Procure no JP

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

JP em Itapevi, na estréia do sub-20 da Segunda Divisão

Fala pessoal!

No último sábado começou um dos campeonatos mais legais, e ao mesmo tempo perdidos, do estado de São Paulo. O Campeonato Paulista sub-20 da Segunda Divisão teve sua primeira rodada e eu fui verificar um jogaço entre dois times que não disputam o futebol profissional. Numa viagem por extremos da Grande São Paulo, fui até a cidade de Itapevi, mais precisamente no Estádio Municipal André Nunes Júnior, aonde Montana Itapevi e Embu-Guaçu jogaram em partida válida pelo Grupo 6.


Fachada do Estádio Municipal André Nunes Júnior em Itapevi. Foto: Fernando Martinez.

Sair do Jabaquara e chegar em Itapevi não é difícil, mas é extremamente demorado. Segui de metrô do Jabaquara até a Sé, dali até a Barra Funda e depois fui de trem até o "ponto final" da linha Diamante da CPTM, que é a própria Estação Itapevi. Do momento que saí de casa até chegar na porta do estádio, foram duas horas e quinze minutos de correria. Alguém que decolou para Buenos Aires no mesmo momento que saí de casa chegou antes na terra do tango do que eu em Itapevi.

Mas chegar no estádio é tranqüilo, já que andamos por volta de 10 minutos até chegar no estádio. Já tinha visitado o lugar em 2007, então ficou ainda mais fácil. E esse jogo era imperdível justamente por ter dois times que não jogam na Segundona e por poder fazer nossas perguntas de sempre sobre o futuro das equipes. E antes de falar sobre eles, seguem as fotos oficiais do jogo:


AA Montana Itapevi (sub-20) - Itapevi/SP. Foto: Fernando Martinez.


CA Embu-Guaçu (sub-20) - Embu-Guaçu/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

E os dois times, mesmo fora do profissionalismo, pretendem jogar a nossa Segundona em breve. O Montana Itapevi nada mais é do que a antiga Cubatense, que disputou a Segunda Divisão somente em 2005 e desapareceu depois. O Montana não tem nenhuma relação com o time de Cubatão, mas utilizou a filiação dele para poder entrar como filiado na FPF. Falta dar um jeitinho no estádio, mas é questão de tempo. Ah, e é a estréia do time no sub-20.

Já o Embu-Guaçu disputou o sub-20 em 2008, mas não conseguiu jogar a Segundona desse ano por também problemas no seu estádio. Mas de acordo com o pessoal do clube, também é algo que vão resolver, pois a equipe quer jogar no profissional já em 2010. E se tudo der certo ainda visitaremos a cidade nesse campeonato.

Mas vontades à parte, o jogo do sábado foi a estréia dos times no Grupo 6, que também tem a presença dos times do Taboão da Serra, Elosport e Paulistano de São Roque. O campeonato terá a presença de 39 times (uma vez que o Atlético Araçatuba desistiu) divididos em sete grupos de cinco equipes e um de quatro agremiações. Para a Segunda Fase, os dois primeiros de cada grupo garantem vaga.


Zaga do Embu-Guaçu afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez.

Por ser a primeira rodada nem imaginava o que veria em campo. E graças ao sol que estava fazendo fiquei ao lado do banco de reservas do estádio para acompanhar o jogo. E logo aos 2 minutos o Embu-Guaçu mostrou seu cartão de visitas e abriu o marcador. Num lançamento longo, a zaga do Montana tentou cortar, mas a bola bateu em jogador do time amarelo e sobrou livre para o camisa 15 Helinton encher o pé e deixar o time do Embu-Guaçu na frente do marcador.


Falta para o time visitante que levou bastante perigo ao gol dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

A equipe visitante começou melhor, mas aos poucos o time do Montana foi equilibrando as ações. Ataque bem feitos pelas laterais deixavam a zaga e o técnico do Embu-Guaçu preocupados. E aos 21 minutos veio o empate. Num lançamento longo para o jogador Marcos, ele foi mais esperto que a zaga adversária, tirou do goleiro e correu para comemorar o seu gol. Festa da boa torcida do Montana nas arquibancadas.


Detalhe do gol de empate do Montana, marcado pelo jogador Marcos. Foto: Fernando Martinez.

O jogo continuou bastante equilibrado, com os dois times chegando forte e criando boas chances de gol. Mesmo com o insuportável calor, a partida teve um bom ritmo. Mas ao final dos primeiros 45 minutos, tudo igual no marcador. E lá fui eu buscar alguma coisa para me refrescar.


Chegada boa do time do Montana no primeiro tempo, mas com a marcação firme da zaga do Embu-Guaçu. Foto: Fernando Martinez.

Consegui achar um bebedouro ao lado dos vestiários, e ali mesmo fui conversar com o presidente do Montana, o sr. José Cândido. Muito simpático comigo, contou os planos do time e que pretende se tornar profissional no máximo em dois anos. Ele agradeceu bastante a presença do JP por lá e torcemos para que o time possa jogar a Segundona em breve. Encontrei por ali também o amigo Rodrigo Colucci, de olho nas camisas das duas equipes.


Atacante do Montana deixa marcador no chão e arma belo contra-ataque na segunda etapa.

O segundo tempo então veio com as duas equipes buscando a vitória, e vi o jogo da mesma agradável sombra. O ritmo diminui um pouco, talvez pelo forte calor, mas isso não signifca que a partida não foi boa. Foi um daqueles jogos muito bons de se ver.


Disputa de bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez.

O placar após o segundo tempo poderia muito bem ter ficado em 3x3 ou até um 4x4, tamanha a quantidade de chances perdidas pelos dois ataques. O camisa 16 do Montana, Vítor, foi o destaque nessa segunda etapa. Ele entrou e fazia miséria no lado esquerdo do ataque do time local. Mas o ataque do Embu-Guaçu também aprontava das suas, e também levava bastante perigo.


Jogador do Montana sofrendo marcação "alada" do zagueiro do Embu-Guaçu. Foto: Fernando Martinez.

Mas ao final do segundo tempo não tivemos mais alteração no placar. Final de jogo: Montana Itapevi 1-1 Embu-Guaçu. Bom jogo na quente tarde de sábado, e os dois times vão em busca da vaga para a Segunda Fase do sub-20. Com certeza estaremos de olho e mais jogos vão aparecer por aqui.

Quando estávamos info embora encontramos o presidente do Embu-Guaçu, Roberto Carlos do Nascimento. Ele agradeceu bastante minha presença lá no jogo contra o Elosport, pelo sub-20 de 2008. Conversamos muito e ele confirmou que o time quer muito jogar no ano que vem. Bom, eles já tem também nossa torcida... sempre é bom ver times antigos que já jogaram no profissionalismo (o Embu jogou de 1986 até 1991) voltarem ao futebol. Também pediu nossa presença por lá nesse campeonato. Conseguindo armar um esquema legal estaremos lá.

Fui então com o Colucci fazer meu almoço do dia, e depois disso voltamos pelos trilhos da CPTM até São Paulo. Viagem tranqüila, com a conversa em dia e o belo entardecer... isso faz bem para a mente, sempre.

E no domingo ainda tive forças para acordar cedinho, cedinho para meu primeiro jogo na Copa Paulista 2009...

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário