Procure no JP

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Campinas (finalmente) consegue seu acesso à Série A3

Opa,

Como já é de praxe por aqui, o JP viu no último final de semana o acesso dos dois times que ainda faltavam para compor a Série A3 de 2009. Depois da cobertura do acesso do Grêmio Osasco, uma mini-caravana (eu, Emerson e seu Natal) seguiu até a cidade de Campinas para um jogo super decisivo no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O jogo em questão foi entre o Campinas e o Red Bull, num lotado Cerecamp.

Chegamos cedo e já fomos garantir nossos lugares para as fotos tradicionais das equipes e trio de arbitragem. Dessa vez não são exclusivas, já que 817 fotógrafos estavam presentes, aproveitando para saborear o filé mignon do campeonato enquanto nós do JP roemos o "osso" da Segundona desde o seu início, lá no distante 19 de abril. E agora então, seguem as fotos oficiais:


Campinas FC - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


Red Bull FL - São Paulo/SP (mas mandando seus jogos em Campinas). Foto: Fernando Martinez.


O quarteto de arbitragem da partida e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

A partida era cercada de um glamour que só vemos nas fases finais da Segunda Divisão. De um lado o time campineiro precisando apenas do empate para se garantir na A3 do ano que vem, e também para calar todos que diziam que o time do Campinas "puxava o freio de mão" na hora de subir. Do outro o Red Bull, clube-empresa que veio forte esse ano e que era um dos favoritos desde os primeiros jogos do torneio.

No campo de jogo nos ajeitamos para ver essa grande decisão. Até que o primeiro tempo foi razoável, mas as melhores chances foram todas do Campinas. O time do Red Bull estava devagar demais para quem precisava da vitória e o time amarelo criou as melhores chances de abrir o marcador.


Cabeçada para o Campinas que assustou o goleiro do Red Bull. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta que passou longe do gol. Foto: Fernando Martinez.

A torcida, bastante animada, fazia sua parte incentivando a todo momento o time da casa. Ninguém ali aceitaria o acesso do time do Red Bull, depois de tanta luta dos campineiros. E embora o clima estivesse quente no gramado, com algumas jogadas bastante ríspidas, não se viram tantas chances de gol para que alguma torcida fizesse a festa.


Bola disputada pelo alto, em primeiro tempo muito disputado. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi seguindo sem a abertura do placar. O intervalo então chegou e se esperava uma mudança de atitude do Red Bull em busca da vitória, já que só ela daria acesso ao time. Enquanto isso, aproveitamos para conversar com os amigos da Rede Vida que transmitiam a partida ao vivo.


Tentativa de chegada do Campinas pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Para o segundo tempo a esperança era de que a partida fosse bem melhor, mas infelizmente não foi isso que aconteceu. Os times voltaram sonolentos e pareciam que não tinham interesse em criar bons lances. O Red Bull foi ainda pior do que nos primeiros 45 minutos e somente uma vez assustou o goleiro do Campinas, em bom chute do veterano Maurílio.


Quase o Campinas abre o placar nessa cobrança de falta. O goleiro fez ótima defesa. Foto: Fernando Martinez.


Saída do goleiro campineiro no final de jogo. Foto: Fernando Martinez.

O Campinas então jogava com o regulamento debaixo do braço e dominava territorialmente o jogo. Posso dizer que não sofreu maiores sustos em busca do seu sonho. Conforme o tempo ia passando a torcida ia ficando mais nervosa vendo do que o esperado, pois o dia do acesso estava mais perto.

No apito final do árbitro José Henrique de Carvalho o jogo terminou em Campinas 0-0 Red Bull, mas a festa apenas começava. Finalmente o time campineiro conseguiu seu acesso à primeira divisão estadual, para jogar a série A3 em 2009. depois de 246 jogos disputados em quarto, quinto e sexto níveis do futebol paulista, o time do Campinas chega à principal divisão do estado.


Pessoal que invadiu o campo com um jogador do Campinas ainda meio atordoado pelo acesso. Foto: Fernando Martinez.


A tradicional reza no gramado com a participação do técnico Claudemir Peixoto. Fotos: Fernando Martinez.

Vimos uma grande festa de comissão técnica, jogadores e dirigentes no gramado, mostrando que esse era mesmo o ano para conquistar a vaga. Para o Red Bull fica a certeza da boa campanha no seu primeiro ano de profissionalismo e a certeza que está no caminho certo para 2009.

Dos quatro times que subiram, somente o Batatais jogou o equivalente a uma terceira divisão, mas estava fora desde 1993. Para os outros três times (além do Campinas, o Grêmio Osasco e Pão de Açúcar), algo inédito acontecerá em 2009. Fora que veremos essas equipes jogando contra times tradicionais, como o Nacional, XV de Jaú e Olímpia, entre outros.

Fica aqui os parabéns ao pessoal do Campinas, sempre solícitos conosco e que sabem que acompanhamos o time faz tempo. Será um prazer poder ver jogos do time campineiro no Cerecamp pela A3 em 2009. E falando da Segundona, ainda teremos os dois jogos finais entre Pão de Açúcar e Batatais para definir o título. E com certeza faremos o possível para trazer para as páginas do JP essas partidas.

Após o jogo ainda fomos baixar a adrenalina na padaria perto do estádio para podermos voltar de forma bem tranqüila para São Paulo, com mais uma vez a sensação de dever cumprido.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário