Procure no JP

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Paulista e Macaé empatam sem gols pela Série D em Jundiaí

Olá pessoal!

Está em pleno vapor a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. E somente um clube de São Paulo ainda está vivo em busca de uma vaga na Série C de 2010. Domingo então fui pela Rodovia Anhanguera até a cidade de Jundiaí, aonde Paulista e Macaé fariam o jogo de ida dessa fase. A partida aconteceu no tradicional estádio jundiaiense, o Jaime Cintra. Mesmo já tendo visto o time do Rio de Janeiro na gloriosa viagem para Angra dos Reis em 2004, a partida era interessantíssima.

Representando o JP, tive a companhia do seu Natal e do David. O amigo Rodrigo Colucci também deu as caras para o jogão da "esperança" paulista na Série D 2009. Após uma viagem sem percalços e com muito bate-papo, chegamos em Jundiaí cedo e sem correria. Já fui então garantir minha liberação para entrar no campo de jogo e garantir as fotos oficiais da partida:


Paulista FC - Jundiaí/SP. Foto: Fernando Martinez.


Macaé EFC - Macaé/RJ. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times e trio de arbitragem da partida. Foto: Fernando Martinez.

Nessa fase da Série D sobraram 20 times. Essas equipes jogam um mata-mata para definir os 10 times que vão para a terceira fase do campeonato. E como a regra é a mesma da Copa do Brasil - gol fora vale o dobro no critério de desempate - fazer é importante, mas não tomar gols em casa talvez seja o maior desafio. O Paulista estava de olho e o jogo prometia bastante, pois o Macaé vem fazendo ótima campanha.


Atacante do Paulista correndo atrás do zagueiro do Macaé. Foto: Fernando Martinez.


Zagueiro do Macaé marcando forte ataque do Galo pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Por causa do sol, fiquei de um lado só durante os 90 minutos. Acompanhei então o ataque do Galo no primeiro tempo. Mas no frigir dos ovos, o jogo foi bem abaixo do esperado nesse tempo inicial. Os atacantes das duas equipes não estavam num dia inspirado, e a partida não teve emoções mais fortes nos primeiros 45 minutos iniciais.


Chegada do time do Paulista pela esquerda do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo fui me refrescar do forte calor na simpática sala de imprensa do Jaime Cintra. Sanduíches e refrigerantes providenciais para conseguir segurar a bronca por mais 45 minutos. E conversando com os amigos da imprensa de Jundiaí, todos concordavam que o principal mesmo era não sofrer gol nessa segunda etapa.


Zaga do Macaé sobe mais alto para afastar o perigo. Foto: Fernando Martinez.


Chegada do ataque do Macaé no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

A partida então começou um pouco melhor no segundo tempo. O Paulista tentava chegar mais forte, mas deixava o contra-ataque aberto para o time do estado do Rio. Aos poucos o Galo foi chegando mais forte e as chances começaram a pintar. A equipe chegava bem pelas laterais, sempre com a zaga colocando para a linha de fundo. Mas esse bom número de escanteios não foi bem aproveitado pelo time da casa.


Falta para o Macaé perto da área do Paulista. Foto: Fernando Martinez.

As três melhores chances de gol da partida então vieram em sequência. As duas primeiras foram do Paulista. Na primeira, Amauri apareceu sozinho na frente do goleiro Lugão mas chutou em cima dele, perdendo gol feito. Logo depois, Cléber acertou a bola na trave do Macaé. E no contra-ataque, o zagueiro carioca Amauri apareceu cara-a-cara com o goleiro Felipe Alves. Mas na hora do chute, a zaga do Galo apareceu e desarmou o defensor na hora "H".


Escanteio para o time visitante no tempo final da partida. Foto: Fernando Martinez.

Após essas chances, o jogo ficou novamente em banho-maria, sem nenhuma chance de alguém abrir o marcador. Final de jogo: Paulista 0-0 Macaé. O empate não foi de todo mal para os paulistas, pois precisam empatar com gols para se classificar. Ao Macaé, resta a força de jogar em casa e o time conta com o bom retrospecto no Rio para conseguir a vaga.

Saindo do estádio, aproveitamos para fazer uma boquinha na ótima lanchonete que fica na frente do Jaime Cintra. E durante toda a viagem de volta, percebemos que o David não estava nos seus melhores dias... mas fase é fase. E nesse meio-de-semana teve rodada digna da antiga série "Especial do Mês" que era bastante comum aqui no JP.

Até lá...

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário