gol do União em cobrança de outro pênalti. Foto: Orlando Lacanna.

Quando da marcação do segundo pênalti, o Primeira Camisa teve o seu atleta Moreira expulso recebendo o cartão vermelho direto, por ter dado uma peitada no árbitro, deslocando-o do lugar. A partida continuou por mais alguns minutos e foi encerrada com o placar mostrando União 1 - 1 Primeira Camisa, que deixou as equipes na 3ª e 2ª posições respectivamente com 4 pontos cada uma. Vale lembrar que as quatro primeiras colocadas de cada um dos seis grupos passarão para a segunda fase.

Fim de jogo e imediato retorno para a Capital correndo o risco de enfrentar uma grande chuva durante todo o trajeto, a qual acabou desabando quando estava chegando em São Paulo. Ela causou inúmeros transtornos, mas nada que impedisse planejar o jogo a ser acompanhado do domingo pela manhã valendo acesso para a Série A2. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário