Procure no JP

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Fabril avança ao Hexagonal Final da Segundona Mineira

Olá pessoal,

No último domingo eu estive no Estádio Municipal Irmão Gino Maria Rossi, em Pouso Alegre/MG para acompanhar o embate entre o Guarani local e o Fabril de Lavras, válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da 2ª Divisão. O Orlando pretendia acompanhar a partida entre Santarritense e Nacional de Uberaba, mas pelo congestionamento existente na Rodovia Fernão Dias ele só teve tempo de chegar em Pouso Alegre e me acompanhar nesse jogo. Agora vamos com as fotos inéditas das equipes e do trio de arbitragem que estão abaixo:


Guarani FC - Pouso Alegre/MG. Foto: Victor Minhoto.


Fabril FC - Lavras/MG. Foto: Victor Minhoto.


Capitães das equipes, árbitro Átila Carneiro Magalhães e assistentes Cinthia Mara da Silva e Marley Leite da Silva (que por sinal são mãe e filha). Foto: Victor Minhoto.

Ao Fabril bastava uma vitória simples para se classificar à próxima e decisiva fase do campeonato, já o Guarani estava em último lugar na tabela e sem nenhum ponto ganho. Por este motivo, apesar de jogar fora de casa, a equipe de Lavras era considerada franca favorita.

Como já era esperado, desde os minutos iniciais a equipe de Lavras dominou por completo as ações e partiu para o ataque. O primeiro tempo teve o mesmo enredo desde o começo até seu final, isto é, a equipe alvinegra marcado a saída de bola do Guarani, tendo amplo domínio técnico e tático da partida, mas não aproveitando as chances de gol criadas.


Logo no início da partida o Fabril parte para cima do Guarani, mas as chances de gol param nas mãos do arqueiro alviverde. Foto: Victor Minhoto.

Foram raras as ocasiões em que a equipe mandante conseguia chegar nas proximidades da área adversária e isto se deve não tanto pela motivação, pois os atletas de Pouso Alegre até que estavam bem empenhados na partida, mas sim pela diferença técnica dos jogadores dos dois quadros. Aliás, a própria posição das equipes na classificação expressa bem essa diferença.


A marcação no campo adversário por parte do quadro alvinegro foi uma constante na partida. Foto: Victor Minhoto.

Apesar da grande pressão exercida pelos visitantes o primeiro tempo acabou mesmo sem abertura no placar. Assim, em razão do forte sol eu e o Orlando fomos acompanhar a segunda etapa nas arquibancadas cobertas, sendo que talvez pelo pequeno público, não existia nenhum vendedor de água para aplacar nossa sede.


Após cruzamento na área, o goleiro da equipe de Pouso Alegre afasta o perigo. Foto: Victor Minhoto.

O segundo tempo foi igual ao primeiro quanto ao domínio das ações, mas em relação a conclusão dos ataques o Fabril melhorou muito. Logo no primeiro minuto o camisa 9 do Fabril, Flávio Torres, recebeu livre um cruzamento da esquerda e só teve o trabalho de cabecear a bola para o fundo da meta adversária, decretando a abertura no placar. E o quadro alvinegro não parou, aos 10 minutos o mesmo Flávio Torres recebeu uma bola na entrada da área e chutou forte no ângulo esquerdo da meta alviverde, era o segundo tento do Fabril.


Mais uma vez o arqueiro Thiago impede o gol da equipe de Lavras. Foto: Victor Minhoto.

A partir daí todos no estádio sabiam que a classificação do Fabril estava garantida, mas mesmo assim a equipe continuou no ataque e aos 15 minutos o camisa 10 Diego entrou com a bola na área, deu belo corte no zagueiro e chutou cruzado para fazer o terceiro de sua equipe. Já aos 32 minutos o mesmo Diego aproveitou a bobeada do zagueiro Ricardo que tentou sair driblando na frente de sua área, roubou a bola e só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro. Era o quarto e último gol da equipe de Lavras.


Já no final da partida a bola cruza a área do Guarani e quase os visitantes fazem o quinto gol. Foto: Victor Minhoto.

Assim o jogo terminou mesmo em Guarani 0x4 Fabril. Com esse placar o Grupo A da competição terminou com o Santarritense com 19 pontos, o Fabril com 17, o Nacional com 14, Sul Minas com 7 e o Guarani em último sem nenhum ponto. Esses resultados levaram Santarritense e Fabril ao hexagonal final, onde terão a companhia do Tricordiano, do Guaxupé, do América de Teófilo Otoni e do Funorte de Montes Claros. Agora essas seis equipes jogam em turno e returno, todas contra todas, e os dois melhores garantem o acesso ao Módulo II da 1ª Divisão do Campeonato Mineiro de 2009.

Até a próxima,

Victor

Um comentário: