Procure no JP

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Na bacia das almas, o Juventus garante vaga na Segunda Fase da Série A3

Fala pessoal!

Domingo de decisão na última rodada do Campeonato Paulista da Série A3 e o JOGOS PERDIDOS não poderia ficar de fora. O Orlando foi acompanhar a luta da Portuguesa Santista contra o rebaixamento, enquanto eu fui para o Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, para curtir in loco praticamente a decisão da última vaga para a fase semifinal da competição. Jogando pela primeira vez na história, Juventus e Atlético Araçatuba definiriam a sorte no ano em 90 minutos.

Graças a um casamento concorrido e bastante nostálgico que durou o dia todo do sábado, não consegui acordar na hora para chegar com tempo das fotos posadas. Mas não tem problema, já que o David conseguiu pelo menos fazer a foto das equipes perfiladas. E o jogo era fundamental para que o Juventus continuasse com o sonho do acesso ainda vivo. Depois de cair assustadoramente de ritmo na segunda metade da primeira fase da competição, o time paulistano precisava unicamente da vitória, pois os três pontos tirariam justamente o time de Araçatuba do G-8, garantindo a vaga dos grenás.


Times alinhados para o Hino Nacional Brasileiro na Javari. Foto: David Libeskind.

Mas não teríamos jogo fácil, já que o onze mooquense estava sem vencer desde o 5x0 que fez no Palmeiras B no dia 10 de março. Dali para frente foram cinco empates e duas derrotas, levando o time à incômoda 9ª colocação após a antepenúltima rodada. E para torcer para o Moleque Travesso, uma série de figuras lendárias estavam misturadas no grande público presente no estádio. Além dos membros do JP, David, Victor e o agregado seu Natal, os amigos Mílton e Maurício "Nassau" e o quarteto fantástico da Javari também deram as caras por ali.


Ataque juventino pela direita no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Empurrado pela ótima presença de público, o Juventus partiu pra cima do Atlético, levando bastante perigo com uma forte marcação sob pressão. Os grenás conseguiram inclusive uma bola na trave, em grande chute de Guilherme, e parecia que o dia seria só de festa na Javari. Só que o time visitante não estava ali somente a passeio e também criou chances em rápidos contra-ataques. O goleiro Gustavo apareceu bem e fez duas ótimas defesas.


O primeiro tempo não estava fácil, com o Juventus não conseguindo ultrapassar a defesa forte do Atlético. Foto: Fernando Martinez.

Só que aos 23 minutos o Atlético Araçatuba conseguiu marcar o primeiro gol do jogo após confusão na área e conclusão precisa de Serjão. O astral juventino em campo desabou depois do time sofrer esse gol e o restante do primeiro tempo foi um sofrimento só. O time da casa não conseguia mais chegar ao gol adversário, a torcida passou a ficar irritada e o Atlético ainda quase chegou ao segundo gol nos acréscimos. A coisa estava feia na Javari...

No intervalo, com a Javari ainda mais cheia ainda em virtude da abertura dos portões para a galera que ficou sem ingresso fora do estádio, conversamos bastante sobre de uma eventual desclassificação grená, o que seria um absoluto desastre para as pretensões do clube em 2010. Mas como a esperança é a última que morre, nos animamos um pouco quando vimos que o veterano Alex Alves entraria no time na segunda etapa. Fora da equipe do Juventus desde a derrota contra o Red Bull na segunda rodada da competição, a presença do craque fez a diferença durante o tempo final.


Bola alçada na área do time de Araçatuba, em mais um "momento-estátua" de alguns jogadores. Foto: Fernando Martinez.


A marcação eficiente do time amarelo não funcionou na segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

Demorou um pouco para o time entrar no ritmo do jogador, mas após os 10 minutos dessa segunda etapa o jogo foi todo do Juventus. Aos 14 a primeira festa no estádio com o claríssimo pênalti do zagueiro Dias em cima do atacante Michel. Na cobrança, Marcos bateu com classe no canto direito de Guilherme e deixou tudo igual no marcador. A pressão era imensa, e eu já sentia que a virada estava próxima.


Primeiro gol grená em cobrança de pênalti do jogador Marcos. pena que o gandula também queria ter aparecido na foto. Foto: Fernando Martinez.

E ela veio em grande estilo, com o zagueiro Raphael completando escanteio da direita numa meia-bicicleta que não deu chances para o goleiro do Atlético. Golaço e muita festa na torcida, já que o resultado que parecia impossível de acontecer estava estampado no placar em apenas 22 minutos da etapa final.


Detalhe da meia-bicicleta que deixou o Moleque Travesso na frente do marcador. Foto: Fernando Martinez.

O Juventus então se postou na defesa após a virada, aguardando uma eventual pressão do Atlético Araçatuba em busca novamente da igualdade, que deixaria a equipe do interior paulista classificada. Mas dali até o apito final o Moleque Travesso não sofreu nenhum susto, já que o time amarelo não conseguiu entrar na área grená. E por muito pouco os donos da casa não ampliam o marcador em contra-ataques pelos dois lados do campo. Com esse panorama no gramado, a torcida só esperava o jogo acabar para a festa ficar completa.


O Atlético não conseguiu empatar o jogo e ainda viu o Moleque Travesso levar perigo em ataques rápidos no final do segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Juventus 2-1 Atlético Araçatuba. Mesmo tendo feito um esforço para não se classificar, o Moleque Travesso chegou à fase semifinal da Série A3 muito pelo bom futebol que mostrou na primeira metade da fase inicial. Torcemos para que, agora com o campeonato começando do "zero" de novo, o time da Mooca consiga forças para voltar ao segundo escalão do futebol paulista. O time caiu numa chave que também tem as equipes do Palmeiras B, Penapolense, e o adversário da estréia em casa Red Bull. Chave bem difícil, mas confiamos no futebol do time. Do outro lado, Comercial, Ferroviária, XV de Jaú e XV de Piracicaba duelam num grupo espetacular e imprevisível que tem cheiro de anos 60.

Depois do jogo ainda fomos para a sala de comunicação do estádio curtir os resultados finais dessa super rodada da Série A3. Ficamos ali conversando com todo mundo, mas o dia de futebol ainda não tinha terminado, pois uma rodada dupla nos aguardava ali mesmo na parte da tarde.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário