Procure no JP

sexta-feira, 11 de novembro de 2005

JP no Rio de Janeiro (parte 2 de 3)

Opa,

Depois de bater perna em três estádios (em breve aqui no JP), passar pelo Maracanã, ver o Cristo Redentor, visitar à Estação Primeira de Mangueira, comer num Bob's que fica do lado da Favela do Bonsucesso, de voltar à Avenida Brasil e seguir rumo à cidade de Mesquita, chegamos ao Estádio Nielsen Lousada, mais conhecido como Lousadão. Como lá o primeiro jogo começava às 14 horas, calculamos tudo certinho para chegar lá a tempo.


Entrada do fantástico estádio Nielson Lousada, o Lousadão, do genial Mesquita FC. Foto: Fernando Martinez.

Chegamos faltando vinte minutos para o início do primeiro jogo, entre Condor AC, de Queimados e EC Resende, valendo pelo grupo A da Copa Rio de Profissionais. Entrando no campo notamos que o Resende ainda não tinha chegado. Parece um karma, já que na única vez que alguém do Clube dos Doentes esteve num jogo do Resende, também tivemos problemas com algum time não ter chegado (para os visitantes mais novos, essa história foi no jogo entre Resende 1-1 Rubro, que eu, o Jurandyr e o Mílton fomos em 2003, pela 3ª divisão do carioca. O Rubro chegou muito tarde. Mais informações num post da série CONTOS DO FUTEBOL já postado aqui).


Enquanto o seu lobo não vinha, eu passeava pelo campo e tirava fotos do placar do Lousadão, o Estevan dormia e o David continuava a distribuir mensagens boas com seu inigualável positivo. Fotos: Fernando Martinez.

Sempre orientados pelo Seu Bel, que é do próprio Mesquita, ficávamos com a informação que o Resende 'estava chegando'. Nessa brincadeira foi quase uma hora de atraso e o desespero em alta. Até que quase três da tarde o Resende chegou no estádio já devidamente uniformizado. O atraso aconteceu porque no site da FERJ, os dois jogos estavam marcados para as 16 horas (!). Na semana passada o Emerson avisou o Departamento Técnico de lá que tinha esse erro, mas nada foi feito. Com o jogo começando quase às três e dez e meio na correria, ainda conseguimos as EXCLUSIVAS fotos, talvez pela primeira vez na net, das duas equipes:


Detalhe do time do Resende descendo do ônibus já devidamente uniformizado, para não atrasar mais ainda o jogo. Foto: Emerson Ortunho.


Condor AC - Queimados/RJ. Foto: Fernando Martinez.


EC Resende DEL (mas com a camisa do Paraíso FC) - Resende/RJ. Foto: Fernando Martinez.


Capitães das equipes juntamente com o trio de arbitragem. Foto: Fernando Martinez.

Devidamente autorizados e com duas equipes de reportagem atrás de cada gol (eu e o Emerson de um lado, Estevan e David do outro), vimos uma bela partida de futebol, com o domínio por quase todo o jogo da equipe de Queimados. A zaga do Resende deu alguns espaços ao ataque do Condor, e eles souberam direitinho fazer a sua lição. Depois de perderem algumas chances no início, marcaram dois a zero em sequência, aproveitando falhas no setor defensivo da equipe do Resende.


Bola cruzada na área do Resende. Depois desse detalhe, o goleirão do time iria falhar e o camisa 7 do Condor faria 1 a 0 de cabeça. Foto: Fernando Martinez.

O time do Resende ainda conseguiu um sopro de vida com a marcação de um pênalti ao seu favor. Convertida a penalidade, o jogo foi para o intervalo em 2 a 1 e a promessa de que o segundo tempo poderia ser ainda melhor, e com a esperança de que o Resende pudesse virar o jogo.


Ataque do Condor dentro da área do time resendense. Foto: Fernando Martinez.

Na segunda etapa, parecia que o time do Resende viria com tudo. Pena que para eles, logo de cara o Condor teve um belo contra-ataque a seu favor e depois de um cruzamento da direita e uma cabeçada sem muito perigo, o goleiro do Resende aceitou, e a bola foi parar mansinho, mansinho dentro das suas redes. Logo depois, de novo num contra-ataque, o Condor ainda faria o quarto gol, numa bela jogada individual.


Cabeçada que originou o terceiro gol do time do Condor. Foto: Fernando Martinez.

Depois disso, o time de Queimados passou a administrar o placar e o time do Resende se encontrou sem forças para conseguir tentar virar o marcador. Eles ainda conseguiram marcar seu segundo tento, num lance de cabeça acontecido nos acréscimos, mas aí já era tarde para qualquer tipo de reação. Final de jogo: Condor AC 4-2 EC Resende. E a equipe do Condor ainda com chances de classificação à segunda fase.

Mais um time na Lista para mim (o Condor) e dois times para o resto da delegação. Depois dessa partida todos teriam a chance de matar dois times num jogo só. Essa partida vem no próximo post.

Até

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário