Procure no JP

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Guarani massacra o Confiança pela Série C

Fala pessoal!

Depois de matar dois times geniais do final-de-semana, tinha como meta mais um time novo no ingrato horário de segunda-feira, sete da noite. Mesmo depois de ir no dentista e ganhar o combo três pontos + anestesia-monstro, consegui forças para ir de forma supersônica até a cidade de Campinas para um jogo de Fase Final do Campeonato Brasileiro da Série C. Seguindo pela Anhangüera a 180 por hora, ceguei em cima da pinta no Estádio Brinco de Ouro da Princesa para o jogo entre o Guarani e um dos times que sempre quis assistir, desde moleque, o Confiança de Sergipe.

Como sempre, fui devidamente autorizado a adentrar o histórico gramado campineiro para as fotos oficiais da partida. Pena que o time do Confiança não tenha respeitado o horário para entrar no campo A equipe deu o ar da graça somente às 7 em ponto e ainda por cima achou que o pessoal de Campinas que tinha os desrespeitado por não "terem esperado o time para tocar o Hino Nacional".

Confusões à parte, quem dançou foi o que vos escreve, pois ficou na lateral do campo esperando o time azul posar para a foto, mas que só ganhou mesmo um vácuo. Mas tudo bem, seguem as fotos do Guarani e do trio de arbitragem, que posaram sem problemas:


Guarani FC - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida Guarani x Confiança. Foto: Fernando Martinez.

Logo após as fotos fui buscar um lugar nas arquibancadas para ver um jogo decisivo para o Guarani, que se ganhasse por uma boa margem de gols voltaria ao G-4 faltando cinco jogos para o final da Série C. A equipe precisava voltar a marcar pontos depois de três derrotas seguidas, uma delas inclusive para o mesmo Confiança. Os sergipanos tentavam também manter sua colocação perto da zona de classificação. Nos primeiros minutos do jogo já vimos que seria uma partida complicada para o Bugre. O Confiança começou bem e quase marcou seu gol no início.


Toque de bola no meio de campo no começo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Guarani aos poucos foi se arrumando em campo e criou boas chances de abrir o placar, mas todas foram desperdiçadas. Mas aos 25 minutos a torcida bugrina fez a festa, quando Nunes acertou um sem pulo no canto esquerdo do goleiro do time de Sergipe e marcou o primeiro do jogo. Mas depois desse gol o Bugre se acomodou e deixou espaços para o Confiança tocar bem a bola. Os visitantes encurralaram o Guarani no campo de defesa e o gol parecia perto. Ele realmente veio aos 45 minutos, com o jogador Cristiano Alagoano cabeceando sozinho. Jogo no intervalo com a igualdade no placar e a torcida presente no Brinco indignada com a atuação do time no final da primeira etapa.


O Confiança tentou surpreender no começo, como nessa chance. Foto: Fernando Martinez.


Mais uma chegada do time sergipano. Foto: Fernando Martinez.

Aproveitei o intervalo para matar a saudade dos deliciosos pastéis do Brinco de Ouro. Como já é tradição nas minhas idas ao estádio do Guarani, fiz a festa com alguns pastéis de queijo. Tudo bem que isso complicou ainda mais minha situação dentária, mas nada que uma nova consulta não arrume tudo. O curioso na lanchonete de lá é a quantidade de garotos pedindo dinheiro para comer. Como que eles conseguem entrar lá? Eles pagam ingresso? Enquanto estava por ali, um deles em especial me chamou a atenção, pois comeu cinco pastéis e tomou seis refrigerantes, só na base da cortesia do pessoal. Acho que da próxima vez também vou ficar pedindo, quem sabe não consigo comer mais?


Tendo como belíssimo cenário o final de tarde em Campinas detalhe do jogo entre Guarani x Confiança. Foto: Fernando Martinez.

Bom, já satisfeito fui ficar mais perto do campo para o segundo tempo. De outro ângulo vi um verdadeiro massacre em campo, numa das maiores atuações que já vi de um time num tempo de jogo. O Guarani veio com tudo e simplesmente triturou a equipe do Confiança. Os primeiros 15 minutos foram fantásticos para a equipe da casa. Aos 2 minutos, Fernando Gaúcho cabeceou uma bola na trave.

Aos 5 o jogador Xandão fez o segundo do time campineiro de cabeça, inclusive com o gol sendo o milésimo da Série C 2008. Aos 11, num contra-ataque rápido depois de boa chance do Confiança, Fernando Gaúcho não desperdiçou e chutou forte para fazer o terceiro. Dois minutos depois uma pintura de gol quando o mesmo Fernando Gaúcho acertou um voleio para o fundo da rede do time de Sergipe. Guarani 4 a 1 em menos de 15 minutos da segunda etapa.


Momento em que Xandão subia mais alto para marcar o milésimo gol da Série C 2008. Foto: Fernando Martinez.

Completamente perdidos em campo, os jogadores do Confiança até tentaram assustar, mas a noite era bugrina, e o goleiro Gesiel fez algumas ótimas intervençõe para evitar que o time do Nordeste diminuísse o placar. Aos 23 minutos porém, mais uma bola na trave para o Guarani e aos 27 o time finalmente chegou ao seu quinto gol, com um belo chute de Maranhão. O time da casa perdeu a chance de aplicar uma goleada histórica no seu adversário, inclusive com mais uma bola na trave antes do jogo acabar. A torcida fazia uma festa absurda nas arquibancadas, e cantava sem parar "vamos subir, Bugre!"


Escanteio do Guarani pela direita no segundo tempo em que massacrou os sergipanos. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Guarani 5-1 Confiança. O time de Campinas agora é o terceiro colocado na Fase Final da Série C. Ainda faltam cinco jogos, e agora com dois jogos seguidos fora de casa a ordem é ganhar pelo menos um deles. Para o Confiança, que agora ocupa o sexto lugar, fica a certeza que o time não pode dar o apagão que deu no segundo tempo caso queira sua vaguinha na Segundona 2009. Mas nessas cinco rodadas que faltam, muita coisa ainda pode acontecer.

Após o jogo ainda consegui uma carona extremamente providencial até a cidade de São Paulo, com uma companhia super agradável de um pessoal bastante conhecido pelo pessoal do JP. E já passei a pensar no que farei no final-de-semana. Os planos são ótimos, torçam para tudo dar certo! E tudo sem dor de dente!

Até mais

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário