Procure no JP

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Pão de Açúcar consegue o acesso para a Série A3 de 2009

Olá,

No dia do quarto aniversário do JOGOS PERDIDOS que rolou no último sábado, a melhor maneira que encontrei para comemorar essa data foi estar presente num estádio acompanhando a mais uma partida do emocionante Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Por conta disso, no fim da tarde, rumei até a cidade de Campinas e, juntamente com um dos nossos amigos, o Luciano Claudino, segui até o Estádio Moisés Lucarelli para conferir a importante partida Red Bull F.E.L. X Pão de Açúcar E.C. válida pela penúltima rodada da terceira e decisiva fase da competição.

Em razão da vitória do Campinas sobre o Américo por 4 a 2, em partida realizada no sábado pela manhã em Américo Brasiliense, o Pão de Açúcar entrou em campo com o acesso para a Série A3 já garantido, mas mesmo assim, foi possível perceber durante o aquecimento dos atletas que o entusiasmo continuava grande, pois agora o objetivo tinha passado a ser a conquista do título e, para isso, o PAEC teria que terminar essa fase na primeira colocação do Grupo 12.

Por outro lado o Red Bull Brasil jogava tudo para permanecer vivo no campeonato, uma vez que uma derrota daria de mão beijada o acesso para o Campinas F.C. Com tantos objetivos em jogo, a partida prometia ser sensacional e, antes que a bola começasse a rolar, fiz as fotos dos times e dos árbitros que estão abaixo:


Red Bull F.E.L. - São Paulo/SP (mandando seus jogos em Campinas). Foto: Orlando Lacanna.


Pão de Açúcar E.C. - São Paulo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem formado por Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral e seus assistentes Márcio Luiz Augusto e Carlos Augusto Nogueira Júnior, acompanhado pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

A partida teve início e o Red Bull Brasil tomou o primeiro susto logo aos 3 minutos, quando o zagueiro do PAEC Éverton esteve muito próximo de abrir o placar e só não conseguiu, graças ao arrojo do goleiro Luiz Fernando que praticou ótima defesa. Não demorou muito e, aos 5 minutos, o Pão de Açúcar novamente chegou perto do seu gol inaugural, agora nos pés de Sérgio Lobo que recebeu um passe açucarado de Juca, porém a conclusão foi defeituosa e a chance foi para o espaço.


Defesa de Luiz Fernando evitando o primeiro gol do PAEC no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de passar por dois momentos de perigo, o Red Bull Brasil foi se soltando na partida e começou a exercer um domínio territorial até por volta dos vinte e cinco minutos, porém não conseguia criar jogadas de maior perigo, até porque o setor defensivo do PAEC, até então, estava muito bem na partida.


Defesa do Pão de Açúcar neutralizando tentativa de ataque do Red Bull Brasil. Foto: Orlando Lacanna.

Nessa toada, aos 29 minutos, os visitantes encaixaram um rápido contra-ataque através de Paulo que limpou a jogada e mandou um tirambaço que foi espetacularmente defendido por Luiz Fernando, porém pela força do chute, a bola ia mansamente se encaminhando para o fundo da rede, mas para felicidade do time do energético, apareceu o pé salvador do defensor Fernando e o perigo foi afastado.


Início de ataque do Pão de Açúcar no primeiro tempo. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo continuava muito movimentado, com o Red Bull Brasil tendo mais a posse da bola e o Pão de Açúcar criando as jogadas mais perigosas, porém não as aproveitando. Tudo levava a crer que a primeira etapa iria terminar empatada sem gols, quando aos 40 minutos, o time da casa inaugurou o placar num golaço marcado por Cézar que recebeu um passe pelo alto, matou a bola no peito e, num giro rápido, mandou a pelota para o fundo do gol defendido por Washington que nada pôde fazer no lance, levando para o intervalo a vantagem mínima a favor do Red Bull Brasil.


Jogada de ataque do Red Bull Brasil na etapa inicial. Foto: Orlando Lacanna.

Após um intervalo que passou super rápido, a partida foi reiniciada e logo de cara, aos 2 minutos, o Red Bull Brasil perdeu uma chance incrível de aumentar o placar, numa jogada que começou pela esquerda e que acabou num cruzamento rasteiro que quase foi aproveitado por Mogi que chegou uma fração de segundo atrasado na jogada. Aos 6 minutos, os visitantes responderam com Piovesan que não alcançou a bola próximo à pequena área e acabou desperdiçando mais uma chance.


Mais uma jogada de ataque do Pão de Açúcar que não foi aproveitada. Foto: Orlando Lacanna.

A disputa continuava intensa, com as duas equipes se alternando em levar perigo à meta adversária, quando aos 10 minutos, o Red Bull Brasil teve uma falta a seu favor na altura da intermediária pelo lado direito, que foi magistralmente cobrada por Tiago Henrique que mandou a bola no ângulo direito da meta do Pão de Açúcar, marcando o segundo gol da sua equipe.


Bola indo para o fundo da meta do PAEC no segundo gol do Red Bull Brasil. Foto: Orlando Lacanna.

O Red Bull Brasil, após conseguir a diferença de dois gols, passou a cadenciar o ritmo da partida, procurando fazer o tempo passar e só saindo para o ataque em rápidas escapadas. Por outro lado, o Pão de Açúcar em desvantagem no placar, procurou de todas as formas diminuir a diferença, mas seus atacantes não estavam numa noite feliz em termos de conclusão, além de demonstrarem um pouco de afobação na troca de passes. Como não era mesmo uma noite favorável ao Pão de Açúcar, aos 45 minutos, o meia Juca que estava bem próximo da pequena área, cabeceou a bola no travessão.

O árbitro acresceu quatro minutos, porém o placar não foi mexido e, dessa forma, a partida foi encerrada com o marcador apontando Red Bull Brasil 2 - 0 Pão de Açúcar que deixou o time da casa a uma vitória da conquista do acesso, pois se conseguir vencer o duelo contra o Campinas no próximo domingo no Cerecamp, chegará à Série A3 em 2.009. Com relação ao Pão de Açúcar, a derrota pouco significou, uma vez que além de já ter garantido o acesso, bastará vencer em casa o eliminado Américo para fechar como primeiro colocado do seu grupo e disputar o título com o vencedor do outro grupo que poderá ser o Batatais ou o Grêmio Osasco.

Jogo encerrado e pé na estrada novamente, agora rumo a São Paulo para uma boa noite de descanso, pois no domingo cedo a jornada iria continuar, agora envolvendo mais uma cobertura de partida valendo pela Copa Paulista de Futebol. Aguardem.

Abraços

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário